História A irmã do meu melhor amigo! - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Priya, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Castiel
Visualizações 165
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala ai galera blz na maciota?
BOA LEITURA...

Capítulo 4 - E por acaso eu disse que era?


POV-Castiel.

Seu sorriso debochado aumentou:

-Lysandre...-ela falou com um falso tom de  repreensão, movendo seu olhar hora para mim,hora para ele-Por que você não me avisou que trairia sua namorada aqui? Eu teria despachado esses demônios antes de vocês chegarem.-COMO É? 

-O único demônio aqui é você,belzebu.-uma garota de cabelos grandes e brancos gritou de dentro da piscina,fazendo com que olhasemos para ela.

-Pode me chamar de Katryna. (Entendedores entenderão.)-A garota falou e seu sorriso mudou de debochado para convencido.

-Puta que me pariu de quatro no Titanic-A garota falou batendo a mão na testa.-Só não sai beijando gente loira. (Entendedores entenderão,de novo.)

-Espere um minuto ai-eu disse e seus olhos verdes me encararam.-Eu não sou namorada do seu irmão.

-E por acaso eu disse que era você?-ela disse aumentando seu sorriso debochado e todas as pessoas ali começaram a rir.

-Bom,-Lysandre se pronunciou controlando a risada,filho de uma boa mãe.-brincadeiras a parte,é sério Kira precisamos da sua ajuda.

-Você sabe que eu nunca gostei de me meter com essa sua agência ai.-seu sorriso apagou e ela logo ficou séria.

-Mas você sempre se interessou pelo caso Medusa.-ela o olhou meio desconfiada.

-Caso Medusa?...Sério?

-Obviamente.

- AI CAMBADA-Ela gritou e todos a olharam.-TODO MUNDO PRA CASA PEGAR SEUS EQUIPAMENTOS E AS CINCO E MEIA QUERO TODO MUNDO AQUI.

-oxe, porque ?-A outra pessoa que estava na piscina perguntou ja saindo da mesa,um garoto de cabelo azul,ele usava uma sunga azul marinho forte e seu corpo não era o que poderíamos dizer "atraente".

-Duas palavras:Caso Medusa.-Ela disse o olhando com um sorrisinho. 

-Você ta brincado.-ele disse com a boca em um perfeito "O".

-Olha a minha cara de quem ta rindo.-ela desafiou ficando seria novamente. 

-PUTA QUE PARIU.-Ele gritou e saiu correndo,seguido pelos demais.

Depois disso todos nós entramos para dentro da casa,todos nós sentamos e começamos a conversar com a exceção de Kira que apenas se sentou em uma poltrona de couro preto e começou a ler Romeu e Julieta.

Eu comecei a analisar, era óbvio até demais que ela não era como as outras garotas de quinze anos,pra começar com a altura dela e o perfil do rosto eu daria no máximo dezoito anos para ela,mas objetivo corpo ultrapassava uma mulher de vinte, isso com certeza,os lábios carnudos,os seios fartos,a bunda no tamanho perfeito, mesmo assim ao meu ver ela parecia a coisa mais frágil do mundo, e por último mas não menos importante,os olhos verdes brilhantes que me deixaram ipnotisado,eram tão expressivos mas ao mesmo tempo tão vazio e a minha vontade era por algo para preencher aquele vazio:

-E você Castiel?-ouvi uma voz ao longe.

-Hã?-eu disse virando rápido a minha cabeça na direção da voz.

-Credo cara tudo bem ai?-Kim perguntou visivelmente curiosa.

-Claro que está tudo bem,-eu respondi me sentando melhor na cadeira e arrumando meu terno.-por que não estaria?

-Não é hora de brigar não é mesmo.-Lysandre perguntou ou melhor afirmou olhando de mim para Kim.-Nós perguntamos se você acha melhor começarmos pelas gangues mais fracas ou as mais fortes?-Ele me explicou com seu olhar em mim.

-Acho melhor começarmos com as mais fortes.-eu respondi.

-Você quer dizer as suas mais fortes ou as minhas?-Ouvi a voz de Kira atrás de mim e a olhei,ela estava com aquele sorrisinho demonstrando deboche novamente.

-o que você quer dizer com isso?-Kim perguntou com o cenho franzido. 

-Eu sei a pirâmide de gangues que vocês tem, as mais fracas são os peões, sem são mandados por alguém e as mais fortes que vocês conhesem vocês gostam de chamar de Torre,nunca entendi o por que de não ter cavalos também. 

-Tá e daí?-Kentin perguntou e ela aumentou o sorriso.

-E daí,pequeno gafanhoto, é que vocês conhecem os peões e as torres-ela respondeu desta vez me olhando nos olhos.-E eu conheço os bispos,os reis e as mais fortes de todas... A rainha.



Notas Finais


Valeu e...



FUI...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...