História A Impossible Dream - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Esquadrão Suicida
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina)
Tags Batman, Bryan, Coringa, Jozer
Exibições 127
Palavras 899
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hoje é hot gente!!!! Espero que gostem, meu primeiro hot😁😁

Capítulo 52 - Quero sentir seu gosto


P.O.V Harley 

Ele me pega no colo envolvendo minhas pernas em sua cintura, me carregando em seu colo me prensa na parede e aperta minhas coxas com força, com sua boca vermelha ele beija minha boca com ferozidade entrelaçando nossas línguas em um beijo intenso e cheio de desejo, desce sua boca até meu pescoço me dando vários chupões até que em um movimento rápido rasga meu sutiã jogando o mesmo longe.

— Que belos peitos love - ele diz com um sorriso malicioso no rosto, e logo ataca meus seios chupando a ponta deles, passando suas mãos por meu corpo me deixando com mais tesão do que já estava 

— Me fode logo Mr.j - imploro a ele já perdendo o controle 

— Ainda não - ele diz mechendo o dedo indicador me jogando violentamente na cama 

Ele sobe em cima de mim novamente ficando com os braços esticados no lado da minha cabaça me prendendo, desce até meus peitos apertando os mesmo me fazendo gritar de dor e prazer 

— Isso grita pra mim - ele fala isso dando um tapa no meu seio esquerdo, desce seu corpo  lentamente até encostar no meu me fazendo arrepiar por seu contado frio 

Desce seus beijos até minha barriga e vai descendo até a minha intimidade que já se encontrava molhada, ele levanta seu olhar até os meus olhos e logo volta a olhar para a minha bct dando um beijo ainda sobre a calcinha, depois disso ele rasga a calcinha e começa a beijar lentamente toda a minha intimidade até enfiar sua língua fria em mim fazendo com que eu gema de prazer, ele começa a passar a língua por meu clitoris me fazendo delirar 

— Ahhhh Puddin - eu falo entre gemidos puxando sua cabeça contra a minha vagina buscando mais contato com sua língua 

Ele beija meu clitoris enfiando um dedo em mim fazendo movimentos de vai e vem, passado um tempo ele enfia mais dois dedos me masturbado com mais velocidade 

— Mais rápido Puddin - dito isso ele acelera os movimentos enquanto brincava com meu clitoris chupando o mesmo, ele acelera mais ainda fazendo em derramar meu líquido em seus dedos, o mesmo se levanta e chupa seus dedos 

— Seu gosto é tão bom love - ele fala tirando a calça junto a cueca deixando a mostra seu enorme e pulsante amiguinho 

Ele vem em minha direção e sem aviso prévio adentra a minha buceta me fazendo gritar alto por conta de seu tamanho 

— Seus gritos me deixam louco Harley - ele diz estocando fundo em mim enquanto apertava meus peitos 

— Se vire - ele ordena e assim eu faço, me viro e fico com a bunda empinada para ele 

— Assim que eu gosto - ele diz subindo novamente na cama e posicionando seu pau na minha abertura que já estava avermelhada 

Ele estoca rápido e fundo me dando um tapa estranhado na bunda, deixando ali a marca de deus dedos 

— Eu adoro quando me bate - eu digo recebendo mais um tapa só que na outra nádega, deixando a mesma dolorida 

— Eu sei que você gosta - ele diz dando uma risada e retirando seu pau de dentro de mim, mas antes mesmo de reclamar ele já havia enfiado seu pau em mim novamente, só que no meu outro orifício me fazendo reclamar 

— Eu não gosto Puddin - eu digo tentando sair de suas mãos mas ele me puxa de volta para ele 

— Vai aprender a gostar - ele diz seco se movimentando dentro de mim 

(...) 

Eu vou admitir até que é bom, também com o meu puddin tudo é ótimo...

Eu estava chegando quase lá quando sinto o Mr.j se derramar dentro de mim e logo depois eu, ele se retira de dentro de mim e se ajoelha na minha frente 

— Me chupa - ele ordena olhado para mim 

— Com todo o prazer - digo indo em sua direção 

P.O.V Joker 

Harley começa a lamber a cabeça do meu pau fazendo eu gemer de prazer, mas ela estava indo muito devagar, então pego seus cabelos com força, fazendo a mesma chupar mais fundo, e conforme a minha vontade eu acelerava e diminuía a velocidade sentindo aquela boquinha maravilhosa me chupar 

— aahhgg - eu escuto a mesma se engasgar, já que meu pau era muito grande para boca dela, mas não ligo continuo a foder na boca dela 

Começo a sentir o orgasmo vindo entao retiro meu pau da boca da Harley, com uma mão começo a me estimular até sentir o meu gozo escorrer e cair na boca da Harley que estava aberta 

— Eu quero seu gosto Puddin - ela diz manhosa, e eu ejaculo em seus peitos fartos e em seu rosto, e a mesma lambe tudo de um jeito sexy que tava vontade de comer ela de novo, mas sabia que a mesma não iria aguentar 

— Estou com sono Puddin - ela diz fazendo biquinho e bocejando em seguida 

— Eu sei love - digo ainda na cama olhando a mesma que ainda estava nua, como ela é perfeita 

— Boa noite então Puddin - ela vem até mim me dando um selinho e indo até a porta pronta para ir embora 

— Você pode dormir aqui hoje - digo colocando minha cueca e me deitando na cama 

— Sério !!? - ela pergunta feliz me fazendo sorrir de canto 

— Come to Daddy - digo abrindo os braços para mesma...


Notas Finais


E aí o que acharam? Gostaram ? Espero que sim, comentem aqui em baixo o que vocês preverem, hots mais besterentos ou mais formal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...