História A irmã do meu melhor amigo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts Taehyung
Visualizações 40
Palavras 1.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


espero que gostem <3

Capítulo 2 - 2


Fanfic / Fanfiction A irmã do meu melhor amigo - Capítulo 2 - 2

POV Taehyung

- Como assim você tem uma irmã e nunca me contou? Logo eu? Seu melhor amigo.- falei ainda indignado.

Depois da tal Lua ter aparecido, ela só me cumprimentou e saiu do quarto. Bom, eu confesso que ela é bonita... Bem bonita, mas isso a gente deixa em off.

Yoongi- Eu ia te contar, porque ela disse semana passada que ia voltar, mas eu acabei esquecendo.

- Tinha que ser você.

Yoongi- E também, ela ficou muito tempo fora que até esqueci da existência dela.

- Que belo irmão você.- comecei a rir e ele riu.

Yoongi- Claro que eu sou, mas vai... Você achou ela bonitinha, né?

- Oxe, por que tá perguntando isso?

Yoongi- Por que você não parou de olhar pra ela, oras.- revirou os olhos.

- Tá, achei ela bonita.

Yoongi- É claro, puxou o lindão aqui.- falou batendo no peito orgulhoso e ri dele.

- Mas por que ela ficou tanto tempo fora?

Yoongi- Ah, ela foi pro Brasil, sempre teve vontade de ir pra lá e essas coisas... Aí acabou ficando muito tempo por lá e resolveu voltar só agora.- deu de ombros.

- Ata, entendi...

Yoongi- Vamos descer, estou morrendo de fome.

- Também estou.- ouvi minha barriga roncar.

Yoongi- Oxe, que que foi isso?- apontei pra minha barriga- Tá acontecendo um terremoto aí? Tem uma baleia aí dentro? Credo.- dei um tapa em seu braço e ri.

- Você é doido, Min Yoongi.

Yoongi- Você também, Kim Taehyung.

Descemos e fomos até a cozinha, senti um cheiro tão bom e já sabia o que era. As famosas panquecas da tia Yang. Me desculpa mãe, mas essas panquecas são as melhores.

Me sentei na cadeira e Lua estava lá, ela me olhou e eu olhei pra ela, seu cabelo castanho é tão lindo, seu sorriso também foi a melhor coisa que já vi em mi... Espera, no que estou pensando? Aquieta Taehyung, você nem conhece a menina direito.

Lua- Então, conhece meu irmão a quanto tempo?

- Conheci ele ano retrasado.

Lua- Como consegue aguentar essa peste?- apontou pro Yoongi que olhou pra ela com cara de cu.

Yoongi- Peste é você menina, tu me respeita que eu sou mais velho.- falou e ri.

Lua- Aí nossa, desculpa aí idoso.

- O amor de vocês me emociona.- falei rindo e eles riram.

Yang- Esses dois brigam, mas se amam.

Lua- Verdade, melhor irmão do mundo.

Yoongi- Até porque eu sou o único, né.- Lua deu um tapa em seu braço e ele começou a dar risada.

Yang- Olha, olha, panquecas chegando.- colocou um prato cheio de panquecas, parece que eu estou no paraíso.

Lua- Da pra perceber pelo seu olhar, que você ama panquecas.- falou pra mim e ri.

- Demais, as panquecas da tia Yang então... São únicas.

Yoongi- Verdade, a comida da minha mãe é tão boa, não é atoa que ela é dona de um restaurante.

Lua- Verdade, eu já estava sentindo saudades da comida dela.

Yang- Assim eu me emociono, gente.- falou e rimos- Falando em restaurante, vou ter que ir pra lá agora, juízo vocês três em.- falou, mandou beijinhos no ar e depois saiu.

Lua- E aí? Vamos fazer uma festa.

- Opa, claro.

Yoongi- Cês é doido, quero ninguém na minha casa.

Lua- Af Yoon, você continua chato.- falou e rimos.

Yoongi- Que chato o que, eu sou um amor.

- É mesmo, um amorzinho de pessoa.- apertei suas bochechas.

Lua- Vocês dois namoram?- perguntou confusa e olhei pra ela, Yoongi ficou vermelho e eu cai no chão de tanto rir- Mas o que?

Yoongi- Tá doida? Eu sou hétero, não namoro ele não.

Lua- Mas gosta dele, né? Seu rosto tá todo vermelhinho, hum.

Yoongi- Pelo amor, para.

- Eu tô morrendo de rir.- falei me levantando do chão e sequei minhas lágrimas.

Lua- Nossa, foi tão engraçado o que eu falei? Tô me sentindo uma comediante.- falou com uma voz engraçada e sorrindo, todos nós rimos e comemos a panqueca.

Acho que se eu pudesse, comeria panqueca toda hora, porque eu não nunca enjoo. Eu sou louco por panquecas, acho que já deu pra perceber isso né.

Depois de encher o buxo, resolvemos ir pra sala jogar videogame, Lua e eu escolhemos um jogo que parece ser legal, e o Yoongi... Escolheu dormir, como sempre. Eu não sei da onde ele tira tanto sono.

Eu e a Lua passamos a tarde toda jogando vários jogos, ela é uma menina bem divertida e alegre, bom... Um pouco tipo muito estressada, toda vez que ela perdia pra mim, ela brigava comigo... Tinha que ser irmã do Yoongi.

Já era tarde, então resolvi ir embora, minha mãe deve estar preocupada comigo. 

- Bom, eu já vou indo.

Lua- Ah, sério? Por que não dorme aqui? Adorei jogar com você, aí a gente podia assistir anime juntos.- falou sorridente e ri bagunçando seu cabelo.

- Desculpa pequena, mas eu tenho mesmo que ir.- ela fez um bico e sorri.

Lua- Ok ok.

- Até mais.- beijei sua testa- Até mais Yoongi, quer um beijinho também?

Yoongi- Af seu... Seu... Berinjela.

Lua/eu- Berinjela?- perguntamos juntos.

Yoongi- Eu tinha nada pra falar, deu branco.- rimos e me despedi.

Sai da casa deles e fui até a minha. 

(...)

Mãe- Hum, tá com nova namoradinha, né?

- Mãe, não inventa, acabei de conhecer ela.- falei enquanto comia.

Mãe- Aí tá bom.- riu e mexeu em meu cabelo- Vou dormir, tá? Tô muito cansada.

Realmente, minha mãe está com uma cara que meu Deus.

- Por que a senhora chega tão cansada e com essa cara de morta?- ela riu baixinho.

Mãe- Eu só trabalho muito, e você sabe que me esforço muito pra fazer um bom trabalho, até porque precisamos dessa grana.

- Sim... Vai lá dormir, descanse bem.- dei um beijinho em sua testa e ela subiu.

Desde que meu pai faleceu, eu e minha mãe passamos por momentos difíceis, minha mãe arranjou um emprego, mas nunca me contou que tipo de emprego é... Mas da pra perceber que é bem trabalhoso, pois todo dia ela chega destruída.

Ela se esforça tanto, queria arranjar um jeito pra... Poxa Taehyung, seu anta.

Eu posso começar a trabalhar, certo? Isso, eu vou arranjar um emprego pra mim, quero muito mesmo ajudar minha mãe... Mas agora, eu só quero saber é da minha cama.

*continua*


Notas Finais


e esse foi o capítulo de hoje varaaaau
se ter algum erro, me desculpem rs
beijinhos meus amores aaaa <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...