História A garota fantasma - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fantasma, Mistério, Romance, Sobrenatural
Visualizações 11
Palavras 928
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Novo começo


Acordo assustada mais uma vez tive o mesmo sonho que me pertuba a anos, eu e um homem muito bonito em um campo de flores todo ensolarado estavamos felizes mais tudo muda o céu começa a escurecer vejo vultos negros em volta da gente e um vulto maior o mata na minha frente, sinto a dor por te-lo perdido.

Assim que o onibus para e essa era a ultima parada, cidade de Springfails, onde começarei minha vida.

Pego minha mochila e sigo as ruas da cidade procurando uma pousada ou hotel, a cidade é pequena as crianças brincam nas ruas sem preocupações.

A cidade fica no meio de duas montanhas e florestas, li na internet que a economia da cidade vem da madereira e das plantações de maça.

Chego a lanchonete da cidade estava com fome viajei varias horas para chegar aqui, assim que entro sento na ultima mesa para não ser alvo de olhares.

Uma garçonete vem me atender uma garota sorridente e muito bonita morena de cabelos cacheados.

- posso anotar seu pedido ? -diz ela sorrindo.

- vou querer um pedaço de torta de maça e um café, e quero te perguntar se você sabe de algum hotel ou pousada bem barato -pergunto ja pra garota.

- olha a pousada Barton é bem baratinha, só que ela é quase saindo da cidade - diz ela saindo - vou pegar seu pedido.

Depois de meia hora ela volta com meu pedido e vai atender outras mesas, depois que como pago e vou a pousada Barton precisaria de um lugar para me instalar.

Ela não estava brincando a pousada era no final da cidade mesmo, a entrada era um portão grande de metal todo enferrujado assim que piso meus pés simto um arrepio correr meu corpo todo.

Vou até a porta de entrada e bato mais ninguem me atende quando estava quase indo embora uma senhora de cabelo branco com uma pá de jardim.

- pois não senhorita, posso ajuda-la -diz a senhora me dando um sorriso - desculpa a demora estava cuidando do jardim.

- você ainda tem vagas ? -ja vou perguntando.

- sim tenho, me chamo Matilde e seu nome é ? -diz ela me encarando.

- a desculpa me chamo Melina Clark.

- muito bem Melina me acompanhe que mostrarei seu quarto. -diz a mulher enquanto a sigo.

No caminho ela me passou as regras da pousada e me contando as historias da sua juventude e de como abriu a pousada.

- aqui esse é seu quarto, o banheiro é no final do corredor e servimos somente o almoço - diz ela me entregando as chaves.

Entrego o dinheiro de dois meses adiantado e entro no quarto, era bem simples uma cama de casal, uma escrivaninha e cadeira e um armario para guardar as coisas.

Desfaço minha mochila e decido ir tomar um banho, pego minhas coisas de higiene e sigo ate o banheiro no final do corredor.

Depois do banho deitei na cama com roupa e tudo, estava cansada e depois de muito tempo me sinto confortavel.

Acordo assustada com o sonho novamente, nem percebi que tinha dormido me levanto e desço não vejo ninguem e decido sair, talves ir na lanchonete de novo.

Minhas economias estavam acabando e precisaria de um emprego logo, ando pelas ruas ja estava escurecendo e começava a ficar tudo quieto.

Quando entro na lanchonete a garçonete que me atendeu mais cedo estava atendendo outra mesa, um homem que não tinha visto mais cedo estava atrás do balcão atendendo alguns homens, dessa vez me sento no balcão.

- posso ajuda-la ? - diz o homem ele aparentava ter uns trinta anos, loiro de olhos azuis ate que era bonito.

- vou querer um café por favor - digo e ele ja vai pega-lo para mim. -queria uma informação tambem, vocês sabem de algum lugar que esteje contratando ?

O homem me olha por um tempo fico ate meio encabulada, vai atender um homem que chegou e depois volta a me olhar.

- ja trabalhou como garçonete ? -pergunta ele - me chamo Benjamim e você ?

- Melina Clark, sim ja trabalhei de garçonete -digo sem entender.

- muito bem Melina, você esta contratada - diz ele me entregando um avental e uma pranchetinha e caneta - pode começar imediatamente, ja aviso o salario não é bom e as gorjetas são pessimas.

Eu ficarei atendendo de um lado e a outra garçonete atenderá do outro, noto que muitos homens costuma a vir nesse horario, pois percebi que alem de lanchonete é um barsinho.

Assim que o movimento começa a parar e vejo que posso respirar um pouco noto que a outra garçonete vem até mim.

- me chamo Sonia, que bom que você vai trabalhar aqui tambem, ja estava ficando corrido para mim - diz ela me dando um sorriso - e a pousada deu certo ?

- deu sim, obrigada - digo - me chamo Melina.

- Sonia, o Adam virá te buscar ? - pergunta Benjamim.

- sim Ben, assim que ele sair da delegacia virá me buscar - diz ela - ja deve estar chegando.

- e você Melina esta morando onde ? -pergunta Benjamim.

- estou morando na pousada Barton - digo.

- nossa naquele fim de mundo, então te darei uma carona a essa hora é perigoso uma moça andar sozinha na rua - diz ele - e não aceito não como resposta.

Dou um sorriso, não teria como recusar ja que a pensão era muito longe e estava muito cansada, ouço a porta da lanchonete abrir.

- Sonia vamos ? - diz uma voz masculina atras de mim.

Quando me viro para ver quem era quase não acreditei, devia estar dormindo ainda minha vista começa a escurecer e meu coração disparar.

- VOCÊ ......






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...