História A Garota Roubada - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 18
Palavras 387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Yooo dlc

Capítulo 2 - Capitulo 2


Isabella abriu os olhos mas continuava a ver tudo preto. Sentiu as suas mãos presas assim como os seus pés. Seja lá o que for que a amarrava era frio, provavelmente era metal ou ferro. Foi nesse momento que se arrepiou. Onde ela estaria? Porque estaria, ela alí? O que pretendiam dela?
Várias perguntas surgiram na mente da garota mas sempre sem resposta. No ar, pairava um cheiro de terra. Em baixo de si, algo mole, provavelmente um colchão. Seja lá qual local for, era frio. A garota apenas vestia  um top e uns calções fazendo-a sentir-se exposta perante as pessoas que a colocaram alí.
Isabella queria chorar mas o medo e o terror não deixavam. Todos os sentimentos ruins estavam unidos nela, naquela pobre garota, alí amarrada.
Isabella lembrou-se da sua família, do seu pai que, provavelmente, já estava na casa dela, a esperando. Ela começou a sentir-se com mais pânico quando pensou que talvez, a sua família achasse que ela tinha fugido, de novo. Se fosse esse o caso, eles não a procurariam pois achariam que ela voltaria e quando se dessem conta que algo acontecera, certamente, já seria tarde demais.
Foi com esses pensamentos que Isabella começou a chorar. Lágrimas descontroladas desciam pelo seu rosto pálido pelo frio.
Passado algum tempo ouviu uma porta a abrir, que por acaso era bastante barulhenta. A garota sentiu algo quente a ser colocado por cima de si. Parecia uma manta?!
-Quem são vocês? O que querem de mim? - perguntou a garota tremendo pela voz.
Para sua desilusão, ninguém atendeu às suas perguntas. Apenas ouviu a porta a fechar-se.
Quem seriam aquelas pessoas? O que queriam de Isabella? A garota não era rica. Ela achava-se feia. Ela cortava-se. Ela fugia de casa. Psicólogos diziam que ela tinha problemas psicológicos. Será que a queriam para prostituição? Ou trafego de pessoas? Trafego de órgãos? Ela seria vendida em troca de um camelo para os Árabes? Qual era a intenção de tudo isto? Que ela soubesse, os seus pais não deviam dinheiro nem se metiam em nada ilegal.
Por mais que Isabella tentasse encontrar justificações, ela não sabia justificar a sua presença alí.  Ela não ouvira nada nas comunicações sociais a falar sobre qualquer tipo de raptos.

Mas afinal de contas, qual é o interesse numa pobre garota ferida emocionalmente?????


Notas Finais


Entao, estão a gostar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...