História A garota perfeita? - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts
Exibições 97
Palavras 1.833
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha eu não sei o que falar.
Eu amei escrever essa Fanfic, não acredito que ela chegou ao fim.
Obrigada a todos que leram, favoritaram ou comentaram, sério. Eu já teria parado de escrever a muito tempo, mas com os comentários eu sentia vontade de escrever.
A personagem principal, Nanami, a personalidade dela baseada em mim.
Então terminar essa história dói bastante.
BUT, muitas fics virão.
Eu já tenho uma FIC do Jimin de anjos caídos, vou deixar o nome nas notas finais.
Bom, bora ler. 💙

Capítulo 43 - The perfect girl


Fanfic / Fanfiction A garota perfeita? - Capítulo 43 - The perfect girl

*NANAMI P.O.V*

Hoje eu tenho 23 anos.

Sou médica. Uma neurocirurgiã.

Eu e Yoongi tivemos uma filha e um filho.

O previsto era apenas um, mas nem tudo é como planejamos. E foi até bom. Amo muito os dois.

A menina se chama Sun Hee, e o menino se chama Kun-Woo.

- KUN-WOO! - Grito ao vê - lo indo na direção da escada.

Eu corri até ele e o peguei no colo.

- Kun-Woo! Não vá para perto da escada! - Falo.

Aigoo... Cadê o Yoongi? Se aquela desgraça não chegar em meia hora, cabeças vão rolar.

Eu vou para a sala com Kun-Woo no colo.

- Sun Hee? - A chamo.

Nada.

- Sun Hee! - Chamo.

Eu deixo Kun-Woo no sofá e ando pela casa.

Não está no quarto, na cozinha e nem no banheiro.

- SUN HEE! - Grito.

Eu corro para o jardim dos fundos e a vejo sentada no balanço da árvore.

Eu suspiro aliviada na porta.
 

A casa, assim como Yoongi havia me prometido, tem um quintal enorme, cheio de árvores.

 

- Sun Hee... Por que não me respondeu filha? - Falo andando até a mesma.

Ela me olhou e seus olhos estavam vermelhos.

Eu me ajoelhei ao lado da mesma e coloquei uma mecha de seu cabelo para trás.

- O que aconteceu Sun Hee? - Falo.
- Mamãe... O papai está demorando! Aconteceu algo? - Ela fala.

Eu dou um sorriso.

- Claro que não. O Papai deve estar voltando. Ele estava fazendo um show hoje, lembra? - Falo.
- Como sabe que nada aconteceu!? - Ela fala.
- Sabendo. Seu pai é muito cuidadoso e nada aconteceria a ele.
- Mas... - Ela falava.

- CHEGUEI! - Escutamos Yoongi gritar.

Ela sorri e sai correndo para dentro de casa.

Ah Yoongi...

Eu entro em casa e vejo Sun Hee agarrada na perna do mesmo, que beija a testa de Kun-Woo.

- Virou carrapato é? - Yoongi fala sorrindo e se abaixa.

Ele está de jeans rasgada, uma camiseta dos rolling stones e um tênis preto.

- Papai, tava preocupada! A mamãe nem se preocupou com você! - Ela exclama.

É O QUE!?

Yoongi me olha e sorri de canto.

- A mamãe não se preocupa comigo filha... - Ele fala e faz cara de triste.

Eu dou risada.

- Mamãe! Como pode não se preocupar com o papai!? Não o ama, não é mesmo? - Ela fala.

Aigoo, essa menina acha que ama mais o Yoongi do que eu.

- Aish, francamente... - Falo e caminho até ele.

Eu abraço sua cintura e o mesmo me beija.

- ECA! - Sun Hee exclama.

Yoongi olha para a mesma e sorri durante o beijo.

Ele pega minha cintura e aprofunda o beijo.

Eu me separo.

- Na frente deles não! - Falo rindo.
- Mamãe, o papai é o cara número 1! - Sun Hee fala.

Já até sei com quem ela aprendeu.

- Isso mesmo anãzinha! - Yoongi fala e dá um "toca aqui na mesma."

Eu dou risada.

- Eu preciso ir para o hospital! Cuide bem deles! - Falo assim que vejo a hora.
- Falta hoje... - Ele fala e me puxa.
- Tenho uma cirurgia importante! Cuide bem deles. O jantar está na geladeira, já está tudo pronto! - Falo e pego minha bolsa.

