História A Guerra dos 20 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 1.549
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Que os Jogos Comecem


Lucca estava procurando Kate em meio à multidão composta por vinte mil pessoas. Ela estava ao seu lado antes de todas aquelas pessoas desconhecidas chegarem à arena. Corria os olhos por todas as direções, Lucca estava preocupado, logo os doze sábios explicariam como seria o jogo e ele não conseguia encontra-la em lugar algum. Um arrepio percorreu sua espinha ao ver todas aquelas quantidades de ovos de dragões enfileirados.

—Cada um de vocês receberão um ovo de dragão e uma chave mágica. —Eliezer, o sábio número dois começou as explicações.

Eliezer era o mais velho dos doze sábios, seus cabelos eram negros, longos e grisalhos, possuía estatura média, sua pele era bronzeada e seus olhos eram azuis.

Lucca ouvira atentamente as palavras de Eliezer e então se lembrou de como havia parado ali, no meio daquela arena com milhares de pessoas estranhas. Na noite anterior a sábia número sete havia aparecido em sua casa convocando-o a aparecer na arena central de Magicae no dia seguinte. O informou sobre o jogo, mas não perguntou sua opinião sobre ele. O jogo aconteceria com ou sem a vontade de Lucca e ele estaria correndo perigo caso negasse jogá-lo. Não foi a melhor notícia de sua noite, mas ali estava ele agora ouvindo as regras e informações do jogo que lhe cabiam.

—O dragão será sua arma principal, mas vocês também poderão usar armas. —Otto, o sábio número um continuou.

Otto aparentava ter mais ou menos uns trinta anos de idade, embora Lucca soubesse que todos os sábios eram realmente velhos, ele era bem alto, sua pele era pálida e seus olhos eram verdes, possuía pouco cabelo na cabeça, já que a mesma estava raspada.

O que Otto dizia não parecia fazer sentido algum para Lucca. Não pretendia sair por aí matando pessoas por uma coroa que ele nem ao menos queria possuir.

—A chave mágica funcionará como um portal, para que todos vocês possam cruzar os países rapidamente. Basta coloca-la em qualquer porta e imaginar o lugar de destino. —Zion, o sábio número quatro prosseguiu.

Zion era o que aparentava ser mais novo dentre os sábios, provavelmente gastava muita magia para permanecer com a aparência de um adolescente de 16 anos. Ele era alto para os padrões de um adolescente, seus olhos eram azuis, seu cabelo era ruivo e ele possuía algumas sardas no rosto.

Lucca começara a prestar bastante atenção em cada palavra que os sábios diziam. Sentiu uma mão puxar o seu braço, era Kate, sua amiga de infância, embora o garoto desejasse ser algo a mais.

—Lucca você viu os ovos de dragões enfileirados? —Ela perguntou entusiasmada.

Kate era baixinha, possuía logos cabelos, ela era morena e seus olhos eram cor de mel.

—Onde você estava?! —Lucca estava preocupado.

—Os ovos Lucca. Eu fui ver os ovos de dragões de pertinho. Você os viu ou não?!

—Sim eu os vi, agora temos que prestar atenção no que os sábios estão dizendo. —Lucca se manteve concentrado.

—Não tentem roubar os ovos dos outros jogadores afinal de contas, todos vocês receberão um. —Disse Lince, o sábio número três.

Lince era de estatura media, sua pele era negra e ele possuía mais músculos que a maiorias dos cavaleiros e mercenários, seu cabelo era do mesmo comprimento que o de Otto, seus olhos eram de um tom castanho claro e ele não sorria muito.

Lucca estava pensando nos motivos que levariam os jogadores a roubar os ovos de outro, já que todas as pessoas ali presentes ganhariam um

—Qualquer um que tentar usar mais de um dragão será enviado à Sine e entregue ao deus dragão. —Disse Ayla, a sábia número sete. —Ele mantém o continente sem magia, mas possui uma fome avassaladora.

Ela era alta para uma garota, seus cabelos eram loiros e enrolados, seus olhos eram puxados para o cinza e ela era irmã gêmea de Zion, revelando que o garoto deveria estar aparentando ter uns 25 anos de idade ao invés de 16.

Lucca pensou em como Ayla realmente conseguia ser assustadora toda vez que abria a boca para dizer algo. O jogo agora começava a lhe preocupar, não conhecia ninguém que estava naquela arena, além de Kate, a única pessoa que ele sabia que poderia confiar quando os sábios terminassem de explicar todas as regras e desse início à primeira etapa.

—Darei um conselho a todos vocês. Não confiem em ninguém que vocês conheciam antes do jogo, porque agora todos vocês são inimigos e estão aqui para alcançarem a coroa de Magicae. Isto não é uma brincadeira de criança! —Aconselhou Sibele, a sábia número cinco.

Sibele era alta e possuía a pele negra, seus cabelos eram castanhos, enrolados e longos, seus olhos eram verdes e sua aparência era de ter pelo menos uns 27 anos de idade.

