História A girl to stay - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~Belle_All

Exibições 142
Palavras 2.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


já prepara o coração, porque hoje tem heheh
boa leitura♡

Capítulo 20 - Surprise at the ball


Fanfic / Fanfiction A girl to stay - Capítulo 20 - Surprise at the ball

Jasmine's pov

Assim que entrei no salão, me dei conta que não havia mais visto Jolie depois que nos separamos no começo do baile, então comecei a procura-la por todo canto e não a encontrei em lugar nenhum. Quando estava prestes a pirar, Kian me encontrou, dizia que era pra mim e Jolie nos retirar do salão imediatamente pois havia alguma coisa errada. Ai sim eu comecei a ficar preocupada de verdade. Contei há ele que não conseguia encontrar Jolie, então nós dois saímos a sua busca.

Eu fiquei tão distraída que não me toquei que nem o Luke eu estava encontrando. Mas a esse ponto ele já deve ter achado outra pessoa pra aproveitar o resto da noite, se eu tiver sorte. Honestamente, eu não estou nem ai mais pra ele. Continuei rodando o salão junto com Kian e nada de encontrar aquela menina, afinal, onde ela se enfiou?

- Ei, onde está o Parker? – Perguntei assim que paramos perto do palco.

- No telhado, eu acho. – Respondeu e eu o olhei confusa, tendo imaginar o motivo. Aí me lembrei que Jolie poderia estar no banheiro feminino, e eu já ia dizer isso ao Kian, quando eu vi um dos seguranças trazendo algo estranho em suas mãos até o palco, mas assim que o mesmo chegou na parte de trás, um outro segurança chegou apresado ao seu lado e os dois foram em direção a saída de novamente.

Agora eu tinha certeza que alguma coisa estava errada.

- Eu vou até o banheiro procurar por Jolie, e já volto. – Falei me afastando de Kian, que prometeu ficar ali naquele mesmo lugar me esperando. Aos poucos eu ia ficando cada vez mais preocupada, agora não só com Jolie, mais com Peter também.

Já estou começando a me arrepender de ter vindo nessa droga de baile.

Entrei no primeiro banheiro, que ficava ai perto, e nada de Jolie. Então resolvi ir até o outro banheiro perto da diretoria. Achei que no caminho iria ter algum segurança, mas não havia nenhum sinal deles. Estranho. Entrei no banheiro completamente vazio e silencioso e chamei pelo seu nome, mas ninguém atendeu.

- Oi. – Dei de cara com a Felícia assim que estava prestes a abrir a porta. - Ouvi você chamando por Jolie, está procurando por ela?

- Sim, você a viu? – Perguntei.

- Sim. – Sorriu. - A última vez que eu a vi ela estava discutindo com o Luke perto da sala de química.

- Serio? – Perguntei meio surpresa, e confusa ao mesmo tempo.

- Eu posso ir até lá com você. – Sugeriu e eu nem respondi, apenas sai do banheiro e fui em direção ao corredor da sala, enquanto Felícia me seguia. Assim que cheguei na mesma, não havia ninguém lá, estava tudo muito silencioso, quando de repente eu ouvi um barulho de mesa caindo e logo a porta da sala foi arrombada com o impacto do corpo de Luke batendo sobre ela. Eu nem tive reação ao ver Jolie gritando pra mim sair de lá pois quase não houve tempo, senti uma pancada na minhas costas que me fez ir ao chão. Felícia me puxou pelo cabelo e disse no meu ouvido:

- Eu avisei que vocês iam se arrepender, não avisei? – Ela riu debochando e eu logo lhe acertei uma cotovelada no estomago, a fazendo me soltar, em seguida lhe dando um chute tão forte que fez seu corpo parar do outro lado do corredor.

Nem eu sabia que conseguia fazer aquilo. 

- Jasmine cuidado! – Jolie gritou e quando me dei por mim, nós duas já estávamos no chão.

- O que pensa que está fazendo? – Perguntei ficando de pé e vendo Luke se aproximar.

- Foi o que a gente suspeitava. – Jolie logo disse. - Ele é neto do Wilson Fisk!

- Ah não comece de conversinha de novo Jolie. – Ele deu de ombros e Felícia se pôs ao seu lado.

- O que vocês querem afinal? – Perguntei.

