História A High School Sweetheart - Repostada. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Sope, Taekook, Yoonseok
Exibições 403
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, peço para que leiam isso, pois é muitíssimo importante, principalmente, para mim.
Como muitos de vocês que acompanharam a história original, estavam bastante cientes do quão insatisfeita eu estava com o resultado da fanfic, porém, vocês a receberam com demasiado carinho, que nada mais justo, em agradecer-lhes por isto.
O capítulo já está editado, e eu me sinto completamente satisfeita com este.
Muitos de vocês sabiam que eu andava, e ainda ando tendo muitos problemas em minha vida, e agradeço com imenso prazer a vocês, que me mandaram e até hoje mandam mensagens de carinho e apoio, como também perguntam como estou. Vocês não sabem o quanto isso aquece meu coração!
Por diversas vezes, cogitei a possibilidade de exclui-la, contudo, muitos de vocês mostraram-me que não era isso o que queriam, portanto, eu decidi reescrever ela, de uma maneira que agrade a mim, e que faça, ou pelo menos, preencha o coração de vocês.
Obrigado a todos os favoritos, as mensagens de carinho, aos comentários e, principalmente, por não desistirem de mim.
Trouxe-lhes uma história mais detalhada e bem desenvolvida também, e realmente espero alcançar meus objetivos com esta nova adaptação.
Lembrem-se, muitas coisas estarão diferentes, porém, o principal ainda é o colégio.
Não esqueçam, nunca deixem de acreditar em felizes para sempre, em contos de fadas, em amor, em final feliz, e principalmente, nunca esqueçam de correr atrás dos sonhos de vocês. Além do mais, este é meu objetivo neste site.
Com vocês, o otp cheiroso!
Tenham uma boa leitura!

Capítulo 1 - Chapter One


 

12 de março de 1999.

 

O pálido de cabelos negros encontrava-se no parque com seu pequeno caderno em mãos enquanto observava hora ou outra as crianças brincarem entre elas pelo gramado do local. Estava sentado em baixo da grande árvore, fazendo alguns desenhos em um pedaço de papel.

Min Yoongi sempre fora um menino deveras inteligente e tímido, ao mesmo tempo em que era sozinho. Nem mesmo na escolinha fazia questão de fazer amizades. Preocupava-se em sentar-se em sua classe quietinho, fazer seus devidos deveres, e por fim, esperar sua mamãe no pátio da escolinha. 
 O que não esperava, era que tudo passasse a mudar naquela tarde, onde ocorria o tão vangloriado pôr-do-sol. 

Estava tão distraído e distante, em seu próprio mundo, acrescentando mais alguns detalhes em seus desenhos, sendo eles um imenso céu, pássaros, e um grande rio, que sequer notou o pequeno corpo sentando de forma desengonçada ao seu lado.

O pequeno sorridente que agora encontrava-se ao seu lado, estava completamente encantado ao ver o pálido e seus desenhos, que sequer lembrou de pedir permissão para juntar-se a si em baixo da grande árvore. O sorriso largo em seus  finos lábios e os pequenos furinhos em suas bochechas faziam presença no momento.

Yoongi acabara por tomar um susto demasiadamente imenso quando notara que havia um garotinho que aparentava ter sua idade, junto de si, no lugar que julgava ser apenas o seu cantinho, oras, estava sempre só naquele local, que para si, tornara-se sua propriedade.

Onde estava com a cabeça, que não percebeu o outro se aproximar?

O pequeno de cabelos castanhos lhe olhou com os olhos arregalados por ter sido pego de surpresa lhe flagrando, mas apenas aumentou o sorriso nos lábios. Estendeu-lhe a mão, mostrando a florzinha que havia nela e Yoongi fitou-lhe curioso. 

— Você sabe desenhar essa florzinha? — Perguntou o garotinho acanhado.

— Sei.

— Eu sou Hoseok, Jung Hoseok! E você?

— Min Yoongi.— E pela primeira vez, permitiu-se a sorrir para o pequeno -mais novo- amigo.

— Quantos anos você tem? — Perguntou-lhe animado. O pequeno Min direcionou-lhe as pequenas mãozinhas para o outro, indicando seus curtos seis anos, recebendo um olhar surpreso. — Oh, eu tenho cinco. Você é meu Hyung! 

— Sim, sou seu Hyung! — E pela primeira vez, o pálido permitiu-se a sorrir para o garotinho ao seu lado.