Lucca discordava mentalmente com Sibele. Acreditava que as pessoas não mudariam apenas por estar em um jogo onde o único objetivo era matar para conseguir a coroa de todas as coroas.

—Vocês terão direito a apenas um ovo de dragão e este o escolherá. —Disse Zira, a sábia número oito.

Zira era de estatura média e aparentava estar na casa dos 30. Seus cabelos eram lisos, curtos e pretos, seus olhos eram castanhos quase indo para o vermelho, sua pele ela pálida e suas bochechas eram naturalmente coradas.

Lucca estava tentando entender o que Zira estava querendo dizer com “e este o escolherá”, como ele saberia qual dos milhares de ovos de dragão o escolheria.

—Como saberemos qual dragão está nos escolhendo? —Perguntou Kate sussurrando.

—Não faço ideia, mas cedo ou tarde descobriremos Kate. —Lucca respondeu e em seguida voltou a prestar atenção no que a próxima sábia diria.

—A primeira etapa de todos vocês será encontrar uma maneira de eclodir o seu ovo de dragão. Parece uma tarefa fácil, mas não é. —Disse Marjorie, a sábia número doze.

Marjorie aparentava ter uns 40 anos de idade. Seus cabelos estavam cobertos por um gorro preto, semelhante aos que as bruxas usavam, seus olhos eram azuis quase preto, sua pele era bronzeada e ela também possuía estatura média.

Lucca ficou preocupado com a primeira etapa, nem sequer sabia qual ovo o escolheria. Mas o que era realmente preocupante era o fato de Marjorie ter dito que não seria uma tarefa fácil eclodir o ovo de dragão.

—Vocês só conseguirão eclodir o ovo quando provarem ao seu dragão que realmente o merece, todos vocês irão descobrir como fazer isso quando a hora chegar. —Anabel, a sábia número seis, prosseguiu com as explicações.

Anabel era baixinha e meiga, ela aparentava ter no mínimo uns 19 anos. Seus cabelos eram pouco acima do ombro, eram lisos, porém nas pontas alguns cachos se formavam. Seus olhos eram pretos e sua pele era branca.

—Como vamos fazer os dragões perceberem que somos dignos?! —Lucca pensou alto.

—Disse alguma coisa? —Kate perguntou.

—Não. Não disse nada. —Respondendo isso, voltou a prestar atenção nos sábios.

—Lembrem-se de que enquanto está perdendo tempo para descobrir como eclodir o seu ovo, outros jogadores já podem ter conseguido passar desta etapa e estar à sua espreita. —Disse o sábio número onze, Serafim.

Serafim aparentava ter uns 40 anos de idade. Ele era de estatura media. Sua pele era bronzeada e seus cabelos eram loiros e enrolados acima do ombro. Um de seus olhos era azul e o outro era vermelho, ele também possuía músculos e em seu rosto havia uma longa cicatriz que começava no maxilar esquerdo e se estendia ate o início da sobrancelha esquerda, a cicatriz explicava claramente a diferença em seus olhos.

Lucca engoliu em seco.

—O jogo está prestes a começar, então encontrem os seus dragões rapidamente. Assim que encontrarem o seu ovo, vocês serão enviados para o habitat natural dele. —Vince, o sábio número nove disse.

Vince era baixo comparado aos outros homens sábios. Sua cabeça estava escondida sob um capuz preto. Seus olhos eram castanhos e sua pele era negra.

Lucca observou novamente a fileira de milhares de ovos. Alguns ovos eram únicos, mas alguns eram da mesma espécie. Um dos ovos estava brilhando, como se tivesse uma chama de fogo dentro dele.

—Ei, Kate. O que você vê naquele ovo ali. —Lucca apontou com o dedo.

—É um ovo do dragão vermelho, mas e daí? Parece um ovo como qualquer outro. —Kate respondeu e voltou a prestar atenção no que os sábios falavam.

Lucca já tinha entendido o que Zira estava querendo dizer com “e este o escolherá”, aquele ovo de dragão o estava escolhendo naquele momento, dentre todas as 20 mil pessoas ali presente.

—Se tiverem alguma dúvida basta usar a chave para nos contatarem, às vezes nós mesmo os contataremos. Então sem mais delongas que os jogos comecem. —Disse a sábia número dez, Maia.

Maia era de estatura média, mas seu rosto era um completo mistério, ela usava um tipo de magia que impedia qualquer pessoa que não fosse sábio de enxergar a sua face.

Todas as 20 mil pessoas correram em direção aos ovos, não havia organização, só um monte de pessoas desesperadas para pegarem os melhores ovos de dragão. Lucca estava espantado e sem reação, não sabia o que devia fazer.

—O que fazemos agora? —Perguntou para Kate.

—Venha, vamos pegar o ovo que nos escolher. —Kate correu em direção aos ovos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...