História A Herdeira de Hutsking - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Drama, Originais, Romance
Visualizações 10
Palavras 1.376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eaeaeaeaeaeaeae!!!!!!!

Glr...eu tenho q organizar melhor os horários q eu escrevo essa coisas maravilindas que chamamos de Fanfic
Ent eu queria dize q agr vou TENTAR fazer as Fics e lançar elas de Segunda, Quarta, Sexta e Sábado ás 15:30
TALVEZ vcs estejam em um dia aleatório tipo Quinta e vejam q eu lancei um cap...mas eh pq eu quis, ou seja, fiquem atentos!

Além disso, Quarta e Sábado eu lanço "Senpai!" e Segunda e Sexta "A Herdeira de Hutsking"(msm q nn seja tao famosa)

(Obs.: Sábado pode atrasar um pouco por motivos desconhecidos, ir ao ar umas...4:30, talvez...?)

Ent eh como eu falei, vou TENTAR me organizar assim. Pq falo isso? Pq ainda tenho aula e pá, e meu pai eh meio rígido em questão de horário nos eletrônicos, ceis sabe como eh? Aí eu tenho q achar horários q ele nn ta em casa p nn dar treta

Blz, bora parar de enrolar e ir para mais um cap

~UmaOtakuSNocao

Capítulo 4 - Provando ser o que diz ser


Fanfic / Fanfiction A Herdeira de Hutsking - Capítulo 4 - Provando ser o que diz ser

Fiquei sentada naquele trono o suficiente para cair em uma armadilha de sonhos bizarros, meu cérebro não quiz me enganar dizendo que tudo não passava de um sonho, ao invés disso, ele criou um sonho onde eu lembrava de todas as coisas boas sobre minha mãe e minha irmã

-Ei...ei...princesas não agem assim!!!

- Para com isso! Você só tem 3 anos! Não pode dizer como uma princesa deve agir!

- Mas Livianne...! Manhê!

- O que houve!?

- Livianne não me deixa eu falar como uma princesa deve ser...

- Querida...- ela olha para mim- Livanne, sua princesa está errada!

- Mas mãe...

- Shhhh...ela está errada pois sua irmã que é a princesa, você é muito melhor que uma princesa...-ela sussurra em meu ouvido

- Sério? Eu sou o que?

- Uma guerreira...

Acordo com mais lágrimas escorrendo pelo meu rosto, olho para a grande porta de entrada, tinha uma pequena fresta aberta, e isso fazia com que uma briza fria entrasse, olho para meu braço, o corte foi profundo demais, eu preciso levar pontos, Bolt não fez isso, apenas enfaixou, por isso o curativo estava enxarcado de sangue, de branco passou para um vermelho forte, eu nem conseguia mexer o braço.

Ele tava demorando demais, então resolvi dar uma volta por aquele castelo gigante, quando fui me levantar, senti uma tontura e minha visão ficava turva, mas não desisti e dei um passos a frente

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Livianne andava pelos corredores compridos do castelo, se perdendo facilmente em fantasias que seu cérebro a fazia ter. Ela passava por várias portas, mas não tinha coragem de abrí-las, seria invasão

Após um tempo explorando, ela já não sabia mais como voltar, estava perdida

- Que merda...

Ela anda até um salão aberto e vê uma menina, ela dava golpes no ar com uma espada, ela usava um tipo de uniforme no qual Livianne não conseguia reconhecer, ela desce devagar até aquela garota, era uma menina loira e tinha grandes habilidades com a espada, mesmo que seu inimigo fosse o ar

Livianne só para de andar quando quase é acertada pela espada da menina, esta consegue segurar sua espada antes de chegar ao rosto de Liavianne

- O que está fazendo aqui? Quem é você?- a loira pergunta surpresa

- Eu...sou Livianne! Devo dizer que você é bem habilidosa...- Livianne fala com calma

- Sou Jamille, muito prazer Livianne!- ela estende a mão, quando Livianne ia apertar, Jamille coloca a espada contra seu pescoço- Agora...me fale, COMO ENTROU NO CASTELO, SUA LADRA HUMANA?

- Primeiramente, não sou uma ladra, sou apenas humana, o que voces tem contra humanos?- Livianne sente uma pontada em seu braço- Segundamente, estou apenas procurando a sala do trono, não quis te interromper...

- Sei...você vem comigo, irei falar com Huvsua sobre você, ratinha!- ela puxa Livianne pelo braço, apertando bem no local machucado

- A-ai! Me p-puxa por outro lugar!- quando Livianne fala isso Jamille aperta mais, fazendo Livianne sentir uma tontura terrível

Elas andam até uma porta preta fechada, que ficava em um corredor escuro, Jamille abre a porta em um empurrão

HUVSUA! TEM UMA HUMANA AQUI NO CAS- ela para de falar ao ver Bolt

- Jamille...?- ele se aproxima e puxa  Livianne pelo outro braço- Você está bem Livianne?

Ela olha para ele, que percebe que ela estava um pouco mais fraca, ainda perdia sangue, mesmo com o curativo

- Então Bolt, essa é a tal humana escolhida por Amélia para ser a princesa?- o senhor que estava sentado atrás de uma mesa pergunta

Bolt solta Livianne que cambaleia um pouco para o lado antes de ter equlíbrio para ficar em pé

- Sim...é ela mesmo...eu não disse? Ela não tem as curvas que uma princesa tem que ter!

