História A irmã dos Sakamakis - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Ayato, Drama, Kanato, Kou, Laito, Mistério, Reiji, Shuu, Subaru, Suspense
Exibições 104
Palavras 1.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii meus amores tudo bom com 6? aqui estou seu de novo, vou postar a fic de segunda a sexta, porem agora que ja estou de ferias vou postar um pouco mais cedo hihihihi. conseguimos chegar a marca de 30 favoritos ebaaa, vocês são de mais >///< e obrigada por me apoiarem <3. beijão e uma boa leitura

Capítulo 6 - Capítulo V


                                                               Pov Narradora

Yui foi para o salão onde ficavam os livros, lá havia grandes estantes que chegavam ao teto da mansão abarrotado com livros em sua maioria livros que não pareciam ser tocados há séculos, o pó das prateleiras fazia o nariz de Yui coçar e ficar vermelho no canto da sala tinha um piano que ficava de frente a uma grande janela, no meio da sala havia um imenso tapete e duas poltronas que já estava sendo ocupada por Reiji, ele tinha um livro de capa cinzenta em mãos

—Oque está fazendo aqui Yui? —Pergunta Reiji a olhando por cima do livro com um olhar ameaçador

—Nada... Só estava de passagem — Respondeu Yui meio assustada — Oque está lendo? —perguntou enquanto se sentava na outra poltrona em frente à Reiji

Ele colocou o livro na mesa em frente à poltrona, o livro apresentava ser velho suas paginas já estava encardidas com o passar do tempo.

—Encontrei esse diário no meio das estantes, fiquei curioso para saber oque era — Ele a encarrou e balançou a cabeça.

—Do que se trata? —Pergunto meio hesitante Yui enquanto balançava suas pernas inocentemente

—Um diário de Cordelia, ela conta aqui como desprezava Kanato, como ignorava de Ayato e mais uma serie de coisas, mas não estou nem um pouco a fim de ler nem falar sobre essa família... —Reiji se levantou e apontou para o diário — Entregue ele para Ayato ou pra alguém qualquer um daqueles quatro e veja oque deve fazer com isso — Yui afirmou com a cabeça e Reiji se retirou da sala

Muito curiosa para saber oque estava escrito naquele diário Yui se aproximou e pegou ele de cima da mesa, sua capa era dura e áspera nele tinha paginas rasgadas e muito sujas aponto dela não consegui ler, uma em especial chamou atenção de Yui ela tinha sangue em suas extremidades.

                                                           19 De Agosto 1991

Hoje foi um grande dia, progredi com minha pesquisa sobre esses seres, Eu estava na sala com Laito, Já estava quase nua junto a ele quando Shiroi entrou pela porta de uma vez, ela tinha uma expressão de espanto em seu rosto acho que estava mais assustada com oque eu ia fazer com ela do que com oque tinha acabado de ver. Lembro-me claramente ela olhando para Laito e para mim varias e varias vezes tentando processar em sua mente vazia o que estava acontecendo, eu sabia que ela não ia manter sua boca fechada e ia espalhar para todos oque tinha acabado de ver.

Shiroi era a que mais me chamava atenção, ela era misteriosa e nunca tentou chamar minha atenção como seus outros irmãos, ela nunca me chamou de mãe ou algo do tipo e sempre manteve certa distancia de mim, mas eu sabia que oque ela tinha visto era longe de mais na mente de uma criança sabia se a não castigasse ela ia falar, falar a todos sobre minha relação com Laito e com seu tio.

Peguei minhas vestes e as coloquei rapidamente, olhei de volta para a porta e aquela garota tinha sumido, corri, corri muito ate acha-la perto da escada, não tive outra escolha a não ser fazê-la “esquecer” tudo por bem o por mal. A segurei pelos cabelos compridos e ruivos enquanto ela gritava e se debatia. Laito me olhava e via o desespero de sua irmã, mas não fez anda para ajuda-la acho que ele sabia que se fizesse algo também teria o mesmo destino.

A puxei pelas suas madeixas ate a porta do porão onde guardava varias tranqueira. Abri a porta e tinham uma grande escadaria até chegar a solo firme, a segurei pelo braço e com toda a força joguei ela estada a baixo ouvi um barulho alto e amedrontador ela como um grito de dor junto com de agonia ela sabia que não devia entra antes de bater, mas foi desobediente e eu teria que ensina-la a me obedecer nem que para isso eu precise usar a dor ao meu favor.

Yui fechou o diário rápido e colocou a mão na boca, como uma mãe podia fazer isso com seus próprios filhos ela se perguntava enquanto tentava não vomitar, oque fosse que ela fez com Shiroi não era nada bom, alguém tinha que falar para aquela mulher que não era assim que ensinava uma criança.

O piano atrás de Yui começou a tocar, ela se virou rapidamente e lá estava Laito que estava sem seu chapéu, ele tocava enquanto olhava para o meio do nada.

—Eu a encontrei quase morta aquela noite....—Disse Laito olhando para Yui—Ela estava no chão do porão encolhida, me lembro bem.....Cordelia tinha arrancado suas unhas por completo e tinha batido tanto nela que suas costas estavam encharcadas de sangue......mas ela continuava sorrindo como se não houve-se nada, ela sempre foi estranha, e sorridente.

—Laito-Kun... —Pronunciou Yui ele a olhou e voltou a tocar

—Ela que me ensinou a toca piano....

*flashback

Laito olhava pela grande janela de seu quarto o jardim, na mansão se estendiam um imenso silencio quando os ouvido de Laito ouviram uma bela canção ao lado de fora de seu quarto, Laito abriu sua porta e segui-o o som que se estendia pelos corredores, ele parou em frente à porta da biblioteca onde ficava o piado e ouviu um grito vindo lá de dentro.

—SUA INUTIL! NEM UM PIANO SABE TOCAR....TANTO QUE EU ME ESFORÇO PARA QUE VOCÊ SEJA BOA MAS VOCÊ NÃO SERVE PARA NADA —Logo se ouviu um barulho vindo lá de dentro e a maçaneta da porta se girou

Laito se escondeu atrás de um jarro alto de plantas e esperou Cordeia sair de lá para entra na sala, Ao entra viu Shiroi sentada no banco em frente ao piano, ela passava suas mãozinhas em seus olhos e tentava não chorar, mas mesmo assim as palavras de Cordelia sempre a atingiam e a deixava magoada, Ela sabia que Cordelia não gostava dela que nem gostava dos seus outros filhos, mas isso não era motivo para ela a tratar assim, Laito se aproximou de Shiroi e sentou no banco ao seu lado.    

 

—Você é tão boa......gostaria de tocar igual a você —Fala na esperança de faze-la parar de se sentir mal mas ela o olha e fala

—Mas a Cordelia não me acha boa então eu não sou — Ele a abraça

—Mas ninguém liga para a opinião da cadela não é mesmo? (N/A bem porque a opinião dela não tem telefone não é mesmo) — Ela da um sorriso — Mas e agora você me ensina a tocar Shiroi-chan? —Ele pergunta dando um sorriso enquanto limpava as lagrimas que escorriam pelo rosto dela

—Claro Laito-kun

*flashback off

—mas agora ela está diferente, estranha principalmente com Ayato, acho que ele guarda magoas dele desde daquela noite...—Eu estava pronta para pergunta qual noite mas Shiroi apareceu

—Eu ouvi meu nome aqui? —Pergunta Shiroi enquanto se aproximava de Yui e Laito, em sua cabeça estava o chapéu de Laito.   


Notas Finais


Obrigada por ler e fiquem com Kami


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...