História A história por um novo olhar, o recomeço. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen
Tags Kagome, Sesshoumaru
Exibições 59
Palavras 1.710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Depois de um bom tempo to eu de volta!! Enfim, escrevendo de uma forma diferente! espero que gostem!Não esqueçam de dizer se gostaram ou não, isso incentiva eu continuar escrevendo! Beeijos e boa leitura

Capítulo 10 - Capítulo X: Vida que segue, o grito de dor e choro da vida


Fanfic / Fanfiction A história por um novo olhar, o recomeço. - Capítulo 10 - Capítulo X: Vida que segue, o grito de dor e choro da vida

 

                                    "Mas nada vai conseguir mudar, o que ficou... Quando penso em alguém só penso em você e ai então estamos bem"

 

 

Kagome On

 

Acordei meia que indisposta tateei a cama em busca de alguém, mas não encontrei nada, apenas um vazio. Olho para a tela do meu celular em busca de horas eram exatamente 7:30 AM, senti um cheiro delicioso de panquecas e de certa forma fico radiante com isso.

Levanto da cama coloco uma fino Hobby de seda branco, minhas pantufas de coelhinho e me dirijo a cozinha.

- Hummnn, que cheiro maravilhoso, acho que você adivinho o meu desejo matinal. - falei olhando para aqueles cabelos lindos, quando ele saiu de trás da bancada "aquelas bancadas americanas" (Hello estamos em Miame), e vejo para aquelas lindas pernas desnudas e aquelas linda bolas rosadas e aquele pau, aii socorro, não consigo evitar de fazer "0" com a boca, viro bruscamente de costas e sai correndo atrás de um avental. Acho que nunca vou deixar de sentir vergonha.

 

Sesshoumaru On

 

Sai cedo da cama para poder fazer o café da manhã da minha fêmea a barriga dela roncava enquanto dormia e os filhotes estavam muito inquietos, toquei a barriga saliente dela e senti que eles estavam com fome. Sai do quarto ainda nu e fui preparar algo para ela comer assim que acordar. 

Noto que ela acordou e que me procurava, quando ela estava chegando na cozinha notei algo diferente, mas preferi ficar quieto, não quero assusta-lá.

Saiu de trás da bancada e vi a vi abrir a boca, sorrio de lado por ela ser sempre assim tão tímida e corar por tudo.

- Ei vai onde? Não precisa ficar com vergonha sou sue macho e teremos dois filhotes. - Falei para tentar faze-la voltar porém foi inútil.

A vejo voltar com um avental preto na mão onde tinha escrito "The best boss in the world" . Visto o avental e volto a cozinhar.

 

Kagome On

 

Encostei na bancada e fiquei observando ele cozinhar, velho, aquela bunda empinadinha era um tesão, estava excitada em vê-lo daquela forma. Tão sexy, tão vulnerável, tão meu. Mordi os lábios tentando conter minha excitação, sabia que a qualquer momento ele sentiria o cheiro.

- Essa comida parece está deliciosa Sesshy. - Quebrei o silêncio tentando cortar aquela onda de pensamentos pervertidos.

 

Sesshoumaru On

O cheiro dela, era de excitação... Hummm, ela está excitada em me ver assim. Viro para fita-la e me depara com um par de olhos vermelhos, cabelos pretos e orelhas pontudas, totalmente diferente de quando a vi sair correndo atrás do avental. 

- Vejo que você evoluiu rápido depois da marcação. Sua aparência esta mudando de acordo com seus sentimentos. Você agora está excitada. Posso ajudar - Me aproximei dela tirando o meu avental e mostrando a minha ereção já acentuada.

A peguei no colo, a coloquei em cima da bancada, desamarrei seu hobby de seda, sua barriga enorme, seu corpo lindo , seios fartos, cabelos negros longos, aquele cheiro, hummm...