Eu dou um selinho no mesmo e dou um beijo na testa de Sun Hee e Kun-Woo.

- Ei. - Yoongi me chama quando estou indo abrir a porta.

Eu o olho.

- Vamos sair hoje. Chamei Taehyung para ficar com as crianças. - Yoongi fala.

Eu dou um sorriso.

- Ok. - Falo e saio de casa.

Eu peguei meu carro e dirigi até o hospital que trabalho.

Jiang é enfermeira ainda, somos colegas de trabalho.

Yumi trabalha como modelo.

Sempre soube que ela seria uma.

Assim que cheguei, estacionei e peguei minha bolsa.

Fui correndo para o vestiário e coloquei minha roupa para a cirurgia.

Fui para a sala e higienizei as mãos e braços.

Entrei na sala e as enfermeiras colocaram as luvas em mim.

- Está 2 minutos atrasada Nanami. - O meu companheiro, Kwan falou.
- Desculpe. Meu marido chegou atrasado e não pude deixar meus filhos sozinhos. Eu cuido da cirurgia agora. Obrigada. - Falo e me sento na cadeira em que ficava de frente ao paciente.

Ele já abriu para mim. Ótimo.

- O Tumor não está muito grande. - Kwan fala. - Tome cuidado.
- Sou a melhor Neurocirurgiã daqui. - Falo.
- Contra fatos não há argumentos.

Eu volto a me concentrar na cirurgia.

- Sucção. - Falo.
- Ok. - Kwan fala e suga o sangue que estava atrapalhando.

- Achei o tumor. - Falo.

Eu o retirei. Um sucesso.

- Parabéns. - Kwan fala.
- Ainda não acabamos, não relaxe. - Falo.
- Ok.

Podem me achar chata por ser tão séria, mas nas cirurgias, cada fração de segundo é um risco. Qualquer coisa pode acontecer.

Mas ainda bem que essa foi uma cirurgia com sucesso.

- Quer encerrar? - Falo para Kwan.
- Posso? - Ele fala com brilho nos olhos.
- Pode. Faça como te ensinei. - Falo.

Eu me levanto e ele se senta.

Eu entrego os instrumentos a ele e o mesmo encerra perfeitamente.

- Acabamos. - Falo.

Eu e Kwan nos retiramos da sala e retiramos as máscaras.

- Como fui? - Ele fala.

Eu o olho e dou um sorriso.

- Foi muito bom. Continue assim e com toda certeza irá se tornar um cirurgião - chefe. - Falo.

Ele dá um sorriso enorme e faz reverência.

- Obrigado Doutora. - Ele fala.

Eu faço reverência e olho o relógio.

A cirurgia demorou 2 horas.

- Como está a emergência? - Falo.
- Até agora nada para o departamento de neurologia. - Ele fala.
- Ok.
- Doutora, posso perguntar algo?

Eu o olho.

- Claro. - Falo.
- Estão todos falando... É verdade que se casou com 17 anos? - Ele fala.

Eu dou uma risada abafada.

- Sim. É verdade. - Falo.
- Oh... Seus pais a forçaram? - Ele fala.
- Kwan, eu casei por que quis. Você não sabe quem é meu marido? - Falo.
- Na verdade não.
- Min Yoongi. O rapper do Bangtang Boys. - Falo.

Sua boca fica em formato de "O".

Eu dou risada.

- Eu não fazia ideia! - Ele fala.
- Não costumo a falar disso, mas todos já sabem. - Falo.
- Entendo.

Meu celular toca. É da emergência.

*ligação on*

- Sim? - Falo.

- Doutora, temos um caso na emergência. Precisamos da sua equipe, a equipe B e C estão em cirurgia.

- Ok. Estamos indo.

*ligação off*

- Vamos Kwan! - Falo.
- Ok!
 

O dia foi realmente cansativo, várias cirurgias uma atrás da outra.

No final do dia, fui ao vestiário e me troquei.

Coloquei minha calça jeans, camiseta regata branca e all star.

Fui até o carro e dirigi até casa.

Estacionei e saí do carro.

- Mamãe! - Sun Hee grita e corre até mim.

Eu dou um sorriso e me abaixo para abraça - lá.

