História A garota que rolava - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Personagens Originais
Tags Angst, Drama, Mistério, Morte, Rolling Girl, Songfic, Suícidio, Tragedia, Twt
Exibições 25
Palavras 375
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~primeiramente desculpe os erros ortográficos
~*segundamente o 'pt 1' é pq eu vou continuar esse capitulo
vai ser como se fosse um só, só que serão 2
eu tenho a ideia de dividir esse história em três partes:
primeiro ano
segundo ano
terceiro ano (último)
na vdd nem sei se posso fazer essa divisão que eu to fazendo
na vdd nem sei se vai dar certo
mas a história é minha ent foda-se

Capítulo 2 - Ainda não - pt.1


Fanfic / Fanfiction A garota que rolava - Capítulo 2 - Ainda não - pt.1

  

Com um suspiro, a garota acorda. ''Vamos rolar mais uma vez''. Pensa ela. Dessa vez foi mais forte. Talvez a manga comprida não seja mais o suficiente para cobrir todas as manchas. Doía. Doía muito. Mas ela tinha de ir para a aula.

Estamos no meio do ano. É o segundo ano dela na escola. As brincadeiras das crianças continuam, mas dessa vez mais graves. Começou quando o pai da garota se revelou corrupto. Os alunos já irados de inveja por causa da fortuna da garota, agora estavam irados por causa da existência da garota. Eles a culpam. Eles não perdoaram. Eles não perdoam. Desde o incidente, a mãe da garota separou-se de seu pai e começou a beber. Ela não perdoa. Seu pai parou de atender as ligações da filha e não dá notícias há meses. Ele não perdoa. Nenhum professor mais tem confiança na garota, e ela agora é a última da fileira. Eles também não perdoam. 

O desempenho da garota na escola caiu. Apesar das cobranças da mãe sobre ela, apesar de ela saber que agora que está sem o pai ela é a única que pode trazer a honra de volta a família, ela vai mal vá escola. Ela sabe disso. Ela é a culpada. Ela também tem medo. Ela tem medo de encarar os alunos, os professores, a mãe, o pai, a família. Pois no final, tudo foi sua culpa. Isso. Tudo foi culpa da garota.
Mas ela rolava.

E lá estava ela, terminando de arrumar seus materiais e saindo da escola. Em passos lentos ela volta para casa. Cabisbaixa, preocupada com as notas, ela volta para casa. Mas como eu havia dito, eles não perdoam. ''Talvez hoje dê. Talvez eu consiga.'' Ela pensa. Está enganada. Pois na virada da esquina lá estão eles: Com os bastões na mão e um sorriso no rosto. Garotos e Garotas. Não os mesmos. Estes parecem ser de outra escola. Mas de que importa? Não adianta correr. Não adianta ir por outro caminho. Muito menos gritar. Ela já tentou. Tentou todos os dias. Todos esses dias. Todos esses cento e oitenta e dois dias. Mas hoje não.

Então, ela rolou.

Em passos lentos, ela ia na direção deles. Cabisbaixa, pensando em como rolaria amanhã.


Notas Finais


para quem leu:
~dsclp por n ser tão bom e eu n conseguir deixar do jeito que eu quero
~dsclp por n ter feito um rascunho antes, to com preguiça
espero q de p entender oq ta acontecendo na história e n esteja uma bagunça


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...