História A irmã mais nova dos Sakamaki - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Infantilidade, Kanato Sakamaki, Kawaii, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Mukami Brothers, Reiji Sakamaki, Romance, Ruki Mukami, Saga, Sakamaki Brothers, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tsukinami Brothers, Yui Komori, Yuma Mukami
Visualizações 821
Palavras 2.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Antes de mais nada gostaria de agradecer a todos que não desistiram da fanfic e até favoritaram mesmo ela estando em hiatus ^^

Sério obrigada a todos!

Agora... Em primeiro logar eu gostaria de esclarecer que eu não voltei de vez!

"Ah, mas como assim?" - voz fina e irritante

Acontece que eu estou na casa da minha prima e por isso estou postando alguns capítulos das minha fics (pelo menos as que tem capítulos prontos), mas eu continuo morando no apartamento da minha avó sem data de retorno.

Em segundo lugar (eu sei que isso é bem chato) gostaria que todos comentassem o que tem achado da fic. Para minha infelicidade acabei ficando muito, mas muito tempo fora mesmo e eu não sei se os capítulos vão estar bons então gostaria muito de saber o que vocês estão achando, até por que eu escrevo para vocês e não quero entregar nada bosta!

Bem... Chega de enrolação!

\(^^)/ \(^^)/ \(^^)/ \(^^)/ \(^^)/ VAMOS PRO CAPÍTULO!!!!!!!!!!!!!!! \(^^)/ \(^^)/ \(^^)/ \(^^)/ \(^^)/

Capítulo 9 - Capítulo VIII Aula e amigos novos


Fanfic / Fanfiction A irmã mais nova dos Sakamaki - Capítulo 9 - Capítulo VIII Aula e amigos novos

As reclamações incessantes de Akemi já estavam irritando, e muito, os seis vampiros que se viam obrigados a levar a irmã à escola. Após o passei ao zoológico Akemi acabou descobrindo que teria que frequentar a mesma escola que seus irmãos, ou seja, passaria a estudar a noite.

-Mas eu não quero estudar... – A voz manhosa e triste da rosada se sobrepôs a de Yui e Karl que conversavam sobre o assunto.

-Mais Akemi-chan todo mundo tem que estudar?! É muito importante para seu futuro. – Argumentou Yui tentando fazer a menor parar de chorar.

-Não quero! – Reclamou novamente fazendo Kanato e Subaru rangerem os dentes. – Não quero! Não quero! Não quero!

-ALGUÉM CALA A BOCA DESSA GAROTA! – O grito de revolta e ódio de Kanato fez Akemi se calar por alguns segundos até que voltou a chorar só que dessa vez de medo.

-Bom trabalho idiota... – Resmungou Shu pegando a menina no colo e colocando um de seus fones na orelha da mesma que aos poucos parou de chorar se concentrando na música.

-Funcionou? – Perguntou Ayato incrédulo por ver a irmã calada concentrada na música e sorrindo.

-Funcionou! – Afirmou Reiji surpreso pela ideia do irmão mais velho.

Por um tempo o silencio reinou na limusine sendo quebrado apenas pelo sussurro de Yui e Karl que continuaram com sua conversa. Faltando pouco para chegar ao colégio um grito fino e estridente de medo de Akemi chamou a atenção de todos os vampiros que olharam para a rosada assustados.

A menor saiu do colo do irmão e correu até seu pai escondendo o rosto no peito do mesmo chorando e tremendo de medo.

-Akemi o que foi? – Perguntou o albino assustado com a reação da filha.

-Fantasma... – Sussurrou a menina apontando para Shu que fez cara de desentendido.

Karl esticou a mão pedindo o fone que a menina usava e o colocou logo arregalando os olhos ao ouvir gemidos de mulheres saindo do mesmo.

-Opa... – Falou Shu ao se tocar do que estava ouvindo.

Os irmãos bufarem e Reiji revirou os olhos ao ver que a tentativa do irmão de fazer algo certo foi pelo ralo por um simples descuido.

-Mata! Mata! – Pediu Akemi abraçando o pai com mais força.

Karl acabou por pedir para Shu desligar o mp3 e o guardar e o loiro, a contra gosto, fez. E assim segui a viagem até a chegada ao colégio.

~~*_*~~

Akemi agarrava o pai pelas pernas e se negava a entrar em sua sala onde a sensei – uma jovem adulta de cabelos e olhos castanhos que aparentava ter seus vinte e seis anos – e o resto da turma a esperavam.

-Akemi querida, não se preocupe. – Karl se abaixou e ficou da altura da filha acariciando seus cabelos. – Eu vou te buscar assim que a aula acabar, ok?

-Não...- Negou a menina corando de leve não querendo se separar de seu pai.

Karl olhou para a acastanhada que mantinha um sorriso no rosto se mostrando paciente perante a atitude da rosada. A mesma se aproximou e parou ao lado de Karl.

