História A Irmã de Harry Potter e a Pedra Filosofal - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Draco, Grifinória, Harry Potter, Irmãos, Jenna, Romance
Exibições 106
Palavras 812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aqui estou!!

Demorei?Eu sei, mas acontece

Boa leitura

Kisses
*3*

Capítulo 3 - Cap 2: Somos bruxos!!


Fanfic / Fanfiction A Irmã de Harry Potter e a Pedra Filosofal - Capítulo 3 - Cap 2: Somos bruxos!!

Franzi o cenho ao ver o nosso Tio descendo correndo com Tia Petúnia junto com uma espingarda na mão. O que raios ele iria fazer com aquela espingarda?Dar um tiro na pessoa que está querendo entrar, não vai dar muito certo isso!!

Parei de pensar nisso ao ouvir a pancada violenta que atingiu a porta, derrubando-a. Berrei tão alto com o susto que acabei assustando até o homem absurdamente alto que quebra portas. Ele passou e por fim a colocou de volta em sue lugar! Ai meu Deus, ele vai matar a gente, vou ter uma forma de morrer super....Trágica.

- Ah! Aqui estão vocês!! Harry e Jenna! – Franzi o cenho, como ele sabia os nossos nomes, ou melhor ainda, de onde ele nos conhece?Tenho certeza que me lembraria de um homem  tão grande deste jeito. – Vocês se parecem muito com seu pai, mas os olhos...Iguaizinhos aos dela

Me relaxei um pouco ao ouvir ele falar desta maneira com a gente. Nunca fomos tratados de forma tão...Amorosa e ninguém falava bem da gente e lembrava de nossos pais. Em poucos segundos ele fez o que os nossos tios não fizeram em 10 anos!!

- Exijo que saia daqui!! – Tio Válter exclamou – Invadiu nossa casa

- Cale a boca, Dursley, seu cara de passa! – O homem gigante exclamou, se sentando no sofá – Ah!  Trouxe um bolo para os dois, de aniversário, deve ter amassado na viajem mas ainda assim deve estar delicioso

Peguei a caixa que ele estendeu em nossa direção e Harry fez questão de abri-la, um bolo de chocolate um tanto quanto amassado e pegajoso estava coberto com um glacê verde, escrito feliz aniversário. Sorri de lado, até um desconhecido sabia que era o nosso aniversário, e se importou com isso!! Diferente dos nossos tios, que nunca deram a mínima para nós. 

- Quem é você? – Harry perguntou de repente

O gigante deu uma risada abafada, logo respondendo a pergunta que martelava em nossas cabeças.

- É mesmo, sou Rubeo Hagrid, guardião das chaves de Hogwarts

*

- ATÉ NUNCA MAIS BARCO IDIOTA!!

Essa era eu berrando ao sair daquele barco idiota junto com meu irmão e Hagrid! Por que meus tios ficaram?Porque eles são trouxas!! Não são bruxos! Eu sou, meu irmão é, e nós vamos estudar em uma escola de magia e bruxaria de verdade!! Provavelmente eu voltaria para a casa dos Dursley depois de irmos comprar o  material, mas que se dane!! 

Infelizmente, eu descobri  coisas bem ruins também, como que um bruxo malvado matou os nossos pais e quando tentou matar a gente, o feitiço ricocheteou um Harry e impediu, fazendo Você-Sabe-Quem (Ou Voldemort) sumir do mapa. Digo isso pois Hagrid acha que ele não morreu, só sumiu temporariamente. Pelo que ouvi, todos pensavam que eu estava morta e que apenas o meu irmão sobreviveu. O que me deixou um pouco irritada, então eu era apenas a bebê morta, eu vou adorar ver a cara de todos ao descobrirem que eu não estou mortinha e enterrada como estão pensando!! 

Na manhã seguinte, eu não consegui acordar tão cedo. Na verdade, eu sempre sou acordada por Petúnia, então como ninguém me chamou aos berros, acordei com um calmo e gentil Harry me chamando. Isso é maravilhoso

Depois que me arrumei, fomos para o beco diagonal. Abri a carta e vi que precisaríamos de coisas como um caldeirão, vestes pretas, um chapéu pontudo, uma pena, uma varinha e entre outros. E eu poderia ter uma coruja, ou um gato ou um sapo. Vou adorar ter uma coruja!! Já sei até que nome darei, Athena, para representar a sabedoria da Deusa grega.

Pela primeira vez na vida, eu fui para Londres!! Era simplesmente demais!! A única coisa que não gostei muito foi o bar chamado caldeirão furado, era um tanto quanto sujo demais, sério!

- Harry Potter! – O dono do bar exclamou – E quem é a garotinha? – Ele perguntou, atraindo a atenção da multidão que se fez a volta de nós dois

- Jenna. Jenna Potter – Me apresentei

De repente, todos começaram a querer nos cumprimentar, até mesmo um dos professores que dava aula em Hogwarts!! Fiquei meio surpresa pois eu nunca tinha tido tanta atenção na minha vida, mas até que é legal!! Hagrid depois nos explicou que o professor Quirrell era uma mente brilhante que era ótimo na teoria, mas dizem que ele foi estudar na prática e encontrou um vampiro....Depois disso ele ficou gago e morre de medo da própria sombra.

Por fim, conseguimos ir para o fundo do bar. Onde havia um muro sem pintar, apenas com os tijolos. Hagrid bateu algumas vezes em tijolos diferentes com o guarda-chuva, fazendo o ultimo a ser tocado virar um buraquinho que foi aumentando mais e mais, até podermos ver várias e várias lojas, com diferentes pessoas indo de um lugar ao outro.

Eu definitivamente, amei este mundo mágico. 


Notas Finais


O que acharam?Comentem!!

Até logo

Kisses
*3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...