História A irmã dos Sakamakis - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Ayato, Drama, Kanato, Kou, Laito, Mistério, Reiji, Shuu, Subaru, Suspense
Exibições 218
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii meus amores tudo bom com 6? muito obrigada pelos 20 favoritos ^-^ minha amoras shahhsahsa

Capítulo 4 - Capitulo III


                                                                                                Pov Ayato

Cheguei ao são principal, meus olhos varreram o lugar nem menos de segundos procurando Shiroi, Shuu deitado no sofá escutando suas musicas com seu par de fones inseparáveis, Kanato brincava com Teddy, meus olhos pararam no canto do salão e lá estava ela com seus olhos verdes brilhantes, ela conversava com Reiji que tomava chá enquanto lia algo e ao mesmo tempo conversava com Shiroi. Ao longe percebi que aquelas mãozinhas tinham crescido e quanto seu cabelo tinha mudado de um tom de vermelho claro a um tom escuro, sua pele ainda mais clara que antes.

Notei que ela me olhava atentamente, como se quisesse saber o porquê que eu a olhava daquela maneira, atravessei lentamente o salão ate chegar ao seu encontro, vi que ela bebia um chá vermelho que provavelmente Reiji tinha feito para ela.

—Oque quer Ayato? —pergunta Reiji me olhando por cima do livro

—falar com a Shiroi —ela faz um expressão de surpresa

—tudo bem......—ele se levanta e antes de ir embora se vira —obrigada pelo chá Shiroi você tem que me ensinar a faze-lo, e o livro é ótimo —ela assentiu com a cabeça e ele se distanciou

—oque quer? —perguntou encarando o chão

—podemos falar disso em outro lugar....menos cheio

Ela concordou, me levantei e fui em direção ao meu quarto, o caminho até meu quarto foi bem estranho ela estava calada demais para ser a Shiroi que eu conhecia, normalmente ela não parava de falar até estamos de saco cheio e a mandar calar a boca. Abri a porta do meu quarto e entrei, Shiroi entrou logo atrás de mim e foi em direção a minha cama onde se sentou e me encarou pela primeira vez, me senti estranho sendo encarado por ela, era como ela soubesse tudo oque tínhamos a falar

—fale logo eu não quero ficar muito tempo aqui..—ela olhou no fundo dos meus olhos

—sobre oque você viu hoje..—ela me interrompeu

—nos somos vampiros Ayato é oque fazemos sugamos outras pessoas, não precisa explicar não sou tão burra assim —ela desviou o olhar para cima de minha cômoda —só isso? —me sentei ao lado dela na cama

—bom mas não é só isso que ia te perguntar , por onde você esteve esse anos? —perguntei mesmo sabendo que ela não revelaria isso para mim assim tão fácil

—pra quer saber....você não se importa, na verdade nunca se importou —ela se levantou e deu passos até a porta, a segurei pelo braço e a puxei contra mim com toda minha força fazendo o corpo dela “colar” ao meu, cheguei perto de seu ouvido

—eu sei que você ainda sente raiva de mim dês daquela noite.......—por um momento pensei em pedir desculpa para ela mas era como se essa palavra saísse pela minha boca eu ia morrer “droga sou muito orgulhoso para isso” Ayato sentiu seu corpo ficar mais leve e quando percebeu Shiroi tinha desaparecido

                                                                     Pov Shiroi

Eu sabia que ele era orgulhoso de mais para me pedir desculpas logo me tele transportei para qualquer lugar da casa, quando olhei arredor era o quarto onde guardávamos na época os livros uma mini biblioteca, na hora senti meu coração apertar pois ali tinha sido o local importante

*Flashback

A pequenina criatura de cabelos ruivos corria pelo corredor da grande mansão junto com seus outros irmãos Kanato e Laito, enquanto Ayato apoiado em uma parede com seus olhos fechados contava bem alto

 —1...2...3 —Shiroi era a mais rápida de todos e logo chegou a biblioteca, Laito se escondeu no quarto de Cordelia e Kanato tinha descido ao jardim, Sua vontade era de se esconder em cima de uma prateleira mas se caísse de lá o tombo seria feio e a bronca também, ela se abaixou e seu escondeu em  baixo da mesa que ficava no centro da biblioteca

—lá vou eu —grita Ayato enquanto usava seu nariz para sentir o cheiro de seus irmãos, mesmo só tendo 9 anos seu olfato  era bem desenvolvido

Ayato logo sentiu o cheiro de Shiroi e foi correndo para a biblioteca, Shiroi percebendo sua presença engatinhou para baixo de outra mesa, Ayato percebeu que algo tinha se mexido e foi olhar e avistou Shiroi, Ela saiu correndo e acabou esbarando em uma prateleira, um livro grande e pesado caiu lá de cima no reflexo Shiroi se encolheu no chão e fechou seus olhos, Ayato segurou o livro antes que ele caísse na cabeça de Shiroi, ela olhou pra cima com seus olhos cheios de lagrimas , ele colocou o livro no chão e se aproximou de Shiroi

—está tudo bem —ele a abraça —eu sempre irei te proteger! —ele sabia que oque cordelha dizia era verdade, Shiroi era a mais sensível entre eles ela tinha seu corpo frágil e quase nunca podia brincar com eles no jardim porem era a mais poderosa tinha os poderes de um demônio mas seu corpo ainda não estava pronto pra suportar tanto poder

*flashback off

—Shiroi....—Me virei me tirando de minha lembranças e vi Reiji estava segurando uma carta, ele parecia esta meio tenso e bravo com algo

—sim?

—vamos ter uma reunião agora precisamos que você também esteja lá...—pelo jeito que ele falou era ao serio

—O.K

                                                                                                        Pov Yui

Eu estava no salão principal deitada olhando para o teto, jogo viu Shuu chegar e deitar no sofá ao lado, em seguida Laito ele estava arrumando seu Hats e me olhava como se estivesse me devorando ele piscou para mim senti meu corpo gelar, Kanato entrou segurando seu ursinho e se sentou na poltrona e colocou Teddy em seu colo , Reiji chegou junto a garota na qual eu não me lembro o nome, ela tinha os olhos cravados em mim isso me deu um sento desconforto ela tinha quase me engolido viva a dois dias atrás .Ela sentou no braço da poltrona na qual estava Laito ele comentou algo com ela que eu não escutei logo em seguida ela fala algo e os dois começam a rir pelo visto eles se davam bem...Muito bem, Ayato apareceu do meu lado ele olhava para sua irmã ela olhou rapidamente e desvio o olhar, me pergunto o porque dessas famílias terem tantos segredos, Reiji se pronunciou a Frente com uma Carta em sua mão

—hoje recebemos uma carta dos tsukinami — Eu já vi Reiji falar deles antes pelo que eu vi eles fazem parte da Família principal ele prosseguiu —Os Víboras se juntaram com os Werewolf na intenção de fazer acordo com os Demônios, ainda não sabemos se eles concordaram com acordo mas isso pode ser uma ameaça

—por que seria uma ameaça? —pergunta Surubaru eu nem tinha visto ele chegar

—Porque os Demônios e os Víboras tem uma velha rivalidade com os Vampiros, juntos eles podem acabar com os vampiros de vez e ficar no poder —explica Shiroi

—fico surpreso que você saiba disso Shiroi —ela da um sorriso olha para Ayato e dá um sorriso de provocação —me pareceu que ele e ela gostavam de se provocar

—oque faremos então? —perguntou Shuu olhando para o teto

—esperaremos e vejamos se o acordo vai ser aceito —Reiji saiu do salão


Notas Finais


Obrigadinha por ler e fiquem com Kami


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...