- Acho que no fundo você já sabe, não é? – Felícia riu e avançou pra cima de mim rapidamente e eu só tive tempo de levantar meus braços pra me defender. Onde essa garota aprendeu a lutar desse jeito? Meu corpo se arrastou pra trás com o impacto do seu golpe, e eu rapidamente abaixei pra me desviar do próximo.

- Lenta demais...

As palavras mal puderam ser ouvidas, pois um chute no estomago me jogou pra longe de onde Felícia estava parada. Me apoiei com uma das mãos pra se levantar, e com a outra instintivamente acariciei o local dolorido. Eu já estava ficando cansada dessa historia de Rei do Crime, de gente doida atras de mim, e mais ainda da otária da Felícia. Olhei na direção da minha adversaria, e vi Jolie lutando bravamente com Luke, que era quase 15 cm mais alto do que ela e duas vezes mais forte. Ela definitivamente precisava de ajuda, mas primeiro eu tinha que me livrar de Felícia.

Ok, o salto e a saia não me ajudavam nem um pouco naquele momento, mas acho que eu não tinha outra opção. Fique em posição de ataque e esperei por ela vir pra cima de mim novamente, mas quando isso aconteceu, ela mal encostou em mim, pois Kian lhe puxou a segurando firme. Ele só me deu um sinal pra ir ajudar Jolie, e assim eu fiz. Achei que Luke podia se livrar de duas garotas do nosso tamanho sem nenhum grande esforço, mas estava errada. Ele estava tomando um surra de Jolie sozinha. Talvez tivesse pena de bater na gente, ou coisa do tipo. Quando me viu se aproximar, partiu pra cima de mim imediatamente, e quase conseguiu me derrubar. Cheguei a pensar que ele iria desistir, mas logo me passou uma rasteira me fazendo cair ao seu lado.

- Eu achei que um dia você fosse gostar de mim de verdade. – Disse enquanto nos levantávamos. - Mas eu sinto muito Jasmine, se você não vai ser minha, não vai ser de mais ninguém! – Não sei porque e nem como, mais quando Luke tentou me acertar um soco, consegui segura-lo e uma forte corrente elétrica percorreu pelo meu corpo e se depositou em Luke. Me afastei assustada, vendo o garoto se contorcer no chão. Infelizmente - ou felizmente - isso não causou grande estrago, logo se pôs de pé novamente.

- Essa doeu. – Ele riu meio com raiva, acariciando o braço. - Não esperava isso de você, essa foi muito boa.

- Gostou de apanhar? – Jolie riu cruzando os braços.

- Pensei que seria fácil levar você sem a presença do aranha. – Luke se recompôs. - Ele até tentou vir, mas a gente deu um jeito nele.

- Que? – Eu e Jolie perguntamos em coro. Meu coração apertou.

- Que foi? Vão dizer que se preocupam com o cabeça de teia?

- O que você fez com o homem-aranha? – Jolie perguntou.

- Ah tá brincando que vocês vão ficar bravas por causa disso? – Ele riu de novo. Eu e Jolie nos entreolhamos, e de repente eu senti uma coisa crescer dentro de mim. Era raiva. Minha respiração ficou mais pesada, minhas mãos tremiam e meu coração ficou mais acelerado.

- Jasmine... – Jolie murmurou tocou minha mão, enquanto encarava o chão sobre nossos pés, que começava a congelar partindo de mim. Luke, apavorado, se afastou um pouco.

- Meninas! – Ouvi Kian gritar do outro lado e dar um sinal pra seguirmos. Ele havia prendido Felícia dentro de uma das salas. Olhei de novo pra Luke, e vi o gelo começar a subir pelo suas pernas. O deixei lá e segui Kian. Nós fomos correndo de volta ao salão, que por acaso não havia mais nenhum segurança, e logo fomos parar lá fora.

- Kian, onde está o Peter? – Jolie perguntou assim que saímos na parte externa. - Não tem ninguém aqui.

- Quer que eu faça o que? Grite o nome dele? – Kian foi irônico. Ignorei os dois e comecei a andar a procura do Peter. Ele não poderia ter sumido, certo? Comecemos a andar pela escola, até que ouvimos barulhos vindo do campo de futebol e corremos pra lá.

- Não tem ninguém aqui. – Concluiu Kian.

- Pra mim também parece normal. – Jolie concordou.

