História A irmã de Potter - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lord Voldemort, Minerva Mcgonagall, Personagens Originais, Ronald Weasley, Severo Snape
Tags Draco, Drama, Harry Potter, Irmã De Harry Potter, Severus Snape
Exibições 61
Palavras 1.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aqui está outro capítulo
Eu sei que demorei e peço mil desculpas, mas estou em tempo de provas e não está sendo fácil :/
Peço que não desistam da minha fanfic e prometo que nas férias de natal irei tentar escrever com muita mais frequência.

Capítulo 10 - O duelo à meia noite


Fanfic / Fanfiction A irmã de Potter - Capítulo 10 - O duelo à meia noite

Depois de comer, Harry e Ron foram para os Jardins treinar feitiços enquanto Ellie se dirigiu para o salão comunal onde se encontravam Dean, Mir e Brianna.

Ellie acabara de entrar para o salão quando Mir correu em sua direcção e a abraçou fazendo a menina quase tombar.

- Eu sabia!! Eu sabia que iria entrar- gritou Mir para Ellie fazendo a menina sorrir.

- Parabéns! Viu não precisava de ficar nervosa- disse Dean, abraçando Ellie.

- Bem, você sabe como eu sou- disse sorrindo.

Mesmo Ellie tentando esconder Mir e Dean conseguiam perceber que a menina estava escondendo alguma coisa, mas não tocaram muito no assunto.

***********************************************

Já passava das 11:30 quando Ellie decidiu ir para sala dos troféus ter com Harry e Ron. A menina saiu do dormitório tentando fazer o menor barulho possível e quando estava saindo do salão ouviu alguém.

- Ellie? Onde você vai- perguntou Mir, com um olhar curioso, assustando Ellie de morte.

- Mir?...por Merlin o que está fazendo aqui? - perguntou Ellie tentando recuperar do susto.

-Isso pergunto eu…- respondeu Mir com cara de curiosidade.

-Mir eu juro que depois explico! Tenho de ir ajudar Harry- respondeu com rapidez.

- Temos um plano? – perguntou Mir que estava agora no lado de Ellie.

- Temos?...oh não, eu sei o que você está pensando e não…nem pense em me seguir, não quero que arranje problemas por minha culpa- dito isso Ellie continuou andando saindo do salão.

- Oh não, nem pense!- falou Ellie com ironia, saindo também do salão.

-Mir, não!- disse Ellie irritada- fique aí, por favor.

- Ellie pare, pare de querer sempre enfrentar as coisas sozinha- disse Mir, agarrando Ellie pelo braço- Eu sou sua amiga e por isso me desculpe se me preocupo com você.

- Pronto está bem! – falou Ellie revirando um poucos os olhos- mas se formos apanhadas pelo Filch não diga que não te avisei!

Dito isso, as duas Sonserinas correram para sala dos troféus e quando lá chegaram já se encontravam Harry e Ron junto com Hermione e Neville.

- Harry? - Chamou Ellie antes de o ver com Ron.

- Ellie?!- disse Harry que se havia assustado- o que está aqui fazendo?

- Podia ter vindo mais gente, não! -falou Mir com ironia tentando animar o ambiente.

- Ajudando você claro. Draco é esperto. Se você acha mesmo que ele vai aparecer está enganado, ele quer que você seja apanhado pelo Filch- disse Ellie, falando baixo com medo que Filch ouvisse- Vamos Harry, ele não vai aparecer.

Então uma batida na sala ao lado os sobressaltou, Ellie acabara de erguer a varinha quando ouviram alguém falar e não era Draco.

— Vá farejando, minha querida, eles podem estar escondidos em algum canto.

Era Filch falando com Madame Nor-r-ra. Em pânico, Harry fez sinais frenéticos para os outros três o seguirem o mais depressa possível, e fugiram silenciosos em direcção à porta mais distante da voz de Filch. As vestes de Neville mal tinham acabado de passar a curva quando ouviram Filch entrar na sala dos troféus.

-Eles estão por aqui- ouviram-no resmungar- provavelmente escondidos.

-Por aqui! - disse Harry, apenas mexendo a boca, para os outros e, petrificados, eles começaram a descer uma longa galeria cheia de armaduras.

Neville de repente, soltou um guincho assustado e saiu correndo, mas tropeçou, agarrou Rony pela cintura e os dois desabaram em cima de uma armadura.

A queda e o estrépito foram suficientes para acordar o castelo inteiro.

-CORRAM! - gritou Harry e os cinco fugiram pela galeria, sem virar a cabeça para ver se Filch os seguia. Harry ia na frente e o resto do grupo simplesmente o seguia sem a menor ideia de onde estavam nem que direcção tomava.

— Acho que o despistamos — falou Ellie cansada e assustada- Eu... Disse... A vocês — Falou Ellie sem fôlego- Eu disse a…vocês que…Draco não…iria aparecer

-Temos de voltar à torre de Grifinória — lembrou Rony-mais rápido possível.

