História A Garota incomum - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Originais
Personagens Alexy, Ambre, Castiel, Debrah, Kentin, Lysandre, Melody, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya
Tags Auto Ajuda, Automutilação, Violencia, Yaoi
Visualizações 16
Palavras 311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora, estava sem criatividade para escrever o capítulo mas prometo recompensar vocês!

Capítulo 8 - Capítulo 8- Bem vinda de volta Anna.


Fanfic / Fanfiction A Garota incomum - Capítulo 8 - Capítulo 8- Bem vinda de volta Anna.

​Sentia meus olhos pesarem, em meio a muita dificuldade consegui os abrir totalmente e ao observar os lados vejo minha mãe.... Ela estava muito bonita seu cabelo longo estava penteado, suas roupas limpas e usava uma pulseira de flor até....

​-Vejo que acordou pequena -Dizia Megan.

​-È você mesmo mãe? - Dizia com os olhos já completamente molhados.

​Minha mãe não dizia absolutamente nada, seu rosto estava com uma expressão triste logo se levantava e me derá um abraço mas, de repente seguido de um tapa no rosto.

​-VOCÊ É LOUCA?! TENTAR SE.....Se.... Matar... - Dizia virando o rosto.

​Por mais que quisesse dizer era meio difícil dizer a minha mãe todas as coisas que passei....Tentaria fugir daquela pergunta....

​-Mãe... Como fugiu daquele homem? Ele nunca iria deixar você vir aqui ​-Arqueio a sobrancelha.

​-E-Etto... Direi a você mais tarde está bem?.. - A expressão triste volta ao seu rosto.

​Sinto um mau pressentinmento e me sento na cama do hospital olhando aos lados.

​-Castiel... O pessoal, onde estão? - Curiosa.

-F-Foram embora querida, você precisa saber que.... - Ela parava de falar com medo.

-Mamãe termine....

​Megan se dirigia a porta abrindo-a , meus olhos se fecham rapidamente com uma forte luz e ao os abrir novamente vejo que estou em um carro junto ainda minha mãe.

-Onde estamos indo?

​-Para casa, você vai ficar bem lá por enquanto e... Eu necessito dizer algo a você -A mesma parecia tentar não chorar.

​A viagem foi longa mas logo depois de algumas horas descemos do carro indo em direção a uma casa, ao entrar meu rosto se enche de lágrimas... O corpo de minha mãe estava caído no chão banhado de sangue , meu corpo havia congelado me impossibilitando de me mover.

​-V-Você está morta?? - gaguejava.

​-Seu padrasto me matou.... - Olhava ela...

​- Então quer dizer que....

​-Estou morta?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...