- O-o que!? PARE DE SER PERVERTIDO!!!- Livianne grita ao mesmo tempo que Jamille

Elas se olham e dão um sorriso de lado

- Senhor Huvsua, o senhor deveria castigar Bolt por falar coisas assim!- Jamille fala com o senhor

- Hmmm...-ele olha para Livianne- Bolt tem total razão...ela realmente não tem curvas como Amélia tinha...

Livianne se surpreende e fica vermelha de raiva

- Eu acho isso um absurdo!- ela faz menção de sair mas Bolt a segura

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

- Isso é o julgamento de um sábio! Respeite-o!

- Não mesmo! Ele é só um tarado que só presta atenção nos peitos e na bunda de uma menina! Igual a você! 

O tal Senhor Huvsua me olha atentamente, ele se levanta lentamente e vem em minha direção

- Bonita ou não, só ha um jeito de descobrir...- ele sai da sala e Bolt me empurra para mim seguir o velho

Andamos até uma sala estranha, ela era fechada por algum tipo de tecnologia, na qual o Senhor Huvsua teve que colocar sua mão sobre um tipo de escanner para abrir a porta. Todos entramos, lá haviam cristais, mas todos estavam pretos e sem o brilho que deviam ter. Eu me aproximo de um, era o maior da sala, eu parecia ser atraída para ele, andava em passos lentos, ao chegar perto percebo que era a única que estava perto dele, todos os outros estavam perto da porta, eu recuo um pouco, mas sou novamente atraída para o cristal. Olho para ele novamente e estendo a mão para tocá-lo, quando toco, um brilho muito forte toma conta da sala, todos os cristais apagados agora se acendiam e brilhavam, unindo seus brilhos, era possível ver um desenho

- É o símbolo de Hutsking- diz Huvsua colocando a mão em meu ombro- Apenas a princesa pode disperta-lo

- O que significa...- Jamille começa

-...que você relamente é a escolhida- Bolt termina a frase

Eu olho para o cristal, minha mão ainda estava sobre ele, retirei minha mão, mas ele não se pagou

Huvsua começa a ir embora e eu o segui, quando saímos percebi que dentro daquela sala eu podia sentir uma energia forte, uma energia...estranha

Saímos da sala e eu senti uma forte tontura e fraqueza, caí de joelhos no chão e comecei a suar frio. Todos pararam e me olharam, tentei me levantar, mas o mundo parecia girar para mim

- Você...está bem?- perguntou Jamille

- E-eu não sei...- respondo

Bolt se aproxima de mim e fica na minha frente, ele coloca a mão em minha testa, e depois tira o curativo do meu braço, fazendo com que eu sinta sangue escorrer pelo meu braço

- Hm, é mais fundo do que eu pensei...- ele me pega novamente-...vou te apresentar seu novo quarto e lá daremos um jeito- ele se vira para os outros dois- Conversamos depois

Eles saem andando para um lado e eu e Bolt subimos as escadas, andamos por alguns corredores e chegamos em uma porta, ele abre com certa dificuldade e nós entramos. Era um quarto lindo, tinha o tamanho da minha antiga casa, tinha uma cama confortável e uma janela com um sofá, de lá, eu tinha a visão do reino. Ele me coloca no sofá e vai até a penteadeira

- Onde está...? Hahá! Achei!- ele vem em minha direção- Agulha, linha e álcool, agora vamos costurar isso...

Ele pega uma pedaço de pano e coloca álcool, passa em cima do machucado e eu dou um grito abafado de dor, depois de um tempo com o pano a dor passa

- Isso vai doer bastante, então não ouse gritar...- ele fala pegando a agulha e a linha

- O-ok...- eu digo com medo na voz

Ele começa a costurar, eu seguro, com a outra mão, minha boca para não gritar, ele perfurava minha carne, e isso doia muito, depois de 5 pontos ele parou

- Pronto...agora deite alí e descance, venho com remédios mais tarde- ele fala saindo do quarto

Achei que não ia dormir mais, de tanto que tinha desmaiado naquele dia, mas quando botei a cabeça no travesseiro da cama, caí em um sono pesado e longo

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

LONGE DALÍ

- Voltamos!- homens de ternos pretos se reuníram em um local isolado da sociedade

- Certo...- uma pessoa que sentava em um "trono" diz- Mas onde está o 0500?

- Bem...eu acho que ele foi abatido...- um dos homens fala

- Abatido? Por quem?- a pessoa diz surpresa

- Sensores indicam que a energia veio...- um homem fala mas é interrompido

- De Hutsking. Quer dizer que ele havia achado a princesa Amélia, mas foi morto por um de seus agentes?

- Sim, vosso mestre!- todos os homens falam ao mesmo tempo

- Então vão até lá e descubram onde ela está!- a pessoa fala dando uma ordem

Mal sabia ela, que Amélia havia morrido e deixado o trono para uma humana


Notas Finais


Comentem para mimmmmmmm!!!!!!
Pleaseeees😇😇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...