História A guerra sem fim (camren GP!) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Angelina Jolie, Ariana Grande, Austin Mahone, Becky G, Bella Thorne, Beyoncé, Bradley Cooper, Camila Cabello, Candice Accola, Cara Delevingne, Chloë Grace Moretz, Daniel Gillies, Demi Lovato, Dove Cameron, Dulce María, Elizabeth Gillies, Emma Stone, Emma Watson, Fifth Harmony, Filipe Ret, Justin Bieber, Nina Dobrev, Paul Wesley, Sabrina Carpenter, Selena Gomez, Shawn Mendes, Simon Cowell
Personagens Ally Brooke, Angelina Jolie, Ariana Grande, Austin Mahone, Becky G, Bella Thorne, Beyoncé, Bradley Cooper, Camila Cabello, Candice Accola, Cara Delevingne, Chloë Grace Moretz, Dallas Lovato, Daniel Gillies, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Dove Cameron, Dulce Maria, Elizabeth Gillies, Emma Stone, Emma Watson, Jaxon Bieber, Jay-Z, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Nina Dobrev, Normani Hamilton, Paul Wesley, Personagens Originais, Sabrina Carpenter, Selena Gomez, Shawn Mendes, Simon Cowell
Tags Camren
Visualizações 338
Palavras 851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Vamos encontra-la


(Lucy on)

É tão bom estar de volta, me sinto tão bem no meu planeta, sendo eu mesma, foi tão bom ver a Dinah que estava linda, na verdade ela sempre foi, mas a única que me encanta nesse lugar é a Vero, a mulher que eu mais amo nessa vida eu sou apaixonada por ela desde o colegial, mas ela sempre me viu como uma amiga, a menina responsável que odiava se arriscar, agora que voltei como a melhor rastreadora que já existiu. Eu tinha acabado que achar e matar um criminoso procurado por toda área da galáxia ômega, e eu o achei apenas sentindo o seu cheiro, e o tempo que levei foi pelo menos 2 dias. 


Foi depois que voltei dessa missão que a Vero me ligou dizendo que a Lauren precisava de mim. No momento em que pisei aqui me surpreendi por que tudo estava mudado, o ar continuava puro, mas estava sombrio, como se uma coisa ruim estivesse rondando esse local. espantei meus pensamentos é claro, mas não pude deixar de me espantar quando vi as pessoas que moram aqui, achei que com a Lauren como rainha as coisas melhorariam, mas parece que pioraram.


Assim que vi a Lauren, meu coração quase parou, ela está tão diferente, primeiramente ela tem muito poder, realmente ela está muito poderosa só de estar perto dela eu senti seu poder e o tamanho, não parece a Lauren que eu conhecia, eu sai daqui um ano antes de ela virar rainha ela não sabia nem controlará a emoções, mas agora em minha frente eu vejo uma Lauren com autoridade na voz, seus olhos não transmitem mais sentimentos como antes, não tem mais alegria, agora eu só vejo ódio e um vazio, não a Lauren que eu conheço.

-Te chamei aqui por que soube que você é uma ótima rastreadora, estou certa?

Ela disse com um sorrizinho debochado, Lauren era debochada,mas de um jeito único, agora parece ela faz isso simplesmente pelo prazer de ver a desgraça dos outros.

-Certíssima, mas o que quer que eu faça ou melhor, quem quer que eu procure?

eu perguntei e ela se sentou atrás de sua grande mesa de aso, isso é muito estranho, vela desse jeito.

-O nome dela é Camila Cabello e ela é filha da Victoria...

antes que ela pudesse terminar, eu me lembrei da victoria, na verdade todos sabiam sobre o que aconteceu com essa mulher, o que ela  fez e que ela era, ou por que foi morta.

-A filha de Victoria? eu não sabia que ela tinha uma filha.

Ela apenas sorriu.

-Agora sabe, bom essa menina se infiltrou aqui, bem debaixo do meu nariz, e fugiu poucos segundos antes de eu descobrir quem ela era, eu quero que você a traga para mim sem nenhum arranhão.

o que a Lauren quer com essa garota, bom ela matou todos dessa família, mas o que quer com a garota, e por que quer a menina viva.

-Posso fazer isso,  mas preciso de algo que seja dela, sei lá, alguma coisa que ela teve contato ou alguém? preciso saber sobre ela, não quem é, mas o seu jeito, o modo como fica, como ela irá agir se se sentir encurralada.

Ela apenas assentiu. 

-Ela tinha duas amigas aqui, e teve um certo contato com a Dinah, e com a Vero, eu sei que elas moravam na casa dela...

-Pois vou começar o quanto antes.

Ela se levantou.

-É bom mesmo.

Ela disse friamente, essa não é a Lauren, não a que eu conheço.

-Eu vou sair agora Lauren, com licença.

-Só mais uma coisa, eu tenho um aliado que vai te dar informações...

Eu assenti eu sai, a uma coisa sobre mim é que eu gosto de começar o meu trabalho o mais cedo possível, começando com as amiguinhas, fui na casa de uma que se chamava Clarke,  toquei a campainha da grande casa e Uma loira linda atendeu, seus olhos eram azuis e ela estranhou eu bater na porta, parecia preocupada com algo, isso já é meio suspeito para mim.

-Posso ajudar em alguma coisa?

Ela disse, está a nervosa que isso é fato.

-Claro que pode, meu nome é Lucy Vives -ela pareceu entender quem eu era, pois ficou mais tensa do que já estava, sua respiração acelerou,  essa menina esconde algo -Eu procuro informações sobre Camila, creio que foram amigas, e que e ela enganou a todos.

-Sim, fomos amigas, antes de eu descobrir quem ela era, eu não sei nada sobre ela, ela era falsa o com a gente o tempo todo por fingir ser quem não é.

Ela disse, essa menina não está descendo, e quando eu não engulo alguém, é por que tem coisa no meio.

-Entendo, deve ter sido um choque para você descobrir que ela era uma procurada na verdade, a não ser que você já soubesse.

Ela engoliu seco.

-Foi mesmo um choque, mas lá no fundo eu desconfiava que ela escondia algo,  mas não imaginava que fosse algo tão terrível se é que me entende.

A menina é boa.

-Ela vinha muito aqui? 

Eu fiz um gesto para que ela me entendesse.

-Vinha, a gente ficava muito aqui.

Ela disse.

-Pode me mostrar o lugar aonde ela mais ficava na casa?

Ela ficou muito tensa agora...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...