História A irmã gêmea de Soluço - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão
Tags Dragões
Exibições 15
Palavras 707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Famí­lia, Ficção, Luta, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Syline


Soluço e os outros cavaleiros de dragão estavam atacando uma frota do Viggo e libertando todos os dragões. Assim de terminar o que tinham para fazer, eles partem em retirada. Enquanto eles partiam, Viggo os ficou observando com uma cara nada amigável. Quando chega seu irmão, Ryker chega com um papel na mão e fala:

Ryker: Viggo, isso acaba de chegar para você.

Viggo, então pega o papel, que mais parecia uma carta e lê.

Ryker: Então? O que diz ai.

Viggo: É da Syline. Ela está Voltando junto de seu dragão.

Viggo começa a andar 4 passos a sua frente e fala.

Viggo: Com ela do nosso lado, podemos finalmente dar um fim nisso. Prepare uma ótima recepção, não podemos receber nossa convidada desagradavelmente. Não é maninho

Viggo entra dentro do barco e o Ryker fala um pouco com raiva.

Ryker: Como quiser irmãozinho.

Enquanto isso no domínio do dragão, Soluço e os outros companheiros estavam indo dormir, quando chega um terror correio com uma mensagem. Soluço pegou a mensagem e começa a ler

Astrid: Então, o que dragão

Soluço: E do meu pai. Ele quer falar urgentemente comigo.

Em seguida, os cavaleiros de dragão vão dormir e acórdão na manhã seguinte eles levantam e vão para berk deixando apenas Heatrer, Perna de Peixe e o Melequento no domínio do dragão. Quando eles chegam em berk, Soluço foi falar com seu pai em sua casa:

Soluço: Pai o que aconteceu?

Stoico: Isso é um pouco complicado filho mas você deve saber.

Soluço: Saber sobre o que?

Stoico anda até um armário e tira um livro.

Soluço: Que livro é esse, pai?

Stoico: Não é livro, filho, é um álbum.

Stoico senta na mesa acompanhado de Soluço. Stoico começa a mostrar pinturas de sua mãe quando grávida, para seu filho. Até que aparece uma imagem da mãe de Soluço sentada em uma cadeira com duas crianças no colo. Nessa hora, Soluço fica curioso e pergunta:

Soluço: Esse sou eu? - fala apontando para uma das crianças.

Stoico: Sim, filho, esse é você.

Soluço: E… Quem é esse?

Stoico: Essa é sua irmã gêmea.

Soluço: Minha o que?!

Stoico: Você escutou bem. Você tem uma irmã gêmea.

Nessa hora soluço levanta, surta e começa a falar e perguntar muitas coisas para seu pai:

Soluço: O que?!! Porque você não me disse nada sobre isso?! Onde esta ela?!! O que ouve com ela?!

Stoico: Uma de cada vez, vou te contar a história desde o começo.

Nessa hora soluço senta na cadeira para ouvir seu pai falar:

Stoico: A muito tempo atrás quando sua mãe estava grávida, todos na vila aguardavam a chegada do novo herdeiro de Berk. Mas não esperávamos gêmeos. Primeiro veio você, e depois de 4 minutos veio sua irmã. Sua irmã apresentou uma habilidade desde o começo, ela pressentia uma ameaça mesmo sendo uma criança.

E foi por causa dessa habilidade que ela não está mais com nois.

Soluço: Como assim o que aconteceu?!

Stoico: Quando vocês completaram 6 meses e meio, antes de sua mãe ser morta nos ataques de dragão, Berk foi invadida por uma tribo desconhecida, e sua irmã foi sequestrada.

Nessa hora Soluço começa a pregar fôlego, parecia muita coisa para ele. Então seu pai continua a falar

Stoico: Nós procuramos, procuramos, procuramos ela, mas nunca a encontramos. A única coisa que sabemos e que ela foi criada pela tribo que a sequestrou…

Soluço se mantém calado, ainda estava processando tudo isso. Então seu pai fica preocupado por ele não dizer nada e pergunta:

Stoico: Não vai dizer nada

Soluço começa a falar mas tenta se manter calmo.

Soluço: Porque… Porque você só me conta isso… agora?

Stoico: Eu não te contei antes porque era muito doloroso para mim e eu não sabia como você reagiria se descobrisse que tem uma irmã desaparecida.

Soluço (gritando): Então porque só agora pai?

Stoico: Porque nós a encontramos.

Soluço (mais Calmo): O-o  q-que?

Stoico: Bom, mais ou menos.

Soluço: como assim?

Stoico: Nós a vimos esses dias e a reconhecemos por uma marca de nascença e um colar que sua mãe deu a ela.

Stoico coloca o álbum no armário e tira um papel e o entrega a seu filho. Em seguida fala:

Stoico: Esse é um desenho dela. Estou te entregando porque sabemos que ela está em uma área próximo ao domínio do dragão. E acredito que você possa encontrá-la.

Soluço ( tentando se manter calmo): Q-qual o nome dela?

Stoico: Syline. Esse é o nome de sua irmã.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...