História A Garota e o Lobo Mau (Imagine Chanyeol) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Chanyeol, Chapeuzinho Vermelho, Interativa, Lobo Mau, Romance, Skinwalker, Sobrenatural
Visualizações 539
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Leiam as notas finais para explicações....

Capítulo 26 - Pelúcias ❤


Fanfic / Fanfiction A Garota e o Lobo Mau (Imagine Chanyeol) - Capítulo 26 - Pelúcias ❤

Como é que é?

Ele acha que eu sou o que? 

- Jura? - o olhei debochada - Acredite, eu não me arrependo nem um pouco do tapa que te dei naquele dia, e também não me arrependo de ter terminado com você Jongin.

- S/n eu... - o interrompi.

- Cala a boca! Você fez isso várias vezes Jongin! Um mês! Porra Jongin! Um mês! Trinta dias sendo traída e ainda acreditando naquela maldita mentira de "Eu só estou cansado, tive um dia difícil"! - disse completamente alterada.

Tá legal que não é todo dia que seu ex vem te pedir desculpa, mas porra! Trinta dias é muito tempo!

- E-eu... - ele ia dizer mas o interrompi.

- Você trate de ficar quieto que eu ainda não acabei! - falei e ele abaixa a cabeça - Qual é a sua? Me trair pela merda de um mês, e 1 ano depois chegar aqui, causar confusão e me dizer a merda de um "desculpa"? Você achou o que? Pensa que sou idiota ao quadrado? O que houve no passado já fo, a fila andou e você não está mais nela! - falei exaltada e nem percebi que havia pego pesado - Agora sai daqui antes que eu lhe dê aquele tapa novamente só que mais forte! - falei e ele apenas concordou com a cabeça e saiu de punho fechado.

O que esse idiota acha que eu sou? Trouxa a ponto de o olhar e o perdoar por tamanha tristeza que ele me causou?

Nesse momento sentei no chão. Minha mente passou flashback's e imagens de quando estávamos juntos. Eu não gostava dele mais, isso era fato. Não sentia mais meu coração acelerar com sua presença. Muito menos a felicidade de antes! Eu só sentia raiva! Raiva de ter acreditado em suas mentiras e falsidades, raiva de ter sido trouxa a ponto de não terminar tudo quando comecei a suspeitar de suas traições.... Um mês.... Um mês sendo trouxa... Só sentia.... Raiva....

Raiva de mim ser idiota a ponto de ter gostado daquele rosto que, um dia já foi infantil.... Que já me fez sorrir.

Uma lágrima cai de meus olhos. Não chorava por Jongin, e sim por mim. Por ser idiota a esse ponto e agora minhas emoções ficarem mais embaralhadas e tentarem se expor.

De repente senti braços me envolverem e um calor interior me aquecer. A pessoa que me abraçava me puxou para mais perto de si me apertando em seus braços. Seu queixo foi depositado em cima de minha cabeça e senti um selar em minha nuca.

Aquele carinho só podia vir de uma pessoa...

- Vai ficar tudo bem princesa... Por favor, não chore! - ouvi sua voz grave em um sussurro.

Park poste Chanyeol....

Naquele momento eu só queria uma coisa... Continuar naquele abraço. Estava tão aconchegante ali que não queria mais sair. Era tão bom sentir seus braços me envolvendo que em alguns minutos eu deixei de chorar e retribui o abraço do mesmo.

Já estava bem mais calma. Respirei fundo e olhei seu rosto que estava com um semblante preocupado.

- Está melhor? - perguntou e concordei. - Estava chorando por causa dele? - disse a última palavra com certa grosseria.

- N-não exatamente...

- Como assim? - perguntou ainda me abraçando.

- E-eu só chorei de raiva... Por ter sido tão b-boba e ingênua no passado... - disse abaixando a cabeça.

- Não fica assim! Não gosto de te ver triste! - disse levantando meu rosto. - Vou te levar pra casa ok? - disse e concordei com a cabeça.

Ele me pegou no colo e abracei seu pescoço. Ainda estava processando tudo que estava ocorrendo. Estava tudo indo tão rápido. Em pouco tempo de convivência com ele, já me sentia diferente.

Chanyeol começou a fazer o caminho de minha casa. A cada quadra que ele virava, o mesmo me dava um selinho na testa. Não sabia o porquê, mas sorri boba com tal ato.

Desperto dos meus devaneios ao ver que Chanyeol parou. O olhei confusa e vi que ele tinha um sorriso nos lábios. Segui seu olhar e vi que era uma loja de brinquedos.

Ele me carregou até lá e me colocou no chão com total delicadeza. Ainda sorria largo e estava sendo difícil manter minha vontade de apertar aquelas bochechas.

- Por que estamos aqui? - perguntei e ele me olhou.

- Eu te devo um unicórnio, lembra? - disse sorridente.

Okay, não acredito que ele lembrou!

Não pude deixar de sorrir largo ao ouvir tal frase. Ele me deu passagem como se disse-se "Pode pegar o que quiser" e eu, como a boa adolescente madura que sou, sai correndo feito uma criança olhando os brinquedos com olhos brilhando.

Chanyeol ria de minha reação ao ver os brinquedos da lojinha. Eram bonitinhos mas nenhum me chamava atenção. Até que vi o paraíso....

A área dos bichos de pelúcia.

Como não gritar? Sai saltitante para aquele lugar e Chanyeol me seguia sorrindo. Tinha tanta pelúcia ali que minha Bad por ser trouxa já havia passado a tempos!

Achei três criaturas lindas de pelúcia e eu não sabia qual escolhia....

Tinha um unicórnio branco (não tinha preto ;-;) muito fofinho.

Uma coruja albina muito linda (e fofa também)

E um panda maravilindamente fofo.

Ohhh escolha difícil!

- Channy! Qual o melhor? - perguntei e ele me olhou pensativo.

- Não sei, todos são fofos! - ele disse pegando os três. - Por que não levanta os três?

- Você está brincando né?

- Não! Pode levar! Eu compro eles pra você! - sorriu.

- Sério? - ele concordou - Obrigada! - o abracei pela primeira vez por vontade própria.

- É meu dever como Oppa cuidar da minha princesa! E a deixar feliz! - disse retribuindo o abraço.

Vou deixar só dessa vez...

- Valeu "Oppa"! - disse revirando os olhos sorrindo fraco e Chanyeol arregalou os seus. Mas logo sorriu largo.

- De nada pequena! - disse dando um selinho em minha testa.

Fomos pro caixa e Chanyeol pagou meus novos companheiros de cama (sem malícia) e eu não podia estar mais alegre...

Coisas fofas me deixam feliz gente!

Chanyeol continha um sorriso enorme na cara. Ele me pegou no colo agora com 3 sacolas e eu o abracei junto com os bichinhos. Nunca achei que teria esse momento entre eu e ele....

É tudo tão.... Diferente pra mim....

Mas é muito bom!


........................Continua.......................


Notas Finais


Olá meu amores!!!! Desculpem não ter postado antes... (Meu pai pegou meu celular e eu tive que tirar o Spirit... Pq né?

Não sei por quanto tempo vou ficar sem postar, só consegui pq tô no trabalho da minha Omma que me ama muito e me deu o celular (sem meu pai saber) e liberou eu mexer de boa.

Mas enfim, te amo vcs, e desculpem ficar tanto tempo sem postar! Até o próximo ~~~❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...