História A irmã dos Sakamakis - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Ayato, Drama, Kanato, Kou, Laito, Mistério, Reiji, Shuu, Subaru, Suspense
Exibições 143
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii meus amores tudo bom com 6? mais um capítulo novo eh! boa leitura

Capítulo 7 - Capítulo VI


Fanfic / Fanfiction A irmã dos Sakamakis - Capítulo 7 - Capítulo VI

Pov Yui

Olhei para Shiroi ela tinham um grande sorriso em seu rosto enquanto ajeitava o chapéu de Laito em sua cabeça

—Oque está fazendo aqui? —Laito perguntou olhando para ela sem parar de tocar

—Ouvi um barulho amedrontador vindo daqui, achava que era alguém matando o piano — não pude me segurar e dei uma risadinha, Shiroi tinha um ótimo senso de humor.

—Como se você toca-se melhor — Ele a desafiou

—Isso foi um desafio? Adorei! Mexa essa sua bunda e Chegue mais pra lá — ordena se sentando ao lado de Laito

Ela folheia a partitura e se ajeita no banco, estala seus dedos e os coloca sobre o teclado como uma dama, As notas começaram a pairar o ar suavemente e depois iam se tornando concretas e rápidas como uma bela canção de dormir, mas para mim aquilo já estava me deixando em depressão, Era uma musica tão bela porem tão triste ao mesmo tempo em que meus olhos começaram a marejar.

—Ei vocês dois estão querendo fazer todo mundo entrar em depressão? —Ayato apareceu ao meu lado com um passe de magica acompanhado de Kanato, Ayato olhava para Shiroi que logo desviou o olhar.

—Então sugere que tocamos oque? —perguntou Shiroi encarando as teclas do piano

—A musica de sempre......—Eu ainda não tinha entendido nada mas apenas fiquei olhando, Shiroi deu um sorriso e fez sinal para que Kanato se aproximasse

Shiroi e Laito começaram a tocar de novo porem desta vez era uma musica diferente com um ritmo mais animado, Kanato estava apoiado no piano e logo soltou a voz antando baixinho e olhava para o teto, Ayato batia o pé formando um ritmo legal, Aquela cena me trazia saudade da minha família e também eu estava surpresa eles eram tão unidos quando eram pequenos, mas agora quase não se falam mais, Eu estava encantada nunca tinha visto nem um deles tão feliz assim Ayato sorria, Kanato cantava e mexia suas mãos, Laito e Shiroi tocavam animados. Reiji entrou na sala de uma vez e todos pararam de tocar.

—Algum problema Reiji? —perguntou Kanato

—Não! Esqueci isso daqui — Diz ele segurando um livro grande que aparentemente era pesado

Ficou tudo em silencio, Minha língua coçava para perguntar onde estava Cordelia, Shiroi me encarou com seus olhos mortos e deu um sorrisinho.

—Onde está a Cordelia né Yui? —senti meu coração parar, como ela sabia que eu estava pensando nisso? Ela leu minha mente? Ela sabe oque eu estou penando? Droga pare de pensar ela vai saber tudo oque você pensa!

Todos se entreolharam e por fim olharam para mim

—C..omo você sa..be?   —Perguntei gaguejando

—hihihi segredinho. Mas eae onde anda a Cordelia? —perguntou olhando para os garotos

—Nos á matamos! —Falou Ayato orgulhoso, Shiroi deu um largo sorriso.

*Flashback

Era quase noite, Cordelia corria pela mansão assustada, Seus cabelos roxos embaraçados e bagunçados, Seu lindo vestido preto e roxo sujo de sangue na altura do peito seus braços estavam arranhados e pingava sangue de sua boca ela já estava ofegante de tanto correr pela imensa mansão. Cordelia entrou em um dos cômodos da mansão e se escondeu atrás de uma imensa mesa, Ao longe se ouvia passos, o coração de Cordelia dava saltos em seu peito à medida que os sons dos passos foram aumentando o coração dela batia mais rápido.

—Não é hora de se esconder mamãe! —diz uma voz jovem masculina

Cordelia viu o rosto daquilo que a perseguia, Ayato estava com sua blusa cheia de sangue seu rosto com uma expressão de fúria, ele segurava o diário de Cordelia em uma das mãos. Cordelia estava pasma e com medo de seu filho, ele tinha descoberto a verdade sobre oque sua mão fazia com seus irmãos e com ele. Os olhos cheios de ódio de Ayato avistaram Cordelia que tentou correr, mas caiu no chão, pois já estava fraca pela perca de sangue, Ayato se aproximou dela, que tentava rastejar pelo chão a fim de fugir de Ayato, mas tudo é em vão já que se cansa rápido e se vira para Ayato.

—Oque você quer de mim Ayato? —perguntou Cordelia em meio a suspiros de dor

—como você pode ser tão má Cadela? Você é o ser humano, mas desprezível desse mundo dos mortais! Como pode tortura-la esse tempo todo? Por isso ela vivia fraca e com manchas roxas em seu corpo, Agora eu entendo porque você nunca a deixa sair de seu quarto e brinca com a gente! Só porque ela sabia sobre você e meu tio? Ou só porque você tinha medo dela? Por que ela era a mais nova comandante da família? FALE DESGRAÇADA!!  —Ayato já estava fora de si, ele não entendia como a mãe dele podia ser tão ruim com sua própria filha.

—Ayato.....eu fiz isso para o bem dela...cof cof...você não seria capaz de entender meu filho, eu faço tudo para o bem de vocês, e você sabe que eu te amo porque você é o melhor dentre os outros, vamos Ayato você tem de entender....cof cof—Cordelia engasga-se com seu sangue  

—ENTENDER PORRA NEM UMA!! VOCÊ É UMA DESGRAÇADA! —Ele pula em cima de Cordelia e a enforca enquanto suas lagrimas escorriam pelo canto de seu rosto — Você a vendeu........para um lugar horrível.......—Cordelia de um sorriso provocador

—Só pra te lembrar de foi você que a levou a mim aquele dia—Ayato apertou o pescoço de Cordelia com mais força

Ayato saiu de cima da Cordelia, Ela estava branca e sua pele fria já não havia mais pulso ou algum sinal de vida Cordelia apenas respirava devagar estava quase morrendo, seu rosto estava sereno e pálido. Ayato deu meia volta deixando o corpo de Cordelia para trás

Os outros gêmeos foram até Cordelia e a jogaram no fundo do lago, para que nunca voltasse para a mansão.

*flashback off

Eu estava horrorizada com oque tinha acabado de ouvir, como Ayato pode ter matado a mãe tão friamente, Eu sabia que ela não era uma boa pessoa, mas não merecia morrer daquela forma, Shiroi deu um pequeno sorriso no canto do rosto e saiu da sala acompanhado de Laito e Kanato, me deixando a sós com Ayato, ele me encarava friamente senti meu corpo estremecer e dei um passo para trás, e ele se aproximou ainda me encarando. 


Notas Finais


Obrigadinha por ler e até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...