História A garota que você deixou para trás. - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jenna Marshall, Melissa Hastings, Peter Hastings, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Veronica Hastings, Wren Kingston
Tags Pll, Spencer Hastings, Spoby, Toby Cavanaugh
Exibições 85
Palavras 1.115
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Eu estou vivo meu amor!


Fanfic / Fanfiction A garota que você deixou para trás. - Capítulo 19 - Eu estou vivo meu amor!


Logo amanheceu Spencer não havia dormido e comido. Ela ligou para Noel, avisar a família Cavanaugh o ocorrido para que eles viessem para Rosewood. Ela os esperava...
Depois pegou as chaves do carro para sair, tinha ligado para a funerária para deixar tudo arrumado a espera da liberação do corpo.

Assim que sai do quarto, se depara com um café da manhã na mesa.

Lorenzo: Toby sempre me dizia que você comia muito pela manhã quando estava triste, imaginei que comeria o dobro já que estava grávida.

Spencer: acho que faz mais de 12 horas que não como nada.

Lorenzo: Faz mau Spencer... você tem que comer de 3 em 3 horas. Esta grávida.

Ele puxa a cadeira e logo ela se senta. Estava com os olhos vermelhos, em chamas seu tom de voz já estava mais calmo.

Spencer: me faz um favor? Vou receber os Cavanaugh eles precisam de mais detalhes do ocorrido. Queria que estivesse presente.

Lorenzo: estarei aqui para o que precisar.

Ela termina a refeição e levanta da cadeira.

Spencer: estava maravilhoso Lorenzo muito obrigada.

Ele assente com a cabeça.

Lorenzo: Você vai para onde? Posso dar uma carona acho que seria melhor para você que dirigir.

Spencer: Para a funerária. Seria ótimo.
Lorenzo: O corpo vai ser liberado ainda está manhã.

Spencer: ligarei para a família dele para ver se podemos fazer a cerimônia a tarde. O dia vai ser bonito hoje.

“Lorenzo.
Toby sempre falava que Spencer era uma mulher decidida, forte. Mas nunca imaginei que ela fosse tanto. Ele teve sorte de a conhecer e dividir uma história com ela. Espero viver um amor assim um dia.”

Spencer: acabo de receber um SMS. É de Noel ele disse que já esta na cidade. Viajaram de avião, estavam em Maine próximo daqui. Vão nos encontrar no Brews daqui a uma hora o tempo necessário para resolver tudo na funerária.

Lorenzo: Ok, logo depois seria bom que fosse ao médico. Ver  essa bebê.

Spencer: eu sei mais ainda há Collins e o funeral e estou sentindo mexer normalmente. Estamos bem Lorenzo.
Chego na funerária e resolvo tudo que preciso. Lorenzo combina os horários. Chegou a hora de encontrar a família de Toby.

BREWS.

Sr. Cavanaugh: Spencer, você está linda.

Ele estava com os olhos vermelhos, marejados de lágrimas. Todos ali estavam assim. Noel consolava Jenna que estava desolada...

Spencer: Olá Sr. Cavanaugh, Vivian, Jenna, Noel. Bom eu não sei como explicar esse pesadelo, por isso trouxe uma amigo de Toby. Ele que me avisou e sabe de mais detalhes.

Vivian: Lorenzo. Já o conhecemos Spencer, Toby nos apresentou.
Jenna: quem era a outra vitima no carro?

Noel: Jenna pedi que esperasse. Para quando tivéssemos a sós com a Spencer.

Vivian: havia mais alguém no carro?

Sr. Cavanaugh: quem?

Spencer: Yvonne. O carro foi encontrado saindo da cidade em chamas.

Vivian: meu amor.

Ela pega a mão de Spencer.

Vivian: Toby te amava muito e muito mais depois dos filhos... Ele estava muito empolgado com Collins e o bebê.

Ela deixa algumas lágrimas cair.

Jenna: Não é possível.

Spencer: Eu marquei a cerimônia pela tarde. Lorenzo  estará aqui para o que precisarem. Se quiserem ficar lá em casa há espaço. Eu tenho que avisar as outras pessoas. Peço desculpas, mas tenho que ir.