-Talvez uma amiga possa nos ajudar, o que acha? – Perguntou se voltando para a rosada.

Akemi a olhou com certo receio, mas acenou com a cabeça concordando em conhecer a amiga. A sensei chamou pela outra e logo uma menina de cabelos castanhos claros, mais puxado para o caramelo, que iam até sua cintura; além de ter uma franja repicada caindo sobre seus olhos -  sendo estes da coloração azul mar -  se aproximou com um sorriso no rosto.

A menina olhou para Akemi, que se encolheu mais ainda entre as pernas do pai, e sorriu.

-Oi... – Começou se aproximando da rosada quase colando seu rosto na mesma. – Eu sou a Darcy e você?

Akemi olhou para o pai, que a incentivou a responder, e se voltou para a .

-Akemi...

-AKEMI! – Gritou a menina pegando na mão da rosada e a puxando para sala. – Nós vamos ser boas amigas! Vamos brincar, comer e dormir juntas! – Falou animada enquanto levava a rosada para uma mesa perto das janelas onde outras três crianças estavam sentadas. – Venha, venha! Vou lhe apresentar meus amigos!

Akemi olhou para trás e observou o pai sorrir e se despedir logo se afastando.

-Otou-san... – Chamou à rosada tentando se soltar dos braços da amiga que a segurava com firmeza. – Otou-san. Otou-san! – Com olhos marejados e cabeça abaixada Akemi se deixou sentar com as outras três crianças que a olharam com certa preocupação.

Darcy sentou-se ao lado da rosada e olhou para os amigos com um enorme sorriso. Jinx, a terceira menina da mesa, olhou para a nova rosada e se perguntou se deveria falar com ela ou não. Seus cabelos rosados, que caiam como cascata por suas costas devido a leve ondulação que possuíam, eram mais claro que o de Akemi e seus olhos, também rosados, olhavam a nova integrante do grupo com certa timidez.

Richard olhava a nova amiga com certa animação. Seus cabelos loiros amarelados caiam sobre seus olhos acinzentados que transmitiam curiosidade em relação à nova menina. Ao seu lado um menino de cabelos negros e olhos castanhos escuros a observava com certo receio. Luca não era de se abrir de primeira, mas logo se acostumaria com a presença da nova rosada a questão era se Akemi se acostumaria com eles.

-Eu quero ir embora... – Choramingou enquanto se encolhia mais ainda na cadeira. Aos poucos seus ombros começaram a balançar indicando que estava chorando, mesmo que de forma silenciosa.

-Não fica assim Akemi-chan! – Darcy quebrou o silencio e tentou animar a amiga que se encolheu mais ainda aumentando o choro. – Luca faça alguma coisa! – Pediu a menina se virando para o moreno.

-Eu? – Perguntou confuso. É verdade que ele é o mais animado do grupo, mas não conhecia a menina para saber o que fazer.

-Melhor chamar a sensei... – Opinou Jinx quase que sussurrando.

-Que nada! – Interveio Richard se apoiando na mesa e encarando Akemi que tentou se afastar. – Ela só precisa brincar um pouco ai se acostuma rapidinho!

-Mas... – Jinx tentou intervir, mas se interrompeu sabendo que não conseguiria deter o amigo.

-O que vamos fazer? O que vamos fazer? – Perguntou Darcy pulando de leve na cadeira e batendo palmas.

O loiro sorriu travesso e apontou para a janela onde um enorme pinheiro crescia cada vez mais.

-Na hora da brincadeira nós vamos ensiná-la a subir no pinheiro!

-Mas..,. Ela sabe como subir? – Perguntou Jinx para ninguém especifico.

Todos dirigiram seus olhares para Akemi que apenas negou sem levantar o olhar.

-Bem... Para tudo tem uma primeira vez! – Sentenciou Richard sorrindo para a amiga que sorriu de volta mesmo que de forma tímida.

~~*_*~~

Hinata – a sensei – olhava as crianças brincando no parque do colégio. O primeiro turno de aula estava preste a terminar e logo o recreio viria e assim as crianças poderiam descansar até a chegada de seus pais.

Sem que a acastanhada visse Richard conduziu os amigos para o outro lado do parque onde se encontrava o pinheiro que ele sempre escalava com Darcy e Luca. O loiro parou em frente à árvore e olhou para Akemi que se manteve cabisbaixa a aula inteira.

O mesmo sorriu e se aproximou da rosada a segurando pelos ombros a fazendo levantar os olhar.

-É bem fácil Akemi-chan! Olha! – Ricard correu até o pinheiro e pegou em um dos galhos mais baixos e logo apoiou o pé em outro galho logo se impulsionando para cima. O pinheiro tinha vários galhos, tanto baixos quanto altos, e todos eram bem grossos e por isso não corria o risco de quebrar se subisse um de cada vez.

