História A girl's diary. - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber
Personagens Hailey Baldwin, Justin Bieber
Tags Amor, Briga, Ódio
Visualizações 29
Palavras 775
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA NOITE E BOA LEITURA!! Leiam nas notas finais, fazendo um favor e obrigada!

Capítulo 53 - The death of the loved one.


Fanfic / Fanfiction A girl's diary. - Capítulo 53 - The death of the loved one.

Megan Cameron

Depois de sair no quarto de hospital do Justin, estava tendo ser forte, mas fui acolhida por um abraço do Geal, me soltei imediatamente dele. 

— Fique calma, só Deus sabe o que fará com ele. -  Ele engoliu o seco, assenti e começo a observar os tênis pretos de Nike dele. Ele estava lindo, de calça jeans azul escuro com uma camisa branca transparente que dava ver o abdômen trincado, um relógio de Lacoste preto que tinha dado para ele faz muito tempo no aniversário dele, não tinha reparado que ele ainda usava. 

— Geal. - Ele me encarou, respirei fundo e volto a encarar-lo. 

— Você precisa se resolver com Jus, se não ele morrerá com ódio de você. - Ao dizer " ele morrerá " me doeu tanto, mas precisei de dizer, pois nunca sabe né? E o Geal assentiu e disse que vai depois. Fiquei quieta, pelo menos ele aceitou. Ele compreende tão bem. Depois de "despedir" dele, mas o Ryan está com muitas esperanças de que o Justin possa acordar, pois eu não sei, porque já perdi ao ver ele desse estado greve.

Ficamos colaborando com refrigerante, já que não podia trazer as bebidas alcoólicas por causa da regra do hospital, mas compreendemos, só a Kate não, lamentou, mas logo pediu as desculpas para o bebê dela na barriga, foi engraçado ao ver essa cena. Eu fiquei conversando com Lara, não gosto muito dela por fazer o Justin me trair, mas pelo que estou vendo que ela gosta tanto de Justin, até agora ainda está chorando por ele, então entendo como é amar pessoa e ao saber iria perder como perdi a minha amada vó. Que saudades dela.

Enfim, Lara ficava comentando como foi a vida dela na Europa, pois eu lhe perguntei, queria fazer ela parar de chorar, porém, não suporto ao escutar o choro, é irritante, mas outro lado e queria lhe ajudar. 

— Na Europa é muito lindo, lá tem um pais que não lembro o nome, tem um fonte de cerveja se acredita? 

— Uau, quero conhecer por lá. - Dou a resposta, e bebo minha refrigerante. A boca vermelha dela ia abrir para falar algo, mas corto-la ao me virar e ver os médicos e as enfermeiras correndo na direção do quarto de Justin, meu coração começou a acelerar já sabendo o que acontecerá depois, então me preparo com a notícia que vem.

E me aproximo do Geal, ele me abraça no pescoço e me deposita um beijo na minha bochecha como fosse isso me acalmará, sorrio com ação carinhoso dele. E o Doutor Jensen aproximou pro pais de Justin, e disse com voz baixa que não dava para escutar, estávamos distante dos pais dele. Mas vimos uma cena. Mãe dela começou a chorar no ombro do pai Jeremy que segurava as lágrimas, agradecendo o Doutor. 

Ryan ao ver essa cena, já percebeu que Justin havia ido, caiu nos joelhos e desabou entre as muitas lágrimas. Perder alguém não é fácil, e também mesmo sabendo que a vida acaba, a gente nunca está pronto pra perder um amigo querido. 

— JUSTIN, EU TE PROMETI QUE VOCÊ IRIA VER NOSSO BEBÊ E SERÁ NOSSO PADRINHO PORRA MEU BROTHER! - Ryan gritava com cabeça no chão, chorava tão alto e está lixando para hospital que precisa do silêncio. Kate também chorava, por que doía muito ao ver marido dela assim. Ela foi consolar ele, e ficou no tamanho dele. 

— Amor, ele verá. Ele está aqui. - Apontou pro coração dele e o mesmo continuava derrubava as lágrimas fortes. 

— Mas ele é meu melhor amigo, queria morrer com ele!!! - Se lamentava, e nós estávamos vendo a cena com lágrimas nos olhos, estamos sem reação. Lara já tinha ido pro outro quarto, pois desmaiou, não aguentou muita emoção ao saber o falecimento. Estamos muito mal ao perder o Justin. Meu coração está doendo muito, eu irei sentir muita falta dele. Um dia depois, fomos no velório, jogamos uns flores na caixão dourado dele. E ele finalmente foi encerrado com muito amor por a gente, os amigos. 

Justin Bieber

 01 de Março de 1994

✝ 01 de Janeiro de 2018

" Não existe partida para aqueles que permanecerão eternamente em nossos corações. "

Gostei bastante dessa frase escolhida pela Lara, concordo disso. E o funeral foi terminado e o Ryan não foi, o mesmo disse que não queria ver se não iria piorar os choros então vai vir aqui no outro dia. Eu entendo como é, pois, no começo não queria ir ver minha vó, mas precisei ir para poder fazer uma homenagem dele. Duas pessoas especais demais estão no meu coração. 

 


Notas Finais


Eu sei que desse capitulo não houve muita drama, por que estive sem criatividade, me perdoa!! Enfim, queria dizer uma coisa, partir de agora, outros capítulos terá narração de cada um, com depois da morte do Justin tá bem ? Então esse foi mais ou menos final do capitulo desse fanfic. Obrigada, beijos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...