— Você desenharia a florzinha para mim? — O mais novo pedira, e então Yoongi viu-se encantado com as íris negras e brilhantes do menor. Não tardou em assentir e deixar o sorriso tomar conta de seu rosto ao prestar atenção às covinhas que o menor possuira. — Você é o melhor Hyung de todos!

A partir deste dia, aquela árvore tornou-se o refúgio de ambos meninos, não apenas do pequeno Min. Todos os dias era frequentada pelos mesmos, e quando não fosse a árvore, era a casa de um dos menores.

Com o passar dos anos, a amizade ficara cada vez mais forte, e os pequenos garotinhos, cada vez mais unidos, fazendo apenas coisas juntos. Passaram a dormir um na casa do outro, brincar a tarde inteira, inventar jogos novos, tomar banho de chuva juntos, e até mesmo visitar e cuidar um ao outro quando um dos dois acabava por pegar um resfriado após os banhos na chuva.

Porém, quando ambos já possuíam dez e onze anos, tudo passa a mudar, após o pai de Hoseok ganhar uma promoção em seu trabalho, subindo de cargo e, consequentemente, tendo que mudar de cidade com a família, o que acabara incluindo o pequenino Jung.

Os dois meninos não tardaram em aproveitar o pouco tempo que lhes restara, sendo este, apenas uma semana. Jogavam vídeo-game, passavam pelo parque, saiam para tomar sorvete, a faziam até guerra de travesseiros. O tempo passara tão rápido, que aparentava estar disposto a separar ambos garotinhos sonhadores.

Quando deram conta, já era o último dia de Hoseok na cidade, então optará por dormir na casa de Yoongi. Passaram a manhã fazendo maratonas de filmes e desenhos infantis que ambos gostavam e comendo diversas besteiras que a mãe do mais velho lhes entregava. E quando a noite chegara, deitaram um ao lado do outro, ignorando completamente a caminha feita para Hoseok no chão, apenas olhando para o teto enquanto o silêncio melancólico dominava o local. Mas não era um silêncio desconfortável, da mesma forma que não era um silêncio bom. Contudo, era bom apenas escutarem a respiração um do outro, presos em um mundo conhecido apenas pelos dois.

O que ambos não sabiam, era que, naquela noite demasiada triste e completamente envolvida a melancolia, uma promessa mudaria tudo em suas vidas.

 

— Yoon Hyung, nós vamos nos ver de novo? — Perguntou o menor.

— Claro que sim, Hobi. — Yoongi virou-se para o garotinho acanhado que lhe fitava com um olhar tristonho. — Vamos, me dê sua mão. — O menor fizera o que foi pedido, e pode ver seu Hyung tirar de seu pulso, a sua linda e favorita pulseira preta de couro, a qual possuira um pequeno “Y” desenhado em si. Colocou a pulseirinha no pulso do outro, e sorriu sem mostrar os dentes para o outro. — Sempre que sentir saudades, olhe para ela e lembre-se de mim. Você fará isso?

— Farei. — Disse retirando sua correntinha dourada com pingente de lua e estendendo em direção ao mais velho, que fitou-lhe esperando dizer algo. — E se você sentir saudades também, aperte meu pingente e lembre de mim.

— Eu farei isso. — Ambos permaneceram em silêncio, apenas fitando um ao outro, até o menor decidir quebrar o silêncio.

— Hyung, se eu não voltar, você promete ir atrás de mim e me buscar?

— Hobi, mesmo que você volte, eu irei atrás de você, nem que para isso eu precise dar a volta do mundo. Eu prometo. — Sorriu para o menor, que também sorriu para si, e em seguida limpou a lágrima que escorria do olhinho do pequeno amigo.

E assim, ambos dormiram, sentindo e compartilhando o vazio nos pequenos coraçõezinhos. Porém, aquecidos com o amor que davam um ao outro, principalmente, por estarem abraçados e de mãozinhas dadas.

Ninguém duvidara, e nem mesmo o destino, que poderia pregar peças na vida de ambos, mas que jamais conseguiria separar o caminho que juntos construíram. Eram crianças, contudo, eram sonhadoras. O amor, nada mais era, do que verdadeiro, e os dois estavam cientes disso, mesmo sendo, apenas duas pequenas crianças.

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, de coração. Obrigado a quem leu, e quaisquer dúvidas, deixe nos comentários que responderei!
A atualização não demorará a vir, então fiquem de olho, e o mais importante, fiquem bem. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...