- Pra mim tem algo errado. – Afirmei andando até o meio do campo. Estou com um mal pressentimento desse lugar.

- Jasmine, vamos continuar antes que Felícia e Luke venham atrás de nós novamente. – Gritou Jolie, quando de repente o Peter saiu correndo de dentro dos vestiários, vindo em minha direção.

- O que está fazendo? Sai logo daqui! – Ele começou a me puxar pra fora de novo.

- Espera Peter, o que está acontecendo? – Perguntei tentando me livrar de sua mão. Peter me jogou pro outro lado com uma certa brutalidade, e então apareceram uns 30 homens. Entre eles alguns dos seguranças do baile. Bufei ao ver que a brilhante - merda - de plano do Rei do Crime estava longe de terminar, pois ele estava fazendo o possível pra me ter. Estremeci me levantando do chão, vendo Peter lutando com os homens.

- O que pensa que vai fazer? – Kian segurou o braço de Jolie antes dela conseguir escapar.

- Precisamos ajudar o Peter. – Respondeu como se fosse obvio.

- Jolie, as vezes eu acho que você é louca, sabia? Onde está com a cabeça de querer enfrentar mercenários? – Kian pareceu preocupado.

- Acorda pra vida, ou a gente luta ou a gente foge, e no caso eu não pretendo fugir e deixar o nosso amigo se ferrar sozinho! – Jolie se soltou e entrou no meio da luta. Acho que a ideia de uma garota de 16 anos querendo brigar com eles os deixou meio desnorteados, porque Jolie realmente estava conseguindo dar uma surra neles.

O que era completamente estranho e estupido da parte deles.

Kian me olhou com aquela famosa cara de ponto de interrogação, eu o puxei junto comigo e partimos pra cima daqueles caras. Eu poderia até me machucar, mas jamais deixaria Peter na mão. Eu devo tanto há ele, quanto New York inteiro deve.

Praticamente ninguém estava ganhando, e nós servimos mais pra atrapalhar do que pra ajudar Peter. Por mais que a gente batesse naqueles caras, eles não desistiam de jeito algum. Ainda mais quando Luke e Felícia resolveram se juntar a festa. Cada segundo ficava mais chato, e eu só queria ver Peter usar aquele negocio que ele chama de teia e fazer eles sossegarem um pouco.

Seria muito bom mesmo.

- Você é uma cretina! – Um dos homens que Peter levou ao chão, me olhou com raiva.

- E você é um idiota que não tem nada descente pra fazer da vida, então resolveu ir atrás de uma adolescente porque outro idiota simplesmente mandou. – Murmurei pra mim mesma e lhe aceitei mais uma vez, vendo ele ir mais longe.

- Sua...

- Ah cala a boca. – Peter grita impaciente, jogando teia em seu boca, e se vira pra mim, antes do próximo cara lhe atacar. - Pode dar um jeito de ir chamar a policia?

- Ok. – Saio correndo do campo. Alguns tentam me seguir, mas Peter os impede. Corri pra dentro novamente a procura de qualquer pessoa que poderia me emprestar o celular. Não acredito que ainda ninguém notou a treta que estava rolando lá no campo. Pedi o celular de Kira, que por alguns segundos não queria me ajudar, mas no final acabou cedendo. Sai pra fora da quadra pra conseguir ouvir melhor, e assim que terminar de falar, senti alguém puxar o celular da minha mão. Me virei vendo Luke me olhando com raiva, e a primeira coisa que pensei em fazer foi correr, mas não o fiz, graças a alguma coisa que prendeu minhas pernas.

- Para com isso Luke! É inútil. – Falei tentando me soltar, mas Luke prendeu minhas mãos também.

- Eu não tenho muita escolha. – Deu de ombros. - Me responde uma coisa, você e esse homem aranha estão ficando bem próximos, não é? Agora ele é seu herói particular ou o que? – Deu um gargalhada.

- Você acha mesmo que eu preciso de um herói particular? Ou o seu avô não te contou o que eu sou de verdade? – Perguntei abrindo um sorriso, e vejo Luke estremecer olhando pro céu, que agora ficou cinza, e conseguia se ouvir trovões.

Ele não faz ideia com o que está se metendo.


Notas Finais


desculpem qualquer erro♡
trailer: https://www.youtube.com/watch?v=fEYtyGCuTkQ
twitter: @squadholland_

Nic♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...