História A garota e seus cortes. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Auto-mutilação, Suícidio
Exibições 30
Palavras 875
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela, Super Power, Terror e Horror
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Espero que essa fic ajude. Obrigads por ler e me perdoem por erros ortográficos.

Capítulo 2 - Me chamaram pra um role


Fanfic / Fanfiction A garota e seus cortes. - Capítulo 2 - Me chamaram pra um role

A morte poderá mesmo me levar?

Capítulo 2. " Me chamaram para um role"


Mais um dia em que eu acordo e vou para a escola, o que eu mais conheço como inferno. Fiquei algumas aulas ouvindo música, estava tão depressiva, como sempre alguns "amigos" vieram conversar comigo, me fizeram rir, talvez uma risada falsa. No caminho da escola fui ouvindo BTS e Got7, me alegrei um pouco. Chegando em casa minha mãe já havia ido trabalhar, tirei meu uniforme e coloquei qualquer coisa, me olhei no espelho por um tempo.


S/n: Como posso ser tão feia, logo irei ser feliz. S/n você ira se livrar desse lugar.


Meu celular vibra era uma mensagem daquela garota de novo. Peguei meu celular e fui olhar o que ela queria.

Mesagem on


Garota: Você está precisando de ajuda? Eu quero te ajudar. Aqui está meu número. 84874578


Mensagem off

Como uma pessoa anónima pode simplesmente passar seu número pra mim, será que ela é louca? Não quero me menter em mais merda do que minha vida está. Tinha lição de casa para fazer. Fiz a minha lição, odeio matemática. Hoje eu vou ouvir got7, eles tem músicas otimas. Dancei me diverti, até que acabou me dando fome, então peguei qualquer coisa e comi. Minha mãe chega do trabalho.


Mãe: Oi mocinha, como foi a escola hoje?


S/n: Bem... Como foi o seu trabalho?


Mal ela sábia que era chamada de: "feia, demónio veio te buscar?, ei a dona morte veio pra escola, você se corta so pode, vareta andante".


Mãe: Bem também. Eu troxe sorvete e filmes para a gente assistir.


S/n: Que legal mãe. Vamos assistir então.


Sentei no sofá assistir o filme, esqueci tudo por um tempo, os cortes, os sofrimentos, os apelidos. Fiquei horas conversando com a minha mãe, acabei adormencendo no sofá.

:::::Sábado às 11 horas:::::


Acordei, fui olhar no meu celular, não havia nada. Levantei da cama e fui até a cozinha, peguei uma maçã e sentei no sofá, estava um silêncio perturbador, liguei a tv assisti um anime. Minha mãe havia ido trabalhar, hoje ela trabalha até as 23 horas.


//Quebra de tempo,

16 horas

08 dias antes.//


  Meu amigo Hideki me manda uma mensagem.

Mensagem on


Hideki🇯🇵: Hey, S/n vamos sair hoje com a galera?


S/n: Não estou muito afim.


Hideki🇯🇵: Ah.... Vamos vai ser legal.


S/n: Por que eu deveria? Quando saio com vocês só me meto em briga, polícia, drogas. Vocês só me colocam em enrascada.


Hideki🇯🇵: Isso são meus amigos. Prometo te proteger desses drogados.


S/n: vc me convenceu.


Hideki🇯🇵:  Eu vou te buscar as 20 horas, então. Até logo baixinha.


S/n: Até logo. Japinha.


Mensagem off



Não vou ficar sozinha em casa, mais primeiro vou avisar a minha mãe, eu nem sei que horas vou chegar.

##Depois da ligação##


Não era de se dúvidar a minha mãe deixar eu sair com o Hideki, mal ela sabe que ele me bota em cada enrascada. Já era 18 horas, fui tomar banho. Coloquei (foto do capítulo). Passei perfume, fiz como sempre minha maquiagem estilo Taylor momsen  e fiquei esperando o Hideki aparecer. Ouvi a campainha tocar, fui até o portão, era o Hideki.


Hideki: ow!.... Você está linda.


  Fiquei corada, 

"eu linda, não é isso que todos dizem"- pensei.

O Hideki parecia um k-idol, ele estava tão lindo. Eu sempre gostei dele, mais como ele é 5 anos mais velho, duvido gostar de uma pamonha como eu.


Hideki: Por que pensa tanto? Entre logo no meu carro, senhora das trevas.


S/n: Desculpe estava pensando em varios nadas.


Entrei no carro, Hideki sabia dirigir, ele colocou kpop no carro, não queria demonstrar que gosto, mais porra "Bang, bang, bang".

// Na casa do amigo do Hideki


18:30//


Entrei na casa, todos os amigos do Hideki tinham entre 16 e 20 anos, tinha duas meninas lá, que para mim pareciam duas putas, ficavam com gracinha, se esfregando nos garotos, nojento. Sentei no sofá perto do Hideki, dava até nojo sentar ali. Todos estavam bebendo e se divertindo e eu? Eu estava mexendo no meu celular.


???: Por que essa garota está com essas roupas? É um velório?


Hideki: Cuida da sua vida otário. Deixa a menina, pelo menos ela não usa shot mostrando o útero.


Sábia que alguém ia se meter onde não deve, me onfender como sempre,  coloquei meus fones, só vi Hideki discutindo com o amigo dele. Alguém tira o meu fone.


Garota: Ei... Por que está tão quieta? Venha vamos conversar.


Ela me arrasta até um canto, longe do Hideki, estava me tremendo de medo.


Garota: Prazer meu nome é Jéssica e o seu?


S/n: Pode me chamar de S/n.


Jéssica: Você gosta do Hideki?


Eu corei, fiz que não com a cabeça, mais estava óbvio que eu gostava dele, porra só falta me meterem em bosta de novo. Ela manda eu ir para meu lugar. O que aquela menina queria?. Sentei do lado do Hideki, fiquei mechendo do celular, ouvindo música. A garota aparece na sala.


Jéssica: Hideki, por que você traz uma garota e não está pegando ela?


Garoto: Meio estranho isso. Não chamei velas. Falei que era para gente se divertir, pegar umas minas, fumar narguilé. E não segurar a toxa

olímpica.


Notas Finais


Por favor não se mate, não se corte, pessa ajuda aos amigos mais íntimos ou até mesmo ao algum professor, ou também ao psicólogo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...