História A garota que você deixou para trás. - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jenna Marshall, Melissa Hastings, Peter Hastings, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Veronica Hastings, Wren Kingston
Tags Pll, Spencer Hastings, Spoby, Toby Cavanaugh
Exibições 116
Palavras 1.307
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Nunca me deixe.


Fanfic / Fanfiction A garota que você deixou para trás. - Capítulo 16 - Nunca me deixe.

> 8PM no Apple Rose Grille
Ária e Ezra chegam, Logo depois Emily, Hanna e Caleb

Ária: Cadê Alison, Spencer e Toby?

Emily: AIison teve que voltar para Filadélfia para resolver. Spencer me mandou uma mensagem dizendo que já estava vindo.

Hanna: eles estão no estacionamento se pegando como faziam antigamente naquela caminhonete velha.

Emily e Ária: Hannaaaaa!!!!!

Ezra e Caleb ri.
Alguns minutos depois Spencer e Toby chegam.

Toby: Desculpem o atraso.

Ele puxa uma cadeira para Spencer e senta ao seu lado.

Hanna: entendemos ne Ária? estamos grávidas o apetite sexual aumenta. Vimos vocês aos beijos no estacionamento.

Toby e Spencer ficam sem ação e envergonhados...

Ária: cadê Collins?

Disfarçando a indelicadeza da amiga.

Spencer: preferimos deixá-lo com Melissa e Wren, eles estavam com saudades...

Todos pegaram o menu e escolheram seus respetivos pratos

Ezra: Sem querer ser indelicado, vamos falar sobre o que viemos fazer aqui?

Ária: Não temos conseguido viver direito sabe, parece que estou sendo observada 24h por dia.

Caleb: Por enquanto A.D não passa de mensagens ameaçadoras.

Emily: sobre isso meninas eu preciso falar com vocês. Eu não iria falar mas, estou preocupada com vocês.

Spencer: O que houve Emily?

Emily: Ontem quando estava saindo de um restaurante A.D me atacou.

Toby: tem certeza? Você viu quem é? Deu para ver algo? Por que você não foi lá na delegacia comigo?

Emily: Não vi nada Toby, a não ser um carro vindo com toda velocidade na minha direção. Mal deu tempo de subir em um caminhão que estava lá.
Hanna: alguém aqui suspeita de alguém? Charlotte está morta.

Aria:  Yvonne estava no casamento de vocês.

Toby: Yvonne não seria capaz.

Spencer o encara enciumado.

Hanna: Achava que Mona também não era.

Emily: podemos investigar quem achamos quem é A.D.

Caleb: Agora temos a polícia para contar em caso de algo mais sério.

Toby: Sobre isso, nos gostaríamos de dizer que estamos indo embora.

Ária O que? Quando? Para sempre?

Hanna: vocês vão deixar A nos expulsar mais uma vez? Spencer precisamos de você.

Toby: Spencer sempre fez de tudo por vocês. Esqueçam quem é A ou A.D. tanto faz, vamos embora antes que ela tente mais uma vez a nos ferir como fez com Emily. 

Ezra: Toby tem toda razão, não é apenas conosco que temos que nos preocuparmos. Ária você esta grávida logo vai estar com a barriga maior e mais indefesa temos que proteger nosso filho ou filha.

Ária: que seja menino! A.D. me atormenta quer uma menina. Não tive nem coragem de marcar uma consulta.

Hanna: A.D quer nossas filhas e melhor ficar e lutar do que lá na frente ela roubar nos bebês de nós. Afinal A.D. está sempre a frente de nós. Querem fugir então vão mas, não diga que não avisei.

Hanna levanta da nessa pega sua bolsa e vai embora.

Caleb: mudanças de humor. Coisas de grávida. Desculpem, Toby eu concordo contigo.

Caleb vai logo atrás...

Emily: tenho que ir, trabalho amanhã cedo e antes tenho que pegar a Alison na estação. Cuidem desses bebês.

Ela beija a resta de Ária e Spencer.
no final sobraram apenas os dois casais Toby e Ezra continuavam conversando sobre sair de Rosewood. Spencer e Ária sobre bebês queriam fugir um pouco do foco de A.D.

> Momentos depois na casa do lago.

Eles chegam, ela tira o sapato e coloca ao lado do sofá.

acho que você não deveria andar com sapatos tão altos.

