História A ideia de Nick - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zootopia - Essa Cidade é o Bicho
Personagens Bogo, Judy Hopps, Nick Wilde, Personagens Originais
Tags Ação, Judy Hopps, Nick Wilde, Nick X Judy, Policial, Suspense, Terror, Terror Psicológico, Zootopia
Visualizações 86
Palavras 1.654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!

Eu dei uma sumida do site, rolou algumas coisas aqui mas nada que me impediria de postar o cap mais cedo, foi mais falta de compromisso com a história desculpa :P

Mais de qualquer jeito está ai!

Capítulo 10 - Solução do caso? Um passeio amigável.


                               Domingo

5:10 da manhã

A caminho da casa de Judy

Judy- não sei porque quer tanto fazer isso em minha casa.

*se demonstrou curiosa*

Nick- já te disse, nenhum motivo grande, apenas seria o melhor lugar.

Judy- mas e sua casa?

Nick- ela é mais longe daqui, e também ta tudo sempre bagunçado.

Judy- hum…

&Quebra de tempo&

Judy- hahahaha aquele cara tava muito perdido.

Nick- hehehe PERDIDO? O cara tava procurando uma loja de tundralandia, TUN-DRA-LAN-DI-A hahahcasall


Judy- hahaha…ai ai, bom chegamos, já vou dizendo que não é grande.

Nick- eu acho que nem deveria ser.

-Judy abre a porta e eles entram, como Judy avia dito, não era tão grande, mas era extremamente confortável, tinha um sofá medio na sala e uma mesa no meio, o resto da casa realmente agora não importa, Judy vai direto a mesinha que tinha na sala e tira tudo de cima, convida nick pra sentar no sofá e oferece algo, ele recusa e se senta.

Judy- e então? Vamos começar?

Nick- claro! O que temos?

Judy- bom…

* ela começou a abrir a folha que tinha em "patas"

Judy- wow… é bem grande… temos nomes de lugares, informações sobre pessoas, bastante coisa.

Nick- OK, vamos do começo, o que estamos procurando?

Judy- aqui diz ser um assassinato, então obviamente procuramos um assassino.

Nick- antes de tudo, quem morreu?

Judy- deixa…eu ver aqui… a foi um guaxinim.

Nick- OK, então o que temos sobre esse gaximin, alguma informação?

Judy- sim, algumas informações, nome, idade, onde trabalhava, amigos, familiares.

Nick- hum… bom o nome e a idade sinceramente não to nem ai em saber, agora o resto parece interessante.

Judy- ta, ele era dono de um restaurante, aqui também disse que ele tinha acabado de se mudar para a cidade, ele tava com a ideia de abrir o restaurante nessa cidade faz um tempo.

Nick- o cara acabou de se mudar e foi assassinado, porque?

Judy- não faço ideia, aqui também diz que não possuía ninguém como inimigo ou coisa do tipo.

Nick- estranho… mais alguma coisa que possa ajudar?

Judy- sobre ele não…

Nick- OK, o que temos na cena de crime?

Judy- bom… temos o corpo do guaxinim, ele levo uma facada nas costas, nenhuma arma em cena.

Nick- onde foi o assassinato mesmo?

Judy- a caminho de sua casa, tava voltando do trabalho.

Nick- hum…

Judy- não faz sentido…

Nick- só com isso vai ser difícil. Tem certeza que não temos mais nada?

Judy- eu acho que é so… a pera, tem uma pegada!

Nick- uma pegada?! Aonde??

Judy- em um beco logo atrás da cena do crime, mas porque eles daria uma informação dessa?

Nick- porque a pegada é importante, de quem é a pegada??

Judy- não diz, mas fala que é de um veado.

Nick- um veado? Procura um veado na lista de pessoas.

Judy- certo.

* ela começou a revirar a folha da lista de animais que lhes foram dado*

Judy- Nick, temos 3.

Nick- algum deles tinha contato com a nossa vítima?

Judy- não, cada um vivia sua vida.

Nick- qual mora mais perto dele?

Judy- deixa eu ver aqui…

* após um tempo Judy vendo informações dos 3*

Judy- o mais perto é um tal de Grey.

