História A história de Taehyung - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 24
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Mistério, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas pegaveis,
Queria ter algo pra dizer mais não tenho então se divirtam com o cap de hoje.

Capítulo 9 - Apenas uma ligação ou um pedido de socorro


Fanfic / Fanfiction A história de Taehyung - Capítulo 9 - Apenas uma ligação ou um pedido de socorro

O final de semana passou voando e apesar de achar que as coisas se tornariam estranhas entre Jungkook e eu acabei me surpreendendo, pois pareceu que nada havia acontecido ou ele realmente estava se esforçando para não demonstrar que estava chateado pelo que sentia por mim. Estava me organizando para meu primeiro dia na empresa de meu pai e sabia que teria que investigar direito sobre minha mãe, logo teria que me tornar um infiltrado dentro da empresa de meu pai. Coloquei meu terno e fui de taxi para não levantar suspeitas sobre meu relacionamento familiar com o diretor, ao chegar na empresa olhei ao redor avaliando aquele horrendo ambiente, aquele local transmitiam as mesmas vibrações de meu pai e isso fazia meu estomago revirar.

Ao entrar logo as recepcionistas me identificaram como sendo um dos estagiários e me mandaram ao setor de gerenciamento, após me localizar na enorme empresa me coloquei nos eixos ate que chegasse a meu destino, entretanto eu não esperava que meu irmão estaria recepcionando os novatos e muito menos que um dos novatos era Yoongi. Todos estavam me encarando e pareciam que era o ultimo que faltava chegar.

- Desculpa me perdi. – disse me curvando.

- Bem, vou lhes apresentar o futuro chefe de nossa agencia Namjoon – apontou para meu irmão – geralmente ele esta sempre ocupado pra recepcionar os novatos, mas na minoria das vezes ele faz questão de conhecer seus futuros empregados, então não se sintam tão especiais.

Namjoon se aproximou para falar e olhou para todos os cinco estagiários e depois para mim.

- Sejam bem vindos, podemos não ter o mesmo DNA e nem sermos parentes, mas podem sempre contar comigo e com o seus superiores para qualquer coisa que precisar. Agora, vocês conheceram a empresa e quem sabe não nos vemos novamente.

Comecemos todos os andares que iriamos trabalhar, mas os andares mais importantes e relevantes estavam longe de onde o presidente ficava. Durante nosso tour Yoongi se aproximou de mim.

 - Você esta me seguindo? – falou baixo

- você esta louco, quem gostaria de seguir você.

- bem... Que seja, vamos ser colegas... – ele olhou para o chão por um prevê segundo e depois voltou a olhar pra mim – Não bem mais que isso moramos juntos, então... O que somos?

- O que você esta insinuando? – olhei confuso pra ele. – Somos apenas colegas de quarto, nada mais que isso.

-Hum... espera, você esta planejando contar para todos sobre nosso relacionamento?

-O que? Claro que não aqui somos desconhecidos, então pare de parecer que somos alguma coisa um do outro.

- Com certeza, não se aproxime de mim. – falo se afastando e voltando para seu lugar de origem. Passamos por diversos escritórios ate por fim chegarmos em uma sala de reuniões fora passado que iriamos trabalhar com documentos menos importante e que dois de nos seria representante e que possivelmente iria trabalhar ate mais tarde nos escritórios, logo aceitei um dos cargos mas o outro foi direcionado para um menino que jamais vira, Junin Ho era seu nome parecia muito estranho com roupas de casa, quieto e um Nerd com todas as letras. Passei meu dia entregando documentação, conhecendo os setores e pessoas ate que finalmente acabou o expediente mais felizmente ainda havia trabalho a ser feito, Junin Ho e eu ficamos ate as 21 horas a espera do termino do serviço.

-Junin, se quiser ir pode deixa que eu acabo o serviço sei que foi um dia cansativo pra você.

- Ah obrigada é...

-Kim Taehyung, mas pode me chamar de Tae.

- Obrigado Tete, ate amanha.

Disse e foi embora as pressas, finalmente estava dentro da empresa e estava sozinho dentro dela, peguei minhas coisas assim que terminará o trabalho e peguei o elevador. Subi ate o 27 andar onde a sala do presidente se localizava entrei de fininho e comecei a olhar as gavetas atrás da informação que me fosse útil para encontrar minha mãe, ate que em meio a vasta sala do velho eu encotrara um cofre que necessitava de uma senha tentei todos os aniversários, inclusive da prostituta, entretanto não abriu. Ouvi um barulho e logo me escondi debaixo da vasta mesa.

- A vagabunda estava tentando fugir de novo, é a trigésima vez que ela tenta além das tentativas de suicídio... Bem pelo menos o Tae não desconfiou de nada, certo chefe?

- Cale sua maldita boca, logo irei me livrar dela e nem Namjoon nem o Taehyung jamais saberam e se eles descobrirem você será o próximo a entrar na lista de desaparecidos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...