Já a uma determinada altura o loiro olhou para baixo e acenou chamando pelos outros. Luca logo se animou e seguiu os passos do amigo, mas, antes de subir, olhou para as três amigas e sorriu as encorajando a subir.

Akemi olhou para a segunda rosada que devolveu o olhar, mas logo o desviou negando com a cabeça dizendo que não iria subir. Darcy também negou, mas manteve o sorriso no rosto. As risadas dos outros dois fez Akemi olhar para cima e logo os viu sentado em um dos galhos mais grosso do pinheiro que conseguia sustentar seus pesos.

Com um leve sinal de um sorriso Akemi dirigiu-se para o primeiro galho do pinheiro e com certa dificuldade começou a subir. A cada passo que dava sua confiança aumentava e logo ela ria alegremente tentando alcançar os amigos.

-Rápido! Rápido! – Gritava Richard encorajando a amiga a chegar até eles.

Akemi sorriu para o menino e apressou o passo e quando estava faltando menos de dois metros para alcançá-los parou. A menor olhou para trás e arregalou os olhos ao ver Laito conversando com uma garota. O ruivo estava de costas para a irmã e por isso não notou sua presença enquanto a jovem simplesmente ignorava o fato de ter uma criança a observando enquanto subia uma árvore.

-Laito-nii-san? – Perguntou se virando mais e mais em direção ao prédio.

-Akemi-chan! Assim você vai cair! – Advertiu Luca ao ver a menina se virar para o prédio.

O moreno começou a descer indo em direção a rosada para impedir que a mesma caísse e logo foi seguido pelo loiro que também percebeu o perigo.

-Laito-nii-san! Laito-nii-san! – Akemi tentou chamar pelo irmão, mas a janela fechada o impedia de ouvi-lo.

Quando estava prestes a soltar o galho que a sustentava Akemi teve seu pulso agarrado por Luca que quase caiu com o peso da rosada. O grito estridente de Jinx e Darcy passou pelo vidro da janela chamando assim a atenção do ruivo que ao se virar teve um infarto.

-AKEMI! – Gritou abrindo a janela e se pendurando na mesma.

Em um movimento rápido Laito pulou para um dos galhos do pinheiro e pegou a irmã e os dois meninos os segurando com firmeza em seus braços e então pulando para o chão. Os deixando a salvo.

O grito de Jinx e Dracy chamou a atenção de Hinata que correu junto dos outros alunos até o local do grito e logo vendo Laito com as crianças.

-O que esta acontecendo? – Perguntou olhando para as crianças, depois para Laito e novamente para as crianças. Seu olhar parou em Richard que se encolheu um pouco ao ver a expressão zangada da sensei. – Richard!

Dos andares de cima algumas cabeças começaram a surgir do lado de fora e entre elas estavam a dos Sakamaki e da Yui. Um por um eles se juntaram a irmã que abraçava Laito enquanto chorava dizendo que não queria ficar sozinha.

~~*_*~~

Um por um os alunos iam embora e a cada pai que buscava seus filhos Akemi se sentia mais apreensiva por não ver o seu.

O ocorrido de mais cedo tinha sido “abafado” e depois de uma boa bronca por parte da sensei todos voltaram para sua sala. Akemi se recusava a voltar, mas após muito insistir a rosada acabou aceitando a vontade dos irmãos e de Yui.

Mais um foi embora sobrando assim somente Akemi. Darcy havia ido embora com seu irmão mais velho já que seus pais já não estavam nesse mundo. Jinx, assim como Darcy, foi embora com seu irmão mais velho. Richard tinha acabado de sair juntos com seus pais que o repreenderam pelo ocorrido no pinheiro enquanto Luca foi embora com seus tios.

Hinata se aproximou da rosada e a pegou no colo a levando para fora da sala. Já estava tarde e teria que fechar a sala então teria que levar a menor consigo para a sala dos professores.

Passos apresados se fizeram presentes no corredor chamando a atenção da acastanhada que logo viu Karl se aproximando ofegante.

-Des... Desculpe a demora... – Tentou explicar enquanto recuperava o fôlego. – Imprevisto... No trabalho...

Hinata balançou a cabeça em negação com certo divertimento ao ver o albino em tal estado. Pensou em contar sobre o ocorrido de mais cedo, mas ao ver Akemi dormindo em seus braços preferiu deixar para outro dia.

-Em casos assim estarei com ela na sala dos professores no final do corredor senhor Sakamaki. – Advertiu entregando a menina ao pai.

-Não... Acontecera de novo. – Certificou-se se despedindo da sensei e indo em direção a saída onde a limusine os esperava.


Notas Finais


Galera mais uma vez obrigada a todos e espero que tenham gostado do capítulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...