Nick- ele é suspeito? Da uma checada nas informações sobre ele.

Judy- ele é professor de música, é muito bem de vida pra falar a real, não vejo motivo pra ele matar uma pessoa.

Nick-…

Judy- você vai querer insistir na pegada?

Nick- não faz sentido colocar essa informação se não for necessário.

Judy-…

Nick- ta os outros 2, qual deles é o mais propício a matar alguem?

Judy- aaa… o Fredy?

Nick- Fredy?

Judy- sim, ele é o mais "ferradinho " na vida.

Nick- como assim?

Judy- ele é revoltado com seu pai, sua mãe ta no hospital, mora sozinho, e trabalho em um restaurante para pagar os tratamento da mãe.

Nick- mas isso não é motivo para ele matar um animal.

Judy- você disse pra ver quem era o mais provável.

Nick- pera. Era o mesmo restaurante do guaxinim?

Judy- aaa… não, é um que já esta na cidade faz tempo.

Nick- tem mais alguma coisa sobre?

Judy- dele não, mas o restaurante que ele trabalha ta falindo.

Nick- por que?

Judy- aaa, quem diria, o restaurante ta falindo porque o restaurante do guaxinim ta "roubando" clientes.

Nick- viu! As coisas estão se ligando.

Judy- você tem razão, você é bom nisso, fiz bem em ir com você

* falou com um sorriso*

Nick- não comemora agora.

Judy- eu sei eu sei.

Nick- quem é o dono do restaurante falido?

Judy- hum… é uma zebra, aqui diz que ela sempre foi muito nervosa e briguenta,além de radical.

Nick- perfeita pra ser Uma assassina! Eu estou lá ganhando a grana, quando do nada vem um guaxinim roubar meus cliente, eu me irrito fácil e só descontrolada, o que eu faço?

Tiro o guaxinim do jogo!

Judy- wow… isso faz sentido pra caramba. Mas e a pegada?

Nick- hum… a pegada do beco não é de uma zebra, e tenho certeza que quem mato deixo aquela pegada.

Judy- mas a teoria da zebra faz muito sentido!

Nick- pera, pera, pera, pera, você diz que o veado lá, o tal de Grey, tava com a mãe no hospital certo?

Judy- sim.

Nick- a zebra era chefe dele! E se a zebra subornou o Grey com uma grana para pagar o tratamento de sua mãe, se ele matasse o guaxinim?

Judy- Nick... ISSO FAZ MUITO SENTIDO!!!

Nick- eu sei! Sera que a gente já conseguiu? Tipo, era só isso?

Judy- Nick você é… extremamente bom nisso.

Nick- hehehe, agora a gente tem tipo, 2 dias de folga.

Judy- sim! A e falando nisso, eu ainda não comi nada, ta afim de ir tomar um café da manhã comigo?

Nick- um café da manhã com você?

Judy- c-claro se quiser recusar tudo bem.

Nick- Não! Eu gostaria sim! E que, você é um dos primeiros animais a me falar isso.

Judy- eu sempre como no mesmo lugar! Ele se chama coffe express, é simplesmente muito bom!

Nick- OK, parece bom, só guarda os papeis em um lugar seguro e vamos lá!

Judy- pode deixar.

&Quebra de tempo&

Nick- então é aqui? Muito chique néh?

Judy- sim, e acredite! O café é 3 vezes melhor do que a entrada do lugar.

Nick- então o café deve estar com um gosto divino!

-o lugar realmente era lindo, tinha algumas arvores dando um aspecto de floresta, e com algumas luzes bem posicionadas ficava muito chamativo e bonito.

Já dentro do lugar, a cor temática era verde e marrom escuro, combinando perfeitamente com a entrada, os garçons e garçonetes também vestiam a cor temática…

Os 2 vão e sentam em uma mesa vazia, e começam a conversar coisas aleatórias, mesmo sendo uma conversa "boba", tanto Nick como Judy se sentiam muito felizes de conversar entre eles, era divertido para Judy, já que era a primeira raposa que fazia amizade com ela, e muito ao contrario do que disseram para ela no passado sobre as raposas serem " malignas" de certo modo, uma raposa esta se mostrando como uma boa amiga que faria de tudo para não machucar outro animal, afinal, Nick preferio perder o emprego do que "acabar" com o sonho de sua amiga Judy.

