História A irmã de Taylor Caniff - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Brent Rivera, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Christian Collins, Crawford Collins, Hayes Grier, Hunter Rowland, Jack & Jack, Jacob Whitesides, Luke Evans, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sam "Wilk" Wilkinson, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Brent Rivera, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Christian Collins, Crawford Collins, Hayes Grier, Hunter Rowland, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Luke Evans, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Taylor Caniff
Tags Magcon Nashgrier Taylorcaniff Irmaos Magconboys Romance Hayes Camerondallas
Exibições 122
Palavras 444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Pensar sozinha faz bem.


Louise Narrando

Fui pra área da casa e não demorou muito o Nash apareceu la e sentou do meu lado.
-  O que esta acontecendo? - ele fala olhando para mim.
-  Ta falando do que?
-  O Taylor e o Hayes só faltaram me baterem hoje cedo.
-  O Taylor anda meio bravo comigo por causa dessa história minha sua, ainda mais que a gente anda brigando muito.
-  Mas se a gente está brigando a culpa é do Carter, ele que se intromete onde ninguém chama.
-  Nash, ele não é assim, e você não tem direito de falar dele assim - eu falo e ele me olha com raiva.
-  Ué Louise, vai defender o seu " Amiguinho" agora? - ele disse fazendo aspas em amiguinho.
-  Eu to defendendo ele da mesma maneira que eu defenderia qualquer um dos meus amigos.
-  E você acha que eu acredito nisso? Louise para de ser tonta, ele gosta de você e você sabe muito bem disso, todo mundo sabe.
- Isso não significa nada Nash, para de por a a culpa dos seus erros nos outros.
-  Eu que to errado? - ele levanta e olha pra mim bravo - Quer saber Louise, vamos acabar com essa história logo, não ia dar certo mesmo, aproveita agora e pode ir correndo pros braços do Carter, deve ter sido isso que você quiz desde sempre não é, passar bem Louise - ele disse voltando pra dentro e me deixando ali sozinha.

Eu fiquei ali assimilando tudo o que ele disse, não tinhamos nada sério eu sei, mas isso não da liberdade pra ele pra falar como ele quizer comigo.

Fui no meu quarto, peguei meu celular e uma mochila e sai de casa.
Não tava afim de ficar lá, então resolvi ir pra praia pra aliviar a mente um pouco.

Chamei um taxi, e depois de um tempo chegamos a praia, já que não era longe.

Eu sentei na areia em uma parte que não tinha ninguém,  se eu quizesse ru podia me matar ali mesmo, não sabia nadar, tinha várias pedras, mas não era isso que eu queria.

O tempo passou muito rapido, logo o sol ja estava se pondo, e o tempo estava fechando, pelo visto iria chover logo logo, mas não quiz ir embora, decidi ficar ali mesmo....
.........
Olhei no celular e já eram quase 9 horas da noite, mas eu nem estava me importando.
Meu celular ja havia várias chamadas perdidas, várias mensagens, principalmente do Taylor tipo " Onde você está?" " Você esta bem?" " Me responde" " To preocupado com você"
Visualizei elas e não respondi nenhuma.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...