História A Impossible Dream - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Esquadrão Suicida
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina)
Tags Batman, Bryan, Coringa, Jozer
Exibições 69
Palavras 1.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 51 - Coencidencia demais


P.O.V Bryan 

Eu esfrego meus olhos na tentativa de descobrir se era ilusão, e assim que abro eles novamente ela não estava mais lá, o pior de tudo não foi nem eu ter tido uma ilusão, e sim de que eu queria que ela realmente estivesse aqui comigo, não sei o que está acontecendo com a minha cabeça ela está muito confusa e cheias de indecisões sobre a Jozer, eu não sei se devo ou não ir atrás dela... 

— Filho o almoço está pronto - escuto meu pai me chamar, fazendo assim eu me destrair sobre meus pensamentos indecicivos 

— Já estou indo pai - digo meio sonolento indo em direção ao banheiro lavar o meu rosto, na esperança de tirar aquela cara de sono que eu estava 

Vou até a pia perto do chuveiro e escovo meus dentes casse batendo a cabeça no espelho por conta do cansaço, abro a torneira com água fria e passo por meu rosto e cabelo, ao levantar meu olhar vejo o reflexo de Jozer atrás de mim, fazendo com que eu me vire rapidamente para trás encontrando um banheiro vazio, volto meu olhar ao espelho, e lá estava ela, só que mais perto, fui me aproximando de seu reflexo até encostar meus lábios no espelho como se estivesse a beijando 

— Moleque pare de beijar o espelho e venha almoçar - Alfred esclama me dando um susto, enquanto apoiava minhas mãos na pia tentando superar o que acabara de acontecer 

— Eu estou ficando louco - cochicho para mim mesmo vendo Alfred sair do quarto 

Vou até meu closet colocando uma regata branca e uma bermuda preta, passo meus cabelos para traz e desço até a cozinha onde sentia cheiro de.. 

— Co co mi da da caseira ? - gaguejo pela coencidencia entre o meu sonho e a realidade 

— Sim pedi para Joana fazer seu prato favorito , purê de mandioquinha e suco de melancia !!! - meu pai fala feliz fazendo eu engolir em seco, muita coencidencia pro meu gosto 

Logo meu pai se levanta e pega um prato de porcelana, o mesmo prato do sonho, os mesmos movimentos, a mesma comida. 

Passo as mãos por meu rosto e ao votar meu olhar ao meu pai vejo Jozer fazendo com que eu derrube o copo com suco que segurava no chão espalhando ele pelo piso 

— Que foi filho - meu pai corre até minha direção preocupado, fazendo eu voltar à realidade 

— Nada eu só me destrai me desculpe - digo sem olhar para ele, e sim olhando para o nada da cozinha

— Tudo bem meu filho, vai comer agora, o prato já está na mesa - ele fala colocando as mãos em meus ombros em forma de reconforto 

Saio da cozinha e vou até a sala de jantar, encontrando aqueles duas crianças loiras do meu sonho, fazendo eu quase desmaiar ali mesmo

— Há filho, essas aqui são as filhas da Joana - ele diz se sentando a mesa, em quanto eu continuava paralisado 

— Filho ? - meu pai fala, fazendo eu chacoalhar a cabeça 

— Pai eu vou sair, perdi a fome - digo rápido querendo sumir dali 

— Mas.. - meu pai começa a falar mas nem termino de escutar, já havia saído da sala e ido até os portões da casa

Acho melhor eu tentar me distrair, vou rever alguns amigos da escola, aproveitando que as férias tinham chegado 

P.O.V Jozer 

Jogada na minha cama com os fones de ouvido ouvindo uma música calquer era como me encontrava no momento, até que escuto um barulho de porta se abrir 

— Você... - falo desanimada jogando minha cabeça de volta no travesseiro 

— Eu queria fazer alguma coisa Jozer - a chata da Isadora não para de me intrometer que saco, o garota grudenta 

— Vai irritar o coringa vai, dai você vai ter algo para fazer... cuidar de seus ferimentos - digo abrindo um sorriso no rosto e me sentando na cama esticando meus braços 

