História A gémea de Reiji - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais, Reiji Sakamaki
Tags Reiji Sakamaki
Visualizações 90
Palavras 864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mano... Eu publiquei o cap 7 antes do 6! Me desculpa!

Capítulo 6 - VI


   Leiam as notas iniciais!

Na mansão...

Renata ON

Entro no quarto do Shu sem bater porque estava com preguiça... E o vejo dormindo. Me deito ao seu lado na cama, e coloco meus fones. Depois de uns vinte minutos ele fala:

Shu: - Vem cá, você tá bem? - Ele pergunta abrindo os olhos e se virando para mim.

Renata: - Sim... Por que não estaria? - Abro os olhos e o fito.

Shu: - É que você tá muito quieta...

Renata: - Sou sua irmã gémea... Não percebeu, Onii-chan? - Paro de falar. - Faz quanto tempo que a Yumi saiu?

Shu: - Não sei... Ela não me avisou que ia sair... Se ela fosse convidar alguém seria Ayato ou Laito... - Ele faz uma pausa. - "É que eles são mais legais..." - Diz ele tentando imitar a voz de Yumi... E falhando miseravelmente. 

Renata: - Hum... Acho que já vou, Onii-chan. - Me levanto e vou até a porta.

Shu: - Onde vai?

Renata: - Ver Ayato. - Digo e saio em direção ao quarto de Ayato.

Chegando lá entro sem bater... A preguiça é grande...

Vejo Ayato sentado em perna de índio em cima da cama comendo takoyaki.

Renata: - Ayato

Ayato: - Fala

Renata: - Quando Yumi saiu?

Ayato: - Huumm... Ela veio falar comigo umas dez da manhã... E já são nove da noite... Ela está fora à onze horas...

Renata: - O-Onze?

Ayato: - Não se preocupe... Ela disse que ia ao parque... E ela sabe se cuidar. Ela também é vampira, lembra?

Renata: - Mais quem em sã consciência fica no parque até nove da noite?! - Estou começando a me irritar...

Ayato: - Ela pode estar dormindo embaixo de uma árvore... É possível ela estar até mesmo lendo... Ela é irmã do Reiji... - Que consideração!

Renata: - Esqueça! Vou falar com Reiji! Eu acho que ele é o único que se preocupa com Yumi. - Dito isso saio em disparada para o quarto de Reiji. - Reiji!

Reiji: - Não é porque você é minha irmã que não quer dizer que eu não possa puni-la. Tenha ao menos modos.

Ignoro sua frase.

Renata: - Yumi saiu de casa às dez da manhã e ainda não voltou!

Reiji: - Tsc... Essa... IRRESPONSÁVEL! - Dito isso ele virou a mesa onde haviam frascos de poção. Logo o chão foi coberto de vidro.

Renata: - T-Tenha calma...!

Reiji: - Não vou ficar calmo! Essa idiota só trás problemas! - Ele vira de costas para mim e abaixa a cabeça. - Me deixe só... - Ele diz fraco.

Renata: - O que...?

Reiji: - AGORA!

Saio imediatamente do quarto e me deparo com Subaru e Shu ao lado de fora.

Subaru: - Você está bem?! - Pergunta me segurando pelos ombros.

Shu: - Acho melhor não chegar perto do Reiji agora... - Eu apenas assinto cabisbaixa.

Reiji ON

Logo depois que Renata foi embora, dei um soco na parede, e a mesma rachou. ( vamo com calma Subaru 2...)

Reiji: -DROGA! - Aquela idiota...

Só trás problemas. Primeiro, dorme com Shu, e depois desaparece.

Me sentei na cama, e quando fui perceber, lágrimas escorriam.

As limpei rapidamente. O que está acontecendo comigo?!

Reiji: - Onde você está agora...? - Murmuro para mim mesmo.

( ^~^ )

Um mês depois...

Yumi ON

Já faz um mês que estou na mansão Mukami... Yuma virou meu melhor amigo... Não é ruim viver aqui.

Mas... Eu sinto falta dos meus irmãos. E... Ainda não sei o motivo dos Mukami terem me sequestrado.

Yumi: - Onde você está agora, Reiji...? - Murmuro.

Já sei.

Saio rapidamente do quarto e vou até a sala, onde os quatro estavam conversando. Quando notam minha presença.

Azusa: - Oi... Yumi.

Yumi: - Oi... Eu queria perguntar uma coisa... - Digo me virando para Ruki.

Ruki: - Pergunte o que quiser.

Yumi: - Já faz um mês que estou morando aqui... E... Eu queria saber... Se eu não poderia voltar para a mansão Sakamaki. - Digo cabisbaixa.

Yuma: - Por que quer voltar, porca?! Pensei que fossemos amigos. - Diz Yuma se levantando do sofá.

Yumi: - Nós somos amigos! Eu só estou com saudade de casa. - Digo indignada.

Yuma: - Tsc... Lá naquele lugar eles não te davam o seu devido valor! Você era apenas um brinquedo! Uma mísera bolsa de sangue!

Yumi: - E o que eu sou aqui?! Não foi por isso que me sequestraram?!

Kou: - Neko-chan... Você não é apenas uma bolsa de sangue para nós.

Yumi: - Então o que eu sou pra vocês? - Kou engole seco e fica em silêncio. - Foi o que pensei... Ruki... Já que não posso voltar, posso ao menos os visitar? - Pergunto desesperada.

Ruki pensa um pouco, e então fala:

Ruki: - Uma semana. E depois iremos lhe buscar.

Yumi: - OBRIGADA! - Digo o pegando de surpresa, dando um abraço.

Ruki: - Iremos lhe levar agora.

Depois de alguns minutos fomos até a mansão Sakamaki.

Yuma: - Sei que é só uma semana, mas vou ficar com saudade, porca! - Dou-lhe um abraço bem forte.

Yumi: - Tchau! - Me viro para a porta de entrada. Me viro novamente e eles já não estavam lá.

Entro e lentamente vou em direção ao corredor do meu quarto, quando ouço uma voz...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...