Sr. Cavanaugh: você não deveria ter ficado com toda responsabilidade filha. Somos sua família também. Você nos deu um  neto que amamos muito e mais um que esta a chegar.

Ele fala com admiração pela nora. Ela estava sofrendo muito.

Spencer: É uma neta, Serena. Toby escolheu o nome.

Ela vai para a casa dos pais...

CASA DOS HASTINGS

Verônica estava na cozinha sentada tomando um café. Quando Spencer aparece aos prantos na porta.

— mamãe...

Ela a abraça forte.

— Você vai superar filha, tenha forças. Mamãe promete que isso vai passar.
....
FUNERAL

Todos estavam lá, as meninas ao lado da amiga. Menos Alison que precisou resolver algo relacionado com Charlotte de última hora.

“Ária — Spencer estava com um olhar perdido, estava calma demais. Isso me assustava. Parecia outra pessoa.”

“Hanna — Nossa, não entendo Spencer mal falou conosco, não parecia a mesma Spencer de antes”

“Emily— será que ela acredita que Toby, iria fugir com a noiva? Isso é ridículo. Se ele gostasse de Yvonne não a tinha deixado.”

“Ária — Ligo que acaba a cerimônia vemos Spencer entrando no carro de Lorenzo. Ele não havia a deixado em nenhum momento. Aquilo me incomodava.”

Ária: Ela é nossa amiga. Sempre foi. Por que ela não deixa nos aproximarmos.

Ezra: Dê um tempo para ela amor.

Hanna: Típico da Spencer.
Ária: como assim?

Hanna: quando Mona forjou a morte do Toby, ela foi parar no Radley. Entrou no Team A. Depois eles terminam e ela descobre a gravidez. Esconde Collins de todos inclusive de suas amigas.

Emily: Exclui a gente de alguma forma. Isto que Hanna está tentando dizer.

Ária: Lorenzo é uma válvula de escape.

Caleb: Talvez. Spencer sempre foi mais complicada. Toby sempre falava. Difícil saber o que se passa na sua mente.

Ária: e A.D. gente. Tem mandado mensagem para vocês?

Hanna: Não

Emily: Não

Ária: será que A.D era Yvonne?

Hanna: Não sei, mas se for o tempo irá mostrar.

Ária: Não gosto desse cara como guarda-costas da Spencer.
Ária observa o carro partir...

CASA DO LAGO

Lorenzo: Você vai ficar bem? Não era melhor ficar com seu pais, ou na casa de uma de suas amigas?

Spencer: Sim, eu vou ficar bem. Qualquer coisa eu te ligo. Agora preciso entrar e falar com a minha irmã...

Lorenzo: me liga mesmo. E aproveita para ir ao médico amanhã.

Spencer: Obrigada Lorenzo.
Entro na casa que me meu marido fez pra mim.

Spencer: Toby, cadê você meu amor...
O celular toca era uma mensagem de A.D.

“minhas condolências, Sra. Cavanaugh. A.D”

Spencer: vadia!

Ela entra no quarto do casal, tira seu vestido abre a mala de Toby tira uma camisa do amado e veste...
Deita na cama e começa a assistir os vídeos que ela tinha no celular, vídeos do casamento, da ultrassonografia de Serena, inúmeros vídeos de Collins e Toby.

EM ALGUM LUGAR POR AÍ.

Toby.

Acordo em um lugar desconhecido, parece os quartos do Radley minha cabeça dói... não lembro de nada.
Vejo jornais em cima de uma mesa algumas fotos...

“ACIDENTE NA FRONTEIRA DE ROSEWOOD MATA O TENENTE TOBIAS CAVANAUGH E SUA EX NOIVA YVONNE PHILIPS.”

Meu Deus!

Haviam fotos da minha Spencer, minha família, meus amigos no meu funeral, mas eu não estou morto... como isso aconteceu! Onde eu estou??? Bato na porta mas ninguém vem

Eu estou vivo meu amor.
Eu estou vivo
Alguém me tira daqui!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...