Abrir bem suas pernas e cai de boca sem aviso. Chupava, lambia e mordiscava aquela boceta deliciosa, deslisava minha língua arduamente pelos grandes e pequenos lábios, enfiei sem aviso minha língua dentro daquela bocetinha saborosa, Rin gemia feito louca, suas duas mãos estavam pressionando minha cabeça contra a sua intimidade, seus quadris rebolavam rapidamente contra minha boca, já sentia o gosto do seu gozo chegar, acelerei as estocadas com a língua e logo ela gozou na minha boca.

- Você é mais gostosa que chocolate Rin. - Ela sorriu com meu comentário.

- Agora que está relaxada precisamos conversar seriamente. - A vi arquear a sobrancelha e então prosseguir.

- Nossos filhotes irão nascer antes, irão nascer em dois dias. precisamos voltar para Tóquio.

- Por ser filhotes que contém um alto poder maligno e ao mesmo tempo o alto poder puro pode haver uma explosão ou algo do tipo. Não podemos correr o risco dos filhotes saírem machucados. Então conversei com o Paul sobre os assuntos dele e o ajudarei a partir de agora quando for 4:00 PM, irei vir te buscar para seguirmos ao aeroporto. - dei um selinho nela.

 

Kagome On

Nossa, então é mais complicado do que eu imaginava... Ai que fome

- Certo amor, irei comer estou morrendo de fome. - Fome fome fome.

Comecei a devorar a comida vendo Sesshy sair da cozinha indo em direção ao quarto.

Alguns minutos depois o vejo vestido vindo em minha direção. Deu um beijo arrebatador e em seguida se despediu saindo em seguida.

- Humm, o que fazer? Malas!! Roupa das crianças. 

 

Sesshoumaru On

O dia foi muito cansativo mas por fim conseguir ajudar o Paul no que ele precisava, pagando assim a dívida que sentia ter por ele, por ele ter sido tão com para minha Fêmea. Volto para o apartamento para assim voltarmos a Tóquio.

- Kagome, vamos, estamos atrasados. - A encontrei no quarto dormindo feito um anjinho. Tão linda! Sentei ao lado dela na cama e comecei a beija-la até acordal-lá.

- Amor vamos!

 

Kagome On

Amor? Aiin, acho que não existe melhor maneira no mundo inteiro de acordar se não for desta. Abrir os olhos aos pouco me deparando com um par de olhos âmbares indecifráveis.

- Oi amor, vamos! Minhas malas estão na entrada do apartamento. - Levantei lentamente sendo ajudada por ele.

Sesshoumaru pegou nossas malas e as levou ao carro, em em seguida entrei e seguimos para o aeroporto.

 

24 h depois em Tóquio

 

Bom a viagem foi muito cansativa estou exausta, acabamos de pousar em Tóquio, estamos pegando nossas malas para irmos embora, saindo do salão de desembarque damos de cara com Kikyo e Inu-yasha.

- Kikyo, Inuyasha! - Grito correndo em direção deles que assim que olham para mim abrem um sorriso imenso de alegria.

- Meus amores que saudade de vocês! Como estão?

- Estamos muito bem graças a você,eu estou muito feliz, por sentir que você está feliz! - Disse Kikyo radiante. 

- Obrigada Kikyo, então vamos para casa, estou cansada. Preciso ligar para a mamãe e o Sota para avisar que cheguei. - Antes de terminar fui interrompida por Sesshy.

- Já avisei amor, eles estarão em nossa casa daqui a 3 h, que vai ser a hora do seu parto.

Assenti com a cabeça e então fomos para o carro. Estava tão exausta e precisava descansar pelo menos um pouco, antes de chegar ao carro tive uma visão.

"Flash back da Visão" 

"A união do mais poderoso ser maligno terráqueo com a destinada a pureza Sacerdotisa da lua, dará origem ao par de gêmeos que serão a chave para as portas do universo. Para eles não existirá pergunta sem resposta, para eles não existirá problemas sem solução, aos 21 anos haverá a fusão e com ela a destruição. O destino inevitável, por que quando se tem poder demais o destino nunca é a glória e sim a destruição. É necessário isso para a renovação da natureza."  