E para Nick, era diferente conversar com alguém alem de finnick, ele estava gostando…

Garçonete- Judy! Como vai garota? o mesmo de sempre?

Judy- Sim! A Nick o que vai querer?

Garçonete- AAA! Nossa! Desculpa eu não vi o senhor, Judy costuma vir sempre sozinha.

Nick- entendo, e também não me importo.

* ele fala com um sorriso*

Garçonete- e então, e para o senhor, o que vai querer?

Nick- pode ser… hum… alguma dica Judy?

Judy- trás dois do que eu pedi Meg.

Garçonete (Meg)- tudo bem, já já eu volto.

&Quebra de tempo&

Meg- pronto, o café do casal ta na mesa.

Judy- o-obrigada Meg, mas não somos um casal.

Meg- a! Claro, desculpa o constrangimento.

Judy- tudo bem.

*A Meg se retira deixando os dois as sós*

Nick- bom, vamos ver se é bom mesmo.

* Nick experimenta, e um sorriso junto com um brilho nos olhos da raposa surgem*

Judy- e então? É bom né?

Nick- eu NUNCA mais vou tomar meu café, irei ir sempre aqui!

Judy- sabia que ia gostar!

Nick- é incrível!

- Eles tomam seus café e se retiram indo em direção aos grandes parques com bastante "verde" que tiam na quela região, conversam, riam, cansaram de andar e deitaram na grama do chão do parque pra descansar, eles tinham ficados quietos apenas vendo as crianças correndo junto com seus pais tomando conta de seus filhos, até Nick se manifestar.

Nick-… eu queria ter tido uma infância assim.

* falou baixo, não estava triste, mas sim pensativo*

Judy- hum? Você não vinha aos parques brincar?

Nick- até uma certa idade sim, foi poucas vezes, meu…pai me levava.

Judy- isso tudo é novo para min, sabe? Em minha infância eu já acordava no parque hehehe, onde eu morava era cercado de mato, quer dizer, era um campo.

Nick- ai você desside vir a Zootopia, acordar em voltas de prédios respirando um ar poluído.

Judy- hehehe, não, eu não vim pelo ar poluído e pelos prédios.

Nick- tanto que se fosse por esse motivo, você seria considerada loca.

Judy- sim hehehe, eu vim pelo meu sonho.

Nick-…

Judy- Nick? Você tem um sonho?

Nick- um…sonho?

Judy- sim! Algum objetivo de vida ou coisa do tipo.

Nick- eee...CUIDADO!

*Nick assusta Judy com seu aviso, era por causa de uma bola de vôlei que iria cair em Judy, porem ele consegue bloquear a bola*

Criança- MIL DESCULPAS SENHORITA, FOI SEM QUERER!!

Judy- ei ei, ta tudo bem! Vai lá brincar.

* Judy da um sorriso extremamente fofo para o garotinho, mas quem admirou esse sorriso foi Nick*

Judy- Nick?

* sem Nick perceber, ele tinha entrado em transe*

Nick- s-sim, que tal irmos embora? Não quero afundar meu fucinho em uma bola por aqui.

Judy- tudo bem!

-Nick acompanha Judy até sua casa, Nick agradecê o convite afirmando ter sido incrível e divertido, Judy fala que deverião fazer mais vezes esses passeios, o Nick concorda e se despede, Nick passou o resto do dia dele arrumando sua casa do jeito que dava, e também pensava se daria tudo certo sobre o caso que foi dado, Judy por outro lado pensava em Nick, era uma surpresa para ela uma raposa agir assim, sua primeira experiência com raposa não foi uma das melhores, mas os dois tinham algo em comum hoje, eles foram dormir, pensando um no outro, sobre o que tava rolando e sobre a amizade crescendo.

&Continua&


Notas Finais


Gostaram?

Então tudo bem?
Eu fiz o cap no celular então provável ter erros de portugues.

Foi difícil deixar o cap mais legal de se ler, para ser sincero acho que nem consegui fazer isso :P

Deixe sua opinião ai em baixo se quiser! Me ajuda muito, tanto critica positiva como negativa :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...