— Estou grávida e saudável, da ultima vez não tive o privilégio de estar assim... não podia fazer nada.

— Spencer... sobre o que a Hanna disse... a gravidez abre o apetite sexual. Quando você estava grávida do Collins eu não estava lá.

Diz enciumado, muito enciumado. Spencer gargalha.

— Amor da minha vida, tive depressão a minha gravidez toda. Acredite não tinha energia para isso... só tristeza, depressão, fome, sono e cansaço.

— me perdoa meu amor, isso tudo é culpa minha.

Ele levanta e vai para a cozinha de cabeça baixa

Spencer
Faz um tempinho que Toby foi para a cozinha, levanto e vou atrás ele está com lágrimas em seus olhos.

— lá no carro, não foi por causa da gravidez, foi por que eu te amo e fiquei muito tempo separada. Não tive ninguém por que eu nunca consegui te esquecer. Eu quero aproveitar cada minuto contigo amor...

Sem responder ele me deu um beijo fogoso que me fez perder todos os meus sentidos... agarrou a minha cabeça com as duas mãos, me colocou contra a parede com delicadeza me deu um longo e intenso beijo. O meu coração sempre batia forte quando ele fazia isso e logo subia um tesão principalmente quando eu não estava à espera disso.

Eu te amo Spencer Cavanaugh, minha esposa... minha só minha!

ele me beijou outra vez de maneira apaixonada. Acabou por me carregar em seu colo e a me levar para o nosso quarto. Eu o beijava e acariciava o seu cabelo uma vez no quarto eu tirei sua roupa o deixando totalmente nu ele tirou meu vestido me deixando apenas de lingerie me deitou na nossa cama começou a acariciar e beijar meus seios até chegar à barriga. Eu já estava louca por ele.

Ele beijava a minha barriga ao mesmo tempo tirou a minha calcinha e começou a lamber a chupar minha intimidade. Ele lambia, beijava, chupava e enfiava a língua agarrando as minhas mãos. Eu louca de tesão rebolava e gemia. Ele subiu para me beijar eu colei o meu corpo no dele mordendo os lábios . Ele olhou para os meus olhos e disse:

Eu te amo demais.

Eu adoro quando ele diz isso. Respondi com um beijo que ao mesmo tempo pedia para ele continuar...
Ele penetrou seu pênis na minha vagina e começou um movimento de vai e vem com o seu corpo coladinho ao meu. Ele me fazia sentir tão bem, amada e desejada foi meu primeiro amor.
Para aumentar a velocidade ele levantou o seu tronco, ficando de joelhos levantando meu bumbum do colchão eu gemia e me contorcia de prazer...
Para sentir-me contra ele, ele me levantou e me pôs sentada no seu colo. Ele sabia que eu adorava essa posição...
Eu o beijava colando os meus seios contra ele e acariciando o seu cabelo. Ele me abraçava, me apertando forte contra ele eu também o abraçava.

Eu não quero te perder por nada desse mundo! Sussurrou ele no meu ouvido.

Reparei que a voz dele estava  tremendo olhei pra ele notei que ele tinha os olhos fechados, ele estava se esforçando para não chorar...

Toby, o que está acontecendo contigo? perguntei a ele passando a minha mão em seu rosto perfeito.
Ele abriu os olhos e uma lágrima caiu.

—  ter ficado separado de você foi torturante e agora que estamos felizes casados, A.D. nos aterroriza. Tenho medo que isso acabe.

Eu também não quero te perder por nada desse mundo te amo Cavanaugh. Dei um sorriso e em seguida o beijei.

O empurrei para que ele se deitasse e comecei a o cavalgar com muito amor. Eu rebolava lentamente. Ele gemia, e também fazia movimentos penetrando mais fundo. Agarrei as suas mãos e acelerei os meus movimentos para  dar mais prazer. Ele gemia cada vez mais alto, e meu tesão só aumentava ao ouvir ele gemer. Acabei gozando e me deitei sobre seu lindo peitoral. Ele me abraçou e continuou a fazer movimentos cada vez mais rápidos. Ele acabou por gozar.

Te amo minha Spencer, nunca vou cansar de repetir

— Eu também te amo Tobias hoje e sempre. Nunca mais ouse em me deixar.
Respondi o abraçando e beijando.










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...