— Mais eu quero fazer algo com você - ela diz manhosa 

— Mais eu não quero - digo séria e irritada me levantando da cama e batendo a porta do meu quarto descendo para sala de estar 

Chegando na sala vejo coringa deitado no sofá  coberto por uma coberta assistindo à televisão, sento ao lado dele esticando minhas pernas sobre as deles, fazendo com que o mesmo revire os olhos e empurre as minhas pernas, e novamente as coloco sobre seu colo fazendo com que ele saia do sofá deixando o espaço livre para mim 

— Você é folgada e chata - ele fala irritado, mas nem dei atenção a ele 

— Eu sei que eu.... CA-RA-LHO!!!!! - eu grito assim que vejo o mesmo de cueca de novo 

— Que foi em ? - ele diz sem paciência pegando um copo de whisky com gelo que estava em cima da mesa 

— Você, é você - eu digo irritada subindo de volta para o meu quarto 

Ao subir encontro Isadora no canto do meu quarto chorando, o que me deixa mais irritada to que já estava, mas decidi ignorar e continuar a escolher uma roupa para por, começo a me despir ali mesmo e sinto o olhar da Isadora sobre o meu corpo, o que me faz pensar que seja inveja, dou de ombros mesmo com um sorriso no rosto e me olho no espelho, estava com uma leg preta de laicra, um top também preto e um Nike branco, meus cabelos estavam arrumados em um coque

— Será que você não percebe ? - ela diz em um tom triste e um pouco indignada 

— Percebe o que ? - pergunto desinteressada arrumando meu cabelo 

— QUE EU TE AMO !!!! - ela grita, mas não o suficiente para me assustar, olho para ela e continuo a olhar para o espelho admirando a minha beleza assustadora 

— Eu sou a única pessoa que te ama, e é assim que você me trata ?!! - ela fala um pouco alterada mas logo começa a chorar 

— primeiro... eu não ligo se você me ama ou me odeia..segundo...eu te trato como eu bem entender...terceiro...você não é a única que me ama - dito isso dou um tapa estalado no rosto da mesma que cai para o lado 

— Quarto..eu não gosto de lésbicas - eu digo perto da porta e dando uma alta gargalhada ao ouvir o choro da Isadora 

— Garota estranha viu - digo para mim mesma em quanto pegava uma maçã na geladeira 

— Quem ? - pergunta coringa atrás de mim, nem tinha visto ele 

— A Isadora , acredita que ela " me ama " - falo fazendo aspas com os dedos e dando uma mordida na maçã 

— Depois eu que sou o louco - ele diz se encostando na bancada de mármore 

— Pois é - digo me virando para ir embora, mas em um movimento rápido me viro e tiro a cueca do coringa que me fuzila com o olhar 

— Garota... - ele diz levantando a cueca estralando o pescoço 

— Você fica melhor sem ela - digo me refirindo a cueca e dou uma piscadela para ele antes de sumir da vista dele 

Agora eu vou ir para academia me encontrar com a Pamela e a minha recem amiga Alicia

P.O.V Harley 

Estou deitada na cama de Puddin esperando o mesmo voltar, já estou sem paciência de tanta demora,no momento em que me levantei da cama escutei seus passos e voltei correndo para a cama ajeitando minha langeri vermelha e azul que encomendei 

Puddin entrou no quarto e ao me ver deitada de bunda para cima senti o mesmo dar um sorriso malicioso e vir em minha direção, senti suas mãos fortes e frias apertando a minha bunda, fazendo com que eu solte um baixo gemido, o mesmo subiu em cima de mim roçando seu pau em minha intimidade me deixando louca

— Você me quer ? - ele sussurra em meu ouvido fazendo eu me arrepiar por completo 

— Eu quero - eu digo em meio ao gemido que dei ao sentir seus lábios no meu pescoço 

— Então pede vadia - ele falou apertando fortemente a minha bunda 

— Me fode Mr.j - eu implorei ao mesmo 

— Eu vou te foder tanto que amanhã você não vai nem conseguir andar direito...

 


Notas Finais


É amanhã tem o primeiro hot pessoal !!!!! To animada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...