Ela retribuiu o abraço e depois sorri.

- Vem! Eu e o Papai temos uma surpresa! - Ela fala e puxa minha mão.

- Calma! Tenho que pegar as coisas no carro. - Falo.
- Vamos logo!
- Espera!
- Vem! - Ela me puxa, mas ao me puxar, sua mão desliza e ela acaba quebrando a pulseira.

 

A Pulseira de Yoongi.

Eu olho as peças no chão e Sun Hee me olha.

Eu pego todas rapidamente para não perder.

- Devia ter esperado. - Falo.

Ela abaixa a cabeça.

- Desculpa.

Eu fico a olhando e dou um sorriso leve.

- Tudo bem. Mas da próxima vez espere, ok? - Falo.

Ela me olha e sorri.

Estou chateada. Mas não foi de propósito.

- Vamos. - Falo.

Depois eu pego as coisas no carro, não vou morrer se não pegar.

Nós entramos em casa e eu vi apenas a sala de jantar iluminada.

Eu andei até a sala e vi Yoongi de Terno.

- Yoongi... - Falo.
- Feliz aniversário. - Ele fala sorrindo.

Eu tinha esquecido completamente. Vamos corrigir a primeira frase. Eu tenho 24 anos.

Eu dou um sorriso e ando até o mesmo.

Eu o abraço com força.

- Te amo. - Ele fala em meu ouvido.
- Também te amo. - Falo.

Ele me beija.

- Feliz aniversário! - Sun Hee fala e me entrega uma caixinha.

Eu dou um sorriso e abraço a mesma.

- Obrigada filha. - Falo.

Eu pego a caixinha e vejo uma pulseira.

Igual a minha.

Mas essa tem um pingente de microfone, um símbolo do hospital, duas crianças, um menino e uma menina de mãos dadas e um símbolo do infinito.

Eu olho para Yoongi e dou um sorriso enorme.

- Eu que escolhi a corrente! Queria escolher os pingentes mas o papai não deixou. - Sun Hee fala.
- Gostei muito. - Falo e beijo a testa da mesma.

Yoongi sobe as escada e depois de alguns segundos aparece com Kun-Woo no colo.

- É o aniversário da chatinha. - Yoongi fala para Kun-Woo.

Eu dou risada e pego Kun-Woo no colo.

Kun-Woo ainda não fala, afinal ele ainda vai fazer um ano.

Eu dou beijos na bochecha do mesmo, que dá risada.

- Taehyung vai vir buscá - los. - Yoongi fala.
- Por quê? Quero ficar com a mãe. - Sun Hee fala.
- O papai e a mamãe vão namorar. - Yoongi fala.

Escutamos a porta bater e Yoongi vai atender.

Eu fico ali com os dois, at que vejo Taehyung.

- Tae! - Falo sorrindo.
- Nana! - Ele fala e vem me abraçar.

Eu coloco Kun-Woo na cadeirinha e abraço Tae, que me abraça forte e me levanta.

-Aish vai me quebrar! - Falo rindo.

Ele me coloca no chão e eu vejo o olhar mortal de Yoongi.

- Ciúmes? - Tae fala.
- Sim. - Yoongi fala.

Tae ri e olha Sun Hee.

- E aí baixinha? - Tae fala.
- Tio Tae! - Sun Hee fala e o abraça.

*Nanami off*
*Yoongi on*

Tae levou Kun-Woo e Sun Hee com ele.

Eu e Nanami jantamos e depois... Bom... Fizemos coisas que casados fazem.


 

*no outro dia*


 

Nós fomos na casa do Tae buscar as crianças.

Quando chegamos na casa do mesmo, vimos Sun Hee vir correndo na direção do carro.

Nanami saiu em disparada e abraçou Sun Hee.

Eu estacionei e fiquei olhando as duas conversando.

Nanami estava ajoelhada na grama e Sun Hee rindo.

Eu sorri involuntariamente.

As duas olharam para minha direção e Nanami fez sinal para que eu fosse até elas.




 

Sabe...




 

A olhando assim, tão bonita... Eu penso que da próxima vez que me perguntarem o que eu gosto nela...





 

Minha resposta vai ser bem simples.













 

Ela é a garota perfeita.

 


Notas Finais


É isso 😔❤

FIC DO JIMIN:
"How Bad I am?"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...