História A garota que faz miau! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Exibições 76
Palavras 1.101
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom, me pediram um capitulo assim e decidi atender esse pedido.
Espero que gostem.
Amo vcs

Capítulo 10 - Não toca!


Fanfic / Fanfiction A garota que faz miau! - Capítulo 10 - Não toca!

Magoado, era assim que Jimin estava se sentindo acima de tudo. Apesar de amar a garota, apesar de sentir saudades e nunca querer que ela vá, ele estava totalmente magoado. Antes, sabia que tudo que viesse da boca da garota era verdade, mas agora, ele desconfiava de tudo, nada mais era verdade para ele. Ele a amava, mas não como antes. Ele sentia raiva dela, principalmente por ela ter voltado com marcas em seu pescoço. Ela o havia traído, e ninguém poderia desmentir isso.

Jimin estava na cozinha fazendo o almoço, todos estavam dormindo naquele momento, até mesmo a garota. Ela havia ficado em sua cama, mas Jimin dormiu no sofá negando a ela dormirem juntos. Jimin sentiu braços rodarem sua cintura e suspirou sabendo que era ela quem o estava abraçando.

-Bom dia Jimin. – Disse manhosa. – Isa sentiu falta de você na cama. – Jimin suspirou irritado, como ela pode simplesmente fingir que nada estava acontecendo? Ela o abandonou e só porque voltou acha que tudo voltará a normal? Engano dela. –Jimin, a isa-Jimin interrompe ela.

-Eu estou cozinhando Isabella, pare de me agarrar. – Disse frio, sentindo o corpo da garota tremer de medo e o soltar imediatamente. – Onde está Jungkook? – Perguntou sem olhar para ela, fingindo que não ligava para as aglomerações de lagrimas formadas nos cantos dos olhos dela.

-J-J-Ji-Ji-M-in... – Disse chorosa, sentindo o coração doer. Ouvir Jimin se dirigir a si daquele jeito era horrível, ela sentia seu coração se apertar. – O-o-o-oqu-e a-a I-isa f-fez? – Perguntava gaguejando sentindo seus olhos arderem e sua garganta ficar seca. –J-j-ji-m-in... – Chamou notando Jimin sequer se mexer para a olhar.

-Pare de chorar. – Disse seco. – Não pense que vou cair nesse truque. – Truque? Então era isso que Jimin estava pensando de si? Que estava fazendo truques com ele? –Me deixe em paz, eu preciso fazer o almoço. – Sem questionar ou insistir nisso, ela saiu da cozinha e se deitou no sofá, onde o cheiro de Jimin estava, já que ele dormira lá aquela noite.

Chorou agarrada ao travesseiro cheiroso de Jimin e caiu no sono. Só queria acordar desse pesadelo, do pesadelo em que não tinha o amor de Jimin mais. Jimin após fazer o almoço, saiu da cozinha e foi até a sala parando ao ver a garota agarrada ao seu travesseiro, suspirou bagunçando os cabelos.

-O que aconteceu para você a tratar assim? – Perguntou Jungkook chegando de repente na sala, assustando Jimin. – Calma cara, sou só eu. – Disse rindo da cara irritada de Jimin. – Me diga Jimin.

-Eu...Eu apenas me lembrei de todas as vezes que acordei em uma cama e ela não estava lá, e não porque não podia, mas sim porque escolheu não estar lá. – Jimin prendeu a respiração olhando para cada traço do rosto da garota. – Eu a amo demais, mas ela me machucou muito e tem que sentir um pouco dessa dor. Ela tem que entender o quanto me machucou, e só assim poderemos voltar a ser como antes.

-Acha mesmo que machuca-la vai te fazer se sentir melhor? – Perguntou Jungkook encarando a garota dormindo. – Eu acho que só vai machucar vocês. Eu não a odeio, só quero que vocês conversem, mas não acho que ela mereça passar por sua dor. – Jungkook abraçou o irmão que suspirou.

-Eu quero pelo menos tentar. – Disse sério. – Ela merece, e eu tenho certeza disso.

-------------------------

Isa estava totalmente distraída durante o almoço, não comeu nada de seu prato, afinal, como poderia sentir fome quando Jimin estava sentado com uma garota em seu colo enquanto conversavam animadamente? Ela sentia vontade de vomitar só de ver eles rindo juntos, e deixava as lagrimas caírem toda vez que eles davam um selinho.

Ele só deveria fazer isso com ela, só deveria beijar ela e não outra garota. Seu peito doía tanto, sentia a respiração acelerar e a vontade de simplesmente dormir surgiu. Levantou-se sem sequer dar explicações e foi para a sala procurando o cheiro de Jimin, no entanto, Jimin já havia limpado o sofá e seu cheiro havia sumido.

Suspirou entrando no quarto cheirando a cama enquanto fazia cara feia. Não havia o cheiro de Jimin. Então foi até o armário e sorriu ao ver as roupas de Jimin, entrou nele e se deitou entre as roupas, sentindo o cheiro de Jimin. Aquilo a deixava calma e feliz, ela como se ele estivesse ali a amando. Claro que seria melhor se fosse Jimin ali, o cheiro de Jimin era realmente o melhor, principalmente se os cabelos, Isa adorava cheirar os cabelos de Jimin ou o pescoço.

Enquanto isso, Jimin ainda conversava com a garota, sentindo ela tentar o excitar, mas Jimin não estava no clima, ver Isa chorar e sair da mesa doeu em si. Precisava se distrair e precisava urgente, correu com a garota até seu quarto e começou a beija-la mais urgentemente dizendo o quanto precisava dela, trancou a porta e tirou a roupa.

Ele iria a foder para esquecer de Isa. Tirou a roupa da mulher e começou a estocar ela sem mais nem menos, não se importava com a dor dela, só queria se distrair um pouco. No entanto, sem nem saber, Isa ainda se encontrava em seu armário e sentiu o cheiro de Jimin ficar forte, mas a da mulher também. Começou a ouvir coisas que não entendia e por isso saiu do armário agarrada a um moletom de Jimin.

-O-o-que? – Perguntou desnorteada, Jimin estava nu em cima de uma outra mulher nua. Eles estavam fazendo aquilo? –J-j-ji... – Jimin a olhou assustado saindo de cima da mulher imediatamente. – J-j-ji...-Oh, agora as lagrimas caiam mais forte, mais doloridas, mais sinceras. –Min...

-Isa, e-eu... – Tentou falar, mas se calou ao ver a garota correndo até a porta e tentar abrir. – E-está t-trancada.... – A garota ainda tentava, não queria estar ali, queria ir embora.

-Jimin! – Disse fria. – Abre! – Apontou para a porta. – Agora. – Mandou sem olhar para ele. – Abre! Jimin! – Apontava para a porta tentando explicar para Jimin que queria sair, mas o mesmo estava estático olhando para ela. – Jimin, chave. – Se aproximou esticando a mão.

-I-isa... – Se levantou se aproximando, mas no mesmo instante a garota deu passos para trás colando o corpo a porta. – Deixa eu falar gatinha. – Levou as mãos em direção ao rosto dela recebendo um tapa no mesmo instante.

-Não! – Gritou. – Não toca. – Estava tão nervosa que não conseguia falar direito. –Só abre. – Mandou novamente sentindo seus olhos arderem em lagrimas. – AGORA, ABRE A PORTA PARA EU IR EMBORA. ISA QUER SUMIR PARA SEMPRE, ENTÃO ABRE LOGO PARA ISA SUMIR DA SUA VIDA. – Disse chorando enquanto caia no chão. – Não é isso que quer? 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...