História A Gravidade do Problema - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Baby Destiel, Castiel, Comedia, Dean Winchester, Destiel, Fluffy, Mpreg, Romance, Sam Winchester, Sintomas, Supernatural
Exibições 280
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Slash, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey 0/

Não, eu não morri gentey, só to numa fossa que nem Jesus me tira de lá --'

Mas é claro que eu não podia deixar de postar mesmo assim, apesar da demora dos infernos. Prometo que quando passar dezembro a fic não para nem com obra de satanás, embora eu quisesse terminar a fic antes do fim do ano.

Enfim, espero que gostem sweets, eu particularmente adorei escrever esse capítulo ^-^

Vejo vocês lá embaixo; boa leitura, mishamores ~<3

Capítulo 24 - 22 semanas


Destiel X

— 22 semanas —

Destiel X

Levantando o conjuntinho rosa que fazia par com o conjuntinho azul e um par igual em amarelo e verde, Dean e Gabriel franziam o cenho tentando decidir qual roupinha levar. Logo atrás, praticamente jogados sobre as cadeiras de espera da loja Sam e Castiel esperavam pelos dois completamente entediados, seus braços quase caindo do corpo depois de horas e mais horas andando de loja em loja carregando dezenas de sacolas de roupas cada um.

Tudo havia começado quando Dean acordou de manhã e percebeu que nenhuma de suas roupas servia mais nele. Após uma crise particularmente histérica do loiro onde Castiel quase ficou surdo com seus gritos e Sammy escapou de raspão de mais um sapato voador, todos concordaram que o melhor a se fazer seria sair e comprar algumas poucas roupas que coubessem em Dean até o final da gestação.

Bem, esse era o plano antes de Gabriel se oferecer para ir junto, para o completo desespero de Sam.

— O que você acha Cas? – Dean perguntou depois de discutir com Gabriel por bons minutos.

O moreno mal encarou as peças de roupa que o namorado lhe mostrava, mais do que cansado de tudo aquilo.

— São todas bonitas. – respondeu como das outras dezenas de vezes que o caçador pediu sua opinião.

Dean revirou os olhos ante a resposta.

— Tô perguntando qual você gostou mais, idiota! – retrucou – Azul e rosa ou amarelo e verde?

Suspirando o moreno enfim olhou para as roupas, seriamente pensando em qual ele imaginava que ficaria bem em seus bebês.

— Hm... Amarelo e verde.

— Ótimo. – o loiro abriu um sorriso enorme, se virando para a atendente logo em seguida – Eu vou levar o azul e o rosa.

Castiel entreabriu os lábios indignado ao ouvir, seu rosto se transformando em uma carranca frustrada, principalmente ao ouvir a gargalhada de Sam sentado ao seu lado e ver o sorriso zombeteiro que Gabriel lhe lançava.

— Não entendo por que pediu minha opinião se não pretendia usá-la. – o anjo reclamou.

Pegando a sacola de compras na mão Dean sorriu inocentemente para o namorado.

— Mas eu usei.

O moreno franziu o cenho confuso.

— Digamos que o seu senso de moda é um guia infalível Cassie. – Gabriel se intrometeu, ele mesmo pegando mais duas sacolas de compras.

A carranca de confusão de Cas se aprofundou ainda mais enquanto ele encarava o irmão e o namorado interrogativamente. Sammy, que já havia entendido o argumento de Dean e Gabe apenas ria ainda mais.

— Eu não entendo. – Cas declarou por fim.

— Sem querer ofender Cas, mas você não é muito bom com moda. – Dean respondeu cuidadosamente.

Mas a confusão continuava estampada no rosto do anjo, fazendo Gabriel bufar sem paciência enquanto respondia sem nenhuma delicadeza.

— Você é um completo desastre, uma catástrofe total com moda humana, maninho.

E então a ficha finalmente caiu para o pobre anjo que, com uma expressão magoada deixava os ombros cair fitando a Dean e Gabe com seu olhar típico de anjo sem dono.

— O que há de errado com meus gostos?

Balançando a cabeça Dean se aproximou alguns passos até estar frente a frente para o namorado, selando castamente seus lábios e o abraçando o melhor que podia com a barriga já grande meio encoberta pelo enorme moletom que fazia ainda mais volume.

— Sério Cas, você não quer saber a resposta. – Dean comentou.

Com um enorme bico nos lábios o moreno apenas fitou o namorado inconformado, claramente ainda chateado com a situação mesmo quando o caçador o arrastou para a próxima loja, jogando as sacolas recém compradas em seus braços e tagarelando sobre a loja de berços que havia acabado de avistar.

Ainda se recuperando da crise de risos Sammy olhou ao redor procurando pelo irmão e o anjo, tendo a infelicidade de ver Gabriel o encarando com as sobrancelhas arqueadas e um sorriso malicioso nos lábios.

— Hey Candyman.

Sam engoliu em seco, o riso morrendo totalmente em sua garganta e um instinto protetor o mandando correr como um louco para fora da loja tal qual vinha fazendo toda vez que ficava sozinho no mesmo espaço que Gabriel. Mas então havia as malditas sacolas de compras de Dean que o impediriam de correr como gostaria.

— E-eu vou indo. – gaguejou, se ajeitando para sair rapidamente.

O arcanjo foi mais ágil, no entanto, chegando à porta de saída mais rápido que o caçador e parando na sua frente de modo a impedir sua saída.

— Não pode fugir 'pra sempre, Sammy boy; – e então piscou atrevido, mordendo os lábios sugestivamente – uma hora vai ter que pagar a aposta, mais cedo ou mais tarde, e saiba que eu vou cobrar com juros a demora.

Piscando mais uma vez Gabriel apenas jogou mais sacolas de compras sobre o moreno, quase o derrubando com o numero absurdo de coisas que carregava e corando feito um tomate ao sentir uma mão alisando sorrateiramente sua bunda antes que o arcanjo desaparecesse em um piscar de olhos.

Mas que diabos?!

...


Notas Finais


Não sei com quem eu fiz mais maldade, se foi com o Cas ou com o Sammy hehuehueh ^-^
Mas esse Sammy boy bem que podia parar de docelândia no cu e agarrar logo o Gabyzinho, né non? >//<

E claro que tinha que ter o momento dos daddys comprando as coisinhas dos bebês, afinal, tamo chegando no sexto mês de gravidez povo, dá pra acreditar que faltam só quatro meses pra essas fofurinhas nascerem?! O tempo ta voando!!

Tomara que vocês tenham gostado seus lindos, saibam que eu amo os coments divosos de vocês, mas até agora não consegui responder todos (essa semana tá infernal e mal começou), então peço que comentem mesmo assim por que eu vou responder, É SERIO, EU JURO <3 <3 <3
Saber que vocês tão gostando tanto da fic é meu consolo nesse mês :)

Até a próxima, sweets 0/
Beijackles e Padakisses, honeys! S2

P.S. Vou tentar não demorar a postar ;)
P.S2 - AMO VOCÊS <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...