História A Garota Roubada - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 12
Palavras 564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Yoo

Capítulo 6 - Capitulo 6


-Desculpe. -ela saluçou entre as lágrimas. -Pode me matar. Tem razões para isso.
-Eu não vou fazer isso, afinal, eu estava atacando você. Aliás você se preocupou comigo... -riu de um jeito irónico abaixando-se ficando da altura da garota. -Depois de me bater mas preocupou.
Dito isto o garoto deu um tapa muito forte em Isabella. A carne da bochecha da garota parecia pegar fogo.
-Mas sabe sua idiota -ele falou pegando o queixo de Isabella apertando-o com força -Devias ter fugido. Porque à primeira oportunidade, eu vou vender ou matar você. -Ele falou sorrindo de forma travessa enquanto voltava a prender Isabella.
Ele saiu.
Isabella começou a chorar. Ela ia morrer.
(...)
A porta abriu e logo depois entrou o homem que dissera que ia sair.
Um sorriso maligno estava brutado nos seus lábios gretados.
Isabella arregalou os olhos ao ver uma seringa nas mãos imundas do homem.
A garota tinha a boca tapada mas rodava a cabeça negando a injeção que certamente levaria.
-Não é não fofa, é sim.... -logo depois a garota sentiu uma picada, parecia de abelha, no pescoço.
Os seus olhos começaram a pesar e Isabella apagou.

(...)

Isabella foi abrindo os olhos lentamente pois luzes coloridas invadiam os seus olhos cor de mel. Piscou algumas vezes.
Continuava amarrada e depois que olhou todo o espaço, percebeu que estava num palco.
Estava com um short e um top de alsinhas branco forrado a renda. No seus pés umas alcapatras brancas.
Olhou na sua frente e arregalou os olhos, homens de todas as idades estavam lá a olhando, mais no fundo da sala estava o homem mais velho que a raptou.
Uma música lenta e sensual começou a tocar e no palco subiu o garoto em que ela bateu.
-Essa garota é a nossa aquisição feita recentemente. Apresento-vos senhores , a Isabella. Sei que todos vocês estão a pensar o que podem fazer com essa jovem beldade. -falou passado a sua mão na bochecha da menina fazendo Isabella virar a cara bruscamente. -Mas meus caros amigos, essa beldade têm um preço bem alto neh... Bom já sabem se tiverem perguntas sobre ela, podem falar.
-Cara, essa garota veio de onde? -perguntou um homem com os seus 30anos.
-Como todas as outras -pausa -Raptada. -o homem que fez a pergunta assentiu.
Isabella estremeceu, afinal ela não era a primeira nem a ultima garota a sofrer aquilo.
-Como ela é em personalidade? -perguntou um homem com uns 25anos.
-Bem ferinha mas não é nada que não possa ser domada. -falou o rapaz dando uma risada idiota no final fazendo os outros homens presentes rirem em coro.
-Ela é boa na cama? -perguntou outro homem com os seus 40anos.
O garoto riu e respondeu: -Não faço a mínima ideia.
-UE! Ela é virgem? -Perguntou o mesmo homem enquanto todos os outros da sala cochichavam.
-Ela disse que não mas quem sabe. Querem saber? Ela pode ter feito mas não é experiente, eu acho.
-Comprem ela por uma boa grana. -falou o homem mais velho do fundo da sala atraindo olhares.
-Mais perguntas? -perguntou o rapaz. Ninguém respondeu.
-Certo. Podemos começar?
Todos assentiram.
-Ótimo, então ...-ele Assobiou e veio em cara musculado cheio de tatuagens. -Levem-na agora!

O homem soltou Isabella e tirou-a do palco levando-a nas costas como quem leva um saco de batatas. Colocou-a numa cadeira, prendeu-a e colocou-lhe uma venda.

****


Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...