História A irmã dos Sakamakis - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Ayato, Drama, Kanato, Kou, Laito, Mistério, Reiji, Shuu, Subaru, Suspense
Exibições 183
Palavras 1.034
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii meus amores tudo bom com 6? mais um capítulo que acabou de sair do "forno" ops do word pra vcs

Capítulo 5 - Capítulo IV


Fanfic / Fanfiction A irmã dos Sakamakis - Capítulo 5 - Capítulo IV

Quando me dei conta todos aviam saído do salão, Apenas tinha ficado eu e Kanato, ele arrumava o tapa olho de  Teddy

—Kanato-kun..

—hum —ele me respondeu sem me olhar ainda concentrado em Teddy

—Quem te deu o Teddy? —assim que terminei a frase ele me olhou assustado

—para que você quer saber? —perguntou em um tom frio e grosso

—Desculpe....—ele riu e continuou

—Não precisa se desculpar sua idiota eu conto para você

*Flashback

Kanato estava em seu quarto, do lado de fora da janela caia uma chuva que deixava o pequeno assustado, a cada trovão que caia ele se encolhia mais embaixo de suas coberta, o pequeno suava e tremia de medo ele sempre teve medo de trovoes, seus olhos estavam fechados e seus dentes batiam uns nos outros ele estava sozinho naquela noite sombria e chuvosa, ele juntou coragem e se levantou enrolado em sua coberta, ele se dirigiu ate o quarto de sua mãe na esperança que ela o acolhesse quando chegasse lá ,Kanato parou em frente a porta da mãe e bateu duas vezes

—MAS QUEM ESTÁ ME PERTUBANDO ESSA HORA! —ela Gritava furiosa do outro lado da porta que logo em seguida se abre e mostra a face de cordelia ela tinha seus cabelos roxos e olhos da cor de perolas usava um roupão preto e encava o seu filho —OQUE FAZ AQUI DEVEREIA ESTÁ DORMINDO! —ela pergunta enfurecida

—eu não consigo dormir mamãe —diz o pequeno assustado

—EU NÃO POSSO FAZER NADA, VOCÊ JÁ É UM HOMEM TEM QUE SE VIRAR SOZINHO...AGORA SUMA DAQUI!! —ela fecha porta com toda sua força

Decepcionado Kanato vai voltando para seu quarto quando ver as luzes do quarto de sua irmã aceso, ele vai até lá e coloca suas mão na maçaneta fria, ele a vira e a porta de Shiroi abre revelando seu quarto. Ele era todo arrumado com um papel de parede rosa, sua cama enorme com bichinhos de pelúcia por toda parte, Shiroi estava se olhando no espelho ela analisava uma mancha roxa em seu ombro logo em baixo tinha um corte imenso quase cicatrizado ela o tocava e fazia uma expressão de dor a cada toque, ao perceber que tinha alguém a observando ela esconde a mancha roxa e olha para a porta

—oque faz aqui essa hora Kanato? —ela pergunta o olhando pelo espelho

—eu não consigo dormir...—ela se vira e o encara

—certo....se a cordelia te pegar aqui ela vai nos açoitar...mas eu posso te ajudar —ela dar um grande sorriso e Kanato se sente feliz

Ela senta em sua cama e faz sinal para que Kanato fizesse o mesmo

—Quando eu não consigo dormir.......bem eu quase nunca durmo então acho que não entendo sua situação mas acho que oque eu tenho vai resolver —ela se levantou e procurou com seus olhos algo em volta do quarto —aqui está ele diz ela pegando em cima de sua cômoda um bichinho de pelúcia —isso deve te ajudar a dormir..—ela o entregou a Kanato que o analisou

—como isso vai me ajudar a dormir? —disse olhando para o urso pirata

—abrace ele ai não vai se sentir sozinho.....né Teddy —ela disse olhando para o urso

—Teddy..........—pronunciou Kanato impressionado —Obrigada Shiroi...você é a melhor irmã do mundooo —ela deu um sorriso e beijou a testa de Kanato que a abraçou forte

*flashback off

—uau! Shiroi é mesmo uma boa irmã...—falei quando percebi que não tinha mais ninguém

Fui andando de volta ao meu quarto, no corredor parei em frente a uma grande janela que dava uma bela vista para o jardim, cheguei mais perto e apoie minha mão  na madeira fria que ficava em volta da janela. No jardim estava Shiroi junto a Surubaru eles pareciam olhar as rosas brancas que Surubaru tanto cuidava, ela pega uma rosa e logo retrai sua mão e coloca na boca, Surubaru segura a mão dela e olha para seu dedo e da uma pequena lambida ela da uma risada e coloca sua mão no ombro de Surubaru

—Ela sempre foi muito extrovertida...—olho para meu lado e lá estava Laito olhando para o jardim —Isso sempre irritava Cordelia, mas você não deve ser preocupar Bitch-chan  nos vamos sempre te amar, vejo o jeito que você olha para ela

—apenas gostaria de saber o segredos que essa família esconde —Laito me olhar com um olhar perverso

—Você só vai saber os nossos segredos se for totalmente nossa—senti meu rosto corar —mas você também pode ser totalmente minha Bitch-chan —quando percebi Laito já estava na minha frente

Tentei correr mais ele me segurou pelos braços e me empurrou contra a madeira da janela, “não fuga de mim” ele sussurrou no meu ouvido e deu uma lambida no meu pescoço que fez meu corpo arrepiar por completo, sua respiração quente no meu pescoço me deixa desconfortável, senti suas presas perfurarem meu pescoço eram como duas agulhas finas em meu pescoço, conseguia sentir meu sangue saindo do meu corpo. Laito parou de me morder e me deu outro sorriso pervertido, ele se abaixou e subiu minha saia meu rosto ardia de vergonha, ele segurou minha coxa e a acariciou e seguida mordeu

—pare Laito! —disse em meio a gemidos de dor

Ele parou e olhou para o lado, ele não parou só porque eu pedi, ele parou por que Shiroi o olhava ela estava bem próxima, sua expressão era a mesma de sempre aquele rosto pálido e olhos tristes acompanhado de uma boca vermelha e um sorriso quase nulo

—você deveria levar essas atividades para o seu quarto Laito —Ela disse enquanto enrolava as pontas de seu cabelo

—junte-se a mim Shiroi —Ela o encarrou e deu um sorriso sarcástico

—prefiro morrer de fome do que morder esse sache de sangue —ela deu outro sorrisinho e saiu pelo corredor

—você é pior que a Cordelia —no momento que Laito terminou sua frase Shiroi se teleportou para a frente dele

—deixe nos a sós Yui — ela disse e eu obedeci

—Não acabamos Bitch-chan! —fala Laito, mas eu já estava longe para me preocupar com Laito, mas tinha pena dele, pela cara que Shiroi fez ia ficar ruim pro lado dele 


Notas Finais


Obrigada por ler e fique com Kami


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...