História A Good day to Die (2° temporada) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Creepypastas, Filhos Dos Creepypasta, Hentai, Yaoi, Yuri
Exibições 50
Palavras 351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 2 - "Não vejo hora de comer os Waffles dele!"


{6 anos depois}

Pov.Izumi on


Já é final de Agosto, logo começará as aulas.


Suspirei. 


Guardei o livro na prateleira e sai da Biblioteca da mansão. 

Lá, é um lugar calmo, já que não vai quase ninguém. 


Fui em direção a cozinha, peguei um par de pão de forma e manteiga de amendoim. 

Passei no pão e comi.

Logo eu ouvi alguém abrindo a porta que dá ao jardim. 

Olhei para a mesma, era Jared, Laito e Dean, Sujos de lama. 


-Credo, vocês são piores que crianças. -Falei séria olhando para eles.

-Você é muito fresca Izumi, tem de parar com isso, Brincar com lama e água é a melhor coisa do mundo. -Jared disse em tom de deboche. 


Bufei. 


-Não é questão de ser fresca Jared, é questão de que, vocês podem ficar doentes com tudo isso, e podem espalhar germes pela mansão inteira. -Falei olhando-o com raiva. 

-Besteira.-Disse Dean.


Dei de ombros e continuei a comer meu pão.

Eles foram diretamente para a Sala, Garotos. 


Terminei de comer e sai da cozinha, Logo subindo as escadas, no meio dela encontrei com Charlie, Abri um enorme sorriso. 


-Charlie! -gritei, o mesmo sorriu e me deu um abraço.-Graças a Zalgo você saiu da Enfermaria!

---


Ficamos no Jardim conversando, até que Charlie entrou em um assunto interessante. 


-Izumi, é normal gostar de um garoto? -Perguntou Charlie. 


Eu assenti.


-Claro que é normal, se você a ama, você pode ficar com qualquer pessoa.-Falei,Eu apoio bastante isso e não vejo nada de errado, se as pessoas se amam, podem ficar com quem quiser.

-É que eu meio que gosto de um...garoto...-Charlie falou.

-Sério? Conte-me quem é, por favor! -Falei. 

-Ele não é da mansão, é um garoto da nossa escola. -Falou. 

-Bem, só não o deixe descobrir sobre nós e o que fazemos, Só no momento certo, que achar que ele é de confiança. -Sorri para ele. 

-Sim!-Ele sorriu confiante para mim. 

-Charlie!-Chamei. -Vai sair para matar conosco? -Pergunto.

-Vou, meu pai vai me obrigar dessa vez. -Disse com tédio. 

-Seu pai é um chato! -Falei rindo. -Falando nisso, meu pai vai voltar da missão hoje! -Falei sorrindo.-Não vejo a hora de comer os Waffles dele! 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...