- E nós para o salão da Sonserina – relembrou Mir- mas como? O nosso salão fica nos calabouços…Filch vai nos ver.

-Draco enganou você — disse Hermione a Harry- Já percebeu isso, não? Não ia enfrentar você. Filch sabia que alguém ia estar na sala dos troféus. Draco deve ter contado a ele.

Harry achou que ela provavelmente tinha razão, mas não ia dar o braço a torcer.

- Vamos, temos que nos separar- falou Ellie ignorando Hermione- Ellie vá para o seu salão mas cuidado com o Filch e ainda mais cuidado com Madame Nor-r-ra.

- Err odeio aquele bicho, com aqueles olhos vermelhos...- acrescentou Ron, dando em seguida um arrepio por se lembrar da gata de Filch. Aquela gata dava-lhe pesadelos.

- Por Merlin, simplesmente vamos. A menos que queiram ser apanhados pelo Filch sugiro que não fiquemos aqui parados! – disse Hermione, irritada. “se eu for expulsa por isto…” pensava a menina cada vez mais preocupada.

- Harry se cuida e por favor, não deixe que filch vos apanhe- disse Ellie já ganhando fôlego e Harry assentiu.

Ellie e Mir se haviam separado do grupo e estavam agora indo em direcção aos calabouços. Enquanto andavam começaram a ouvir passos vindo do fundo do corredor.

- Apareçam agora, pestes! - era Filch, de novo.

- Por Merlin será que ele não dorme! - disse Mir assustada.

- Por aqui! – disse Ellie baixinho, agarrando a mão de Mir.

As duas correram até aos calabouços mas quando lá chegaram já se encontrava Filch e Madame Nor-r-ra. 

- VOCÊS! SABEM O QUANTO ME FIZERAM CORRER?!- gritou Filch correndo em direcção ás Sonserinas, recuperando o fôlego- onde estão os outros?

-Err…e..- Ellie estava congelada, se lhe perguntassem pelo nome não saberia responder.

-FALEM!- gritou Filch novamente agarrando Ellie e Mir pelas capas.

Foi então que do fundo do corredor se voltaram a ouvir passos cada vez mais próximos até que finalmente se pode ver quem era.

- Professor Snape! – falou Filch com cara de espanto, largando logo as capas.

- Posso saber o porque desta algazarra toda?!- perguntou Snape com cara de poucos amigos.

- Estas duas pestes estavam na sala dos troféus provavelmente planeando algo e não estavam sozinhas- respondeu Filch.

- Quem mais estava com vocês? E que raios estavam vocês fazendo? – perguntou Snape olhando para as duas Sonserinas.

As duas Sonserinas nada disseram, fazendo Filch ficar ainda mais enervado.

- Não ouviram pestes?! Respondam- falou Filch sem obter resposta por parte das garotas.

- Muito bem então…não falam, irão levar detenção- falou Snape, tentando fazer com que Ellie e Mir falassem o que novamente não aconteceu.

- Acho muito bem! – falou Filch- Você, garota, amanhã me encontre no final das aulas na casa das corujas, irá limpar cocó de coruja até aprender à respeitar as regras!- disse Filch para Mir, com um sorriso malvado.

- Você me encontre na sala de poções à mesma hora- falou snape para Ellie, bem sério.

A duas garotas se olhavam seriamente. No que se haviam metido.

- Agora voltem para o salão, imediatamente- Falou Snape e as duas assentiram.

Dito isso Snape se virou e foi embora e Filch logo o seguiu.

- Vamos querida Nor-r-ra- falou Filch dando uma festa na sua gata.

Ellie e Mir então se dirigiram para os dormitórios.

- Óptimo, apanhar cocó de coruja com o Filch, sonho tornado realidade- disse Mir dando uma pequena gargalhada. Só mesmo ela para rir depois do que acabara de acontecer.

- Eu avisei você- acrescentou Ellie- Sério, como você pode rir depois do que aconteceu? - perguntou Ellie vendo Mir rindo.

- Valá, tem que admitir, a cara do Filch enervado é de partir a rir... Por momentos pensei que a sua dentadura fosse cair enquanto ralhava connosco.

-Mir sério, você não tem cura- falou Ellie deixando escapar um sorriso.

As duas garotas se dirigiram ao salão e em seguida ao dormitório onde todos estavam dormindo e fazendo o menor barulho possivel se deitaram também.

**************************************

A noite havia passado e Ellie havia acordado tarde, o que era raro pois a menina quase sempre acordara antes de todos.

Depois de se encontrarem com Dean, Ellie e Mir foram tomar o pequeno almoço. Ao entrar no salão já quase toda gente se encontrava lá, inclusive os professores.

- Ellie... oi! – havia falado alguém e quando Ellie se virou e viu quem era só lhe apetecia lançar um avada kedavra nessa pessoa… 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, bjs :) <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...