História A garota que você deixou para trás. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jenna Marshall, Melissa Hastings, Peter Hastings, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Veronica Hastings, Wren Kingston
Tags Pll, Spencer Hastings, Spoby, Toby Cavanaugh
Exibições 112
Palavras 1.214
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Lembranças de A.


Fanfic / Fanfiction A garota que você deixou para trás. - Capítulo 15 - Lembranças de A.

Naquela noite enquanto estavam reunidos o celular de Hanna e Spencer tocam, coincidência? Nada na vida da Liars acontecem por acaso. Toby ao ver a esposa aflita chega e pergunta.

— O que foi meu amor?

Ela dá o celular para o marido ver.
Hanna também mostra a mensagem ao Caleb e os amigos presentes...

"Que felicidade mais duas Liars para minha coleção de bonecas.
Beijos. A.D "

Ária
"Já havia se passado algumas semanas em que estamos sendo constantemente atormentadas por A.D. eu recebi minha primeira mensagem um semana depois de Hanna e Spencer.

Será que terei mais uma boneca para a minha coleção, Não vejo a hora de descobrir. A.D”

Senti um frio na barriga e o desconforto imenso ao ler aquela maldita mensagem. Hoje vamos nos reunirmos no Apple a noite inclusive nossos maridos Ezra, Caleb e Toby. O que nos deixa mais tranquilas é por que Toby é o novo delegado de Rosewood. Então desta vez estamos com a polícia ao lado. Espero Ezria chegar para irmos juntos, ultimamente me sinto uma refém só saio acompanhada. "

Hanna.

Notei que Caleb não está dormindo normalmente, para falar a verdade nem eu. Como posso dormir recebendo essas mensagens que trazem lembranças ruins e medo do futuro principalmente agora que temos uma filha para nos preocuparmos.

Emily
Estou muito preocupada com as meninas, elas acham que A.D só nos assusta com mensagens porém ontem a noite um carro me atacou sorte a minha que eu estava perto de um caminhão e subi. Não quis ligar para as meninas elas estão grávidas e não podem passar esse tipo de susto. Apesar de ser impossível elas terem paz.

Toby.
Saio da delegacia para almoçar, hoje Spencer vai almoçar com a mãe e Melissa que está em Rosewood, nunca imaginei elas tão amigas. Bom as coisas mudam, aliás nem todas. A estava de volta e antes dela agir eu vou pegar minha família e vou o mais longe que puder.

Casa do lago 1 hora antes do Jantar

Toby chega em casa encontra Melissa e Spencer conversando.

Melissa veio pegar Collins para passar o sábado com ela, algum problema para você?

— Não amor, tudo bem.

— fiquei sabendo que vocês vão me dar uma princesinha também. Fico muito feliz! Já pensaram no nome?

— estamos escolhendo aos poucos, penso em Marion.

Amo este nome, ele é bem significativo. Diz toby dando uma beijo na esposa. Mas não quero que nossa filha tenha o nome da minha mãe. Desculpe amor, sei que pensou em mim. Te amo!

Vocês dois vivem em lua de mel constante. São lindos juntos! Melissa respira fundo. — Toby, Spencer, vocês pensaram sobre Collins ir para Londres conosco? Apenas 1 mês ele é meu afilhado a razão pela qual voltamos sempre. Pensem com carinho por favor. Eu e Wren o amamos como filho.

Collins sai com a mochilinha.

pronto titia já podemos ir, quero o filme dos angry bird’s.

— titia já comprou para você e também trouxe algo muito especial que esta te esperando no celeiro.

Referindo aos presentes que ela havia trago para ele de Londres quando eles estava saindo Toby a chamou.

Melissa, pode preparar tudo Collins vai com vocês.

Spencer se surpreende com a atitude do marido deste de quando houve o incidente do falso sequestro ele estava ainda mais cuidadoso e não gostava de Collins nem mesmo ela longe dos olhos dele.

Nossa... Nossa Toby, fico muito feliz.
ela coloca a mão na boca e lágrimas caem... ela amava muito seu afilhado.

Queremos que nos mantenha diariamente contato minha irmã e no natal quero Skype.

Claro, vou manter todo tempo contato e olha vocês podiam passar os feriados conosco. Aproveita para cuidar deste bebê com mais calma.
Diz Melissa fazendo carinho na barriga de Spencer que já estava indisfarçável.

Me avisa quando comprar as passagens. Para organizar as coisas de Collins.

Collins grita puxando a tia.

vamos titia quero ver meu avós e o titio Wren.

— Tchau Spencer, Toby.

Eles ficam na porta de casa até o carro sair .

Momentos depois...
No carro indo ao restaurante para o encontro com os amigos, Spencer conversa com o marido que estava concentrado dirigindo.

este seria seu primeiro Natal com Collins, pensei que passaríamos todos juntos.

ele sorriu de lado.

vamos passar o Natal juntos. Estava pensando que podíamos sair de Rosewood, vender a casa e ir para londres como havíamos planejado início.

— Toby e a delegacia? É nossos amigos?

— amor, eles deveriam fazer o mesmo. Vou começar a tentar uma transferência.

Ele tira uma das mãos do volante e segura a mão dela.

Amor, somos uma família agora e precisamos de segurança. Por nossos filhos. Você sempre fez muito por nossos amigos.

— mas, Toby.

—  Spencer? Me diga que não estou certo.

Já estacionados eles ficam conversando e se exaltam...

Spencer olha só aqui estamos brigando por causa de A novamente.

— Velhos hábitos...

Ele bufa

Spencer A.D até agora só ameaçou e quando ela começar a agir não vamos ter escapatória. Lembra de quando pensamos que Collins havia sido sequestrado? Lembra da angústia que sentimos? A dor que partiu nossos corações.
Ele continua
A forjou minha morte, te levou te levou para a Casa de boneca por meses, você foi presa...

— Eu quis morrer quando encontrei aquele corpo com a sua tatuagem. Se tivesse pego Mona eu a teria matado naquela hora.

Todos aqueles meses que você foi sequestrada, torturada. Eu passava dia e noite atrás de pistas que me levasse a você. Eu morria a cada dia que se passava sem notícias suas. Eu te amo demais.

Eles choravam com as lembranças, ela deitou no seu ombro.

Eu nunca mais quero me separar de você e nossos filhos Spencer.

Ela o beija limpando suas lágrimas e o beijando com todo amor...

nunca mais vamos separar Tobias. E se assim você se sentirá  melhor. Vamos embora daqui. Eu, você, Collins e ela.

Ela passava a mão na barriga. Ele coloca a mão dele por cima da dela e a outra em sua nuca trazendo seu rosto para mais perto dele a beijando com urgência ela logo sobe no colo dele deixando os beijos mais quente assim eles esquecem que por mais que os vidros sejam escuros uma das janelas estava meia aberta. No calor dos beijos ele percebe e a fecha assim eles ficam mais a vontade.

estamos atrasados Spencer.

— que esperem.

Ela acaricia abdômen e beija seu pescoço, entre beijos carícias... ela diz.

eu quero mais.

— o quê? Como assim? Nossos amigos estão nos esperando e estamos no carro.

— Não seria a primeira vez.

lembrando do tempo em que eram mais novos. Ela que até então estava de vestido tira  o e a calça de Toby ela se posiciona em cima dele fazendo com que ele a penetre.

rapidinho amor.
Sussurrando no ouvido dele enquanto fazia o movimento de vai e vem.

Você está impossível meu amor. Beijando a loucamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...