História A Incrivel Jornada dos Deuses em Nosso Acampamento. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Clarisse La Rue, Dionísio, Grover Underwood, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Thalia Grace, Tyson, Zeus
Tags Percy Jackson
Exibições 38
Palavras 701
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capitulo!

Capítulo 15 - Percy, o Herói!


Fanfic / Fanfiction A Incrivel Jornada dos Deuses em Nosso Acampamento. - Capítulo 15 - Percy, o Herói!

Fizemos questão de esperar Rachel acordar.

-Por quanto tempo eu apaguei? - Rachel perguntou.

-Não muito, alguns minutos.

-Você já pode levantar. - replicou Annabeth.

Então ela se pôs de pé.

-Alguém depois me fala o que eu disse. Não lembro de nada.

Quando eu ia falar, Nico chegou e interrompeu.

-Percy, seu pai está te chamando na Casa grande. Rachel e Annabeth, vocês também.

Concordamos e seguimos ele até a Casa Grande.

Parece que arrumaram uma reunião de líderes de chalés de ultima horas. Todos estavam lá.

-Parece que todos estão aqui. Podemos começar. - Falou Quíron.

-Recebemos uma nova profecia e blá blá - começou Sr. D. - E parece que ela está se referindo a Peter.

-Percy! - eu e meu pai dissemos juntos. Ele reprimiu um sorriso.

-Percy. - repetiu Dionísio.

-Profecias... - disse Rachel. - Alguém poderia repeti-la para mim?

-Espere, querida. Vou chegar ao ponto. - falou Quiron.

Então ele pigarreou e falou o primeiro verso da profecia:

-Professor, talvez. Percy foi convocado para ser o novo instrutor de esgrima. Mas não dessa vez. Parece que o Oráculo está ciente do que há por vir.

-O Herói procura a casa no mar. - Interrompeu/Completou Poseidon. - O próprio mar, é claro.

Então terminei de citar a profecia.

-Mas pode ser Tyson ou... - disse

-Percy, o grandão, tecnicamente ele não é um herói. Além disso, ele já está no mar.  A menos que... - falou Annabeth.

-A menos que... - falou Poseidon.

-A menos que o senhor tenha outro filho ou filha herói. - ela disse.

-Impossível!  - ele cruzou os braços e se ajeitou na cadeira.

-É Percy, a profecia se refere a você! - Nico então disse.

A reunião acabou e decidi ir na Arena. Nico me seguiu.

-E ai, quer treinar? Melhora essa cara. - ele então tirou sua espada.

-Você me dá escolha?  - então destampei Contracorrente.

Novamente, quando nossa espadas se chocaram, fez aquele barulho. E novamente, vários campistas vieram. Desta vez eles também começaram a lutar. Era campista de Ares contra Apolo, Atena contra Demeter, até alguns de Afrodite lutavam contra os de Hermes. Clarisse também estava lá.

-É muito bom ver que eles hoje estão inspirados. - Nico disse.

Estávamos lutando tão bem que em alguns instantes, saia faíscas de nossas lâminas. Cerca de 20 minutos depois, vários campistas tinham parado. Tinha apenas 5 pares lutando. Nico e eu era um deles. Os que pararam, enquanto se refrescavam, apenas nos observava.

-Não gosto de ser o centro das atenções. - Nico resmungou.

-Muito menos eu. - respondi, enquanto aparava um golpe de sua espada.

-Até parece. - ele riu.

-Ei!! - reclamei. - Até que para você faz sentido. Filho de Hades serio e raivoso. - Brinquei.

-Ai filho de Poseidon Tímido. - ele retrucou.

-Quer saber... - disse enquanto me afastava e enrolava uma faixa na minha mão. - Você não sabe lutar sem espada!

-Isso é o que nós vamos ver. - então ele jogou sua espada de lado.

Não devia ter dito aquilo. Nico era melhor que eu em jogo com as mãos.

-Uau! Onde aprendeu a lutar assim tão bem?  - perguntei. Meu pai se aproximou. Já não havia nenhum campista lá.

-Uns truques de um Filho de Hades sério e raivoso.

-Você jogando meu jogo contra mim. - Falei.

Lutamos a tarde inteira. Até um ponto que já estávamos esgotados. Deitamos no chão da arena.

-Por hoje basta, eu estou moído! - Nico falou, jogando água em seu corpo.

-Não consigo erguer a mão. - completei.

-Vocês dois lutam bem. - Meu pai disse - Uma bela dupla.

Estava tão concentrado, que nem notei a sua presença durante a maior parte do tempo em que lutávamos. Culpa do TDAH!

-Obrigado! - agradecemos.

Tomei um banho em meu chalé e fui para o Pavilhão do Refeitório. Antes de dar a primeira garfada, fui jogar na lareira. Oferenda aos deuses. Desta vez, ofereci a Héstia e a Poseidon. Desejei tem uma Coca Diet. Observei que não havia mais o trono de Hades, apenas o de Poseidon estava lá. Ele sorriu e eu fiz o mesmo.

Fui para o meu chalé e ele veio falar comigo.


Notas Finais


Gente, relacionado a essa profecia, vou escrever uma história focada apenas nela.
Sim, o herói é Percy.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...