 

Sesshoumaru On

 

-Kagome?? -  Ela estava levitando encima do carro, seus olhos estavam roxos seus cabelos estavam brancos suas marcas de Inu youkai estavam a amostra.

- Kagome meu amor. - Ouço ela gritar, um grito de dor e desespero.

 

Kagome On

 

Não, não irei permitir que a natureza faça mal as minhas crias, antes disso eu modifico a natureza e luto contra ela. Até quando a magia viver em mim e eu ter motivos para lutar, lutarei sem medo! 

- Não deixarei que a natureza faça mal as minhas crias, não necessariamente quem tem muito poder e gloria estará predestinado ao fracasso, não quando se tem eu e meu macho ao lado.

"Quando a vida lhe da limões, você deve pegar os limões e espremer na cara da vida" 

 

Sesshoumaru on

 

-O que você viu?? - Ela parou de levitar e desceu em minha direção fechou os olhos que estavam lilases e colocou a mão direita sobre minha testa. Tudo o que ela viu e tudo o que ela tinha que fazer passou por minha cabeça, a peguei no colo e me transformei em uma bola de energia voando assim para a mansão, sendo seguido por Inuyasha e Kikyo.

Assim que chegamos olhei para Kagome que estava pálida, ela lutava internamente contra ta natureza, nossos filhos não poderiam vir a vida, seria o caos. Por assim dizer.

Kagome estava com os cabelos soltos, estava metade prateado e metade preto. Quando chegou a hora de começar o ritual, peguei a tesoura assim com fui recomendo por ela cortei as madeixas traseiras e as dividir em duas coloquei cada uma de um lado do seu corpo deitado sobre cama.

Kikyo e Inuyasha chegaram para meu alívio. 

- Está na hora Kikyo. - Senti meus olhos lagrimejarem, sabia que aquilo seria um sacrifício de certa forma... Será que eu e kagome nunca iremos poder ficar juntos?

Kikyo iniciou o parto, o céu começou a escurecer, trovões e raios cortavam o céu, e por incrível que pareça a outra metade do céu estava luminoso, um dia radiante com um sol brilhante e calmo. Era a mistura de maligno e benigno estampado na natureza.

Kagome por fim abriu os olhos e eles estavam lilases cintilantes, fixaram em mim e tudo o que ela pensava era transferido para minha cabeça. Ela dizia exatamente assim:

"Sesshy, será preciso isso, eu irei voltar!Mas por enquanto cuido de nossos filhotes, as madeixas de cabelo preto você colocara na menina, ela terá poderes malignos como os seus e as madeixas de cabelos dourados você põe no menino, ele terá poderes puros como os meus.  Eu voltarei assim que o laço ser rompido. Lutarei contra eles com unhas e dentes, você são os motivos por eu lutar e tentar viver, amo você."

Ouço um grito de dor e o choro de uma nova vida, saiu primeiro a menina, em seguida mais um grito e a saída do menino.

kagome On

- Amo vocês meu macho e meus filhotes Shitorimaru e Shitaramaru "Et locutus est luna" .

- Por vocês lutarei, por favor esperem por mim. 

 

 

Sesshoumaru On

Então a vi partir mais uma vez e eu não pudi fazer nada.

- NÃÃOOOO, KAGOME, VOLTA. -  O desespero tomou minha alma que agora além de fria estava vazia. 


Notas Finais


Irrru, e agora??

Ahhh, acompanhem também minha outras duas fics! Se interessar é claro! Beijos no core!

* Desejada: fala de uma menina órfã que deseja vingança pela morte misteriosa de sua mãe e por um homem que a iludiu e a fez odiar os homens. (Estarei atualizando ela amanhã!) Rin x Sesshoumaru
https://spiritfanfics.com/historia/desejada-6653708

* Doce obsessão: uma história de uma garota superdotada que cresceu em um orfanato e quando fica adulta conhece suas origens. Rin x Sesshoumaru
https://spiritfanfics.com/historia/doce-obsessao-6535832


Beijos =*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...