História A Jogada - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Danielle Campbell, Justin Bieber
Personagens Danielle Campbell, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Esporte, Futebol!, Justinbieber, Romance
Visualizações 291
Palavras 3.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá gente, está aqui mais um capítulo pra vocês, me desculpem qualquer erro, mas espero que gostem mesmo assim.

Estamos quase chegando aos 200 favoritos, muito obrigada gente, fico feliz que vocês gostem da estoria. Os comentários me animam muito a continuar postando pra vocês, continuei falando o que estão achando sempre, comentem que isso faz postar mais rápido e ajuda continuar escrevendo, postando diariamente pra todos voces. Bjs

Boa leitura

Capítulo 9 - Resposta do meu sim


Fanfic / Fanfiction A Jogada - Capítulo 9 - Resposta do meu sim

        Point of View - Kayla Lawson

Eu estava sentada na cama colocando meu salto preto, aqueles de coro que parecem uma bota de cano curto, eu amo.  Enquanto Jade estava no meu banheiro arrumando o cabelo.

- Ele já te viu de cabelo preso? Eu acho que deveria usar – ela diz do banheiro

- Eu não estou me arrumando pra ele, Jade. – reviro os olhos

- Serio, prende o cabelo, você fica linda de rabo de cavalo, vem cá, deixa eu fazer – disse ela vindo do banheiro


- Ai, está bem, faz logo – viro de costas pra ela

Ela prende o meu cabelo, e depois vai pro seu quarto terminar de se arrumar, vou até o meu banheiro me maquiar, é eu fico legal de cabelo preso. Arrumo minha cara né, maquiagem a noite deixa todo mundo melhor, não tem jeito. Coloco meu brinco e perfume, quando estou terminando de me arrumar Jade aparece novamente no meu quarto.


- Olha, estou de short, salto igual você, cabelo solto e blusa preta. O que acha? – perguntou


- Está linda! – falo piscando

- E você também, calça, salto tipo botinha, amo. E blusa de manga curta preta com os letras e um belo rabo de cavalo, que modéstia parte eu que fiz. Amei a maquiagem, leve mais com um toque de mulherão, amei. – ela diz, me fazendo ri


- Obrigada! – ri


- Me empresta aquele batom vermelho, mas não muito vermelhão, sabe? – ela pergunta

- Só pegar! – falo


meu celular apita em cima da cama, corro pra vê quem era, era mensagem do Johnny dizendo que ele e Justin estavam lá em baixo, respondi dizendo que já estávamos descendo.

- Jade, vamos. Eles chegaram, estão esperando lá em baixo – falo

- Então vamos logo – ela diz animada
 

Ela sai do meu quarto quase pulando de alegria, igual uma criança indo brincar com seu brinquedo novo que seu pai acabou de dar no seu aniversario. Fecho a porta o meu quarto, indo pra porta onde Jade já estava. Saímos do apartamento, pegamos o elevador entramos, me dei uma olhada no espelho que tem lá. Assim que ele parou, saímos dando boa noite por porteiro que abriu a porta, sorri agradecida indo até o carro que parecia ser do Johnny, já que Justin não estava dirigindo ultimamente.

- Oi, boa noite – falo entrando no carro

- Oi, oi – disse Jade se sentando ao meu lado no banco do corona


- Oi garotas – disse Johnny sorrindo e dirigindo

- Oi – Justin sorriu olhando pra trás depois olhando pra frente novamente


- Justin, não quero parecer uma reporte, mas está animado ou triste pra voltar ao campo? – Jade pergunta


- Jade! – a repreendo


- Tudo bem, Kayla – Justin riu – estou animado pra ver o jogo, mas é claro que estou bolado por não está jogando, é o que mais gosto de fazer 


- Você vai voltar, eu tenho fé – falo


- Eu também  - disse Johnny


- Obrigado! – disse Justin olhando pra trás, pra mim

dou um sorriso sem mostrar os dentes enquanto a Jade sorrir maliciosa pra nos dois, fazendo Justin soltar uma risada.


- Para com isso! – falo pra ela em seu ouvido


- Nem ferrando! – ela diz, me fazendo bufar


ela não tem jeito, igual ao Justin.
Durante todo o caminho, todos nos conversávamos animadamente, principalmente Jade que parecia está indo pra uma premiação, só rindo. Eu, bom, eu tentava não pensar no que aconteceu entre mim e Justin, mas toda vez que ele desvia o olhar pra mim, eu me lembro do bom trabalho que seus dedos fizeram, e do mico que paguei pra Marlene. Agora eu sei como nunca, que devo me controlar perto do Justin pra não deixar esse tipo de coisa acontecer.

Quando finalmente chegamos, entramos por trás, porque  tinha muito tumulto do outra lado, pois tinha gente famosa e o Justin não queria chamar muita atenção, ainda mais por está comigo e com a Jade, ele só quer se divertir com os amigos e nada mais. Assim foi quando descemos do carro, dei o braço pro Johnny enquanto Jade e Justin caminhavam lado a lado em uma conversa animada.


- Bieber


- Treinador! – disse Justin indo abraça-lo


- Que bom ver você garoto! – disse o homem


- Eu digo o mesmo, é bom está aqui novamente, nos bastidores, vendo o pessoal, senti falta disso. – disse Justin

- Eu imagino que sim, mas tenho certeza que volta logo – disse ele


- Eu espero que sim treinador! – disse Justin

- Tenho fé! – disse o treinador

Eles ficaram conversando mais um tempo, depois ele nos apresentou.

- Vamos no vestiário ver os caras – disse Justin


fomos acompanhando o Justin enquanto eu ainda estava de braços dado com o Johnny

- EU VOLTEI PORRA! – Justin gritou entrando no vestiário

os caras do time correram até ele o pegando no colo e o jogando pra cima enquanto ele ria, meus olhos se arregalaram rapidamente, indo pra perto deles.

- Desçam ele agora mesmo. Estão maluco? Ele pode se machucar. Desçam ele, agora.-   Falo fazendo um sinal com as mãos

- Nossa, tudo bem – disse Joe

- Está tudo bem gente, ela é minha fisioterapeuta e está certa. Mas está tudo bem comigo, baby. – disse Justin

- Não interessa Bieber, não pode fazer esse tipo de coisa. Ainda está se recuperando – falo

- Ela tem razão! – disse Johnny


- Eu sempre tenho razão! – cruzo os braços

- Ela é dona da razão. Oi, eu sou a Jade – disse Jade sorrindo


- Se vistam direito, tem mulheres na área. Essa é Kayla e Jade, minhas convidadas para assistirem o jogo. – disse Justin

- Minha namorada vai gostar de ter companhia – disse Za


- Que bom! – sorri


Justin nos apresentou ao o resto do time que eu não conhecia, eram todos legais, animados, forte, bem fortes. Eu estava ficando louca com tanto homem lá dentro sem camisa e fazendo piadinhas maliciosa.

- Onde está sua namorada Za? – perguntei chegando perto dele

- Há, está na aérea onde os jogadores reserva ficam, acho que você também vai ficar lá. – disse ele

- Tá bom! Vem Jade

- Pra quê? – pergunto


- Eles tem que se preparar pro jogo, vem logo. Você vem Johnny? – perguntei


- Vou! – disse Johnny


Puxo a Jade pra sair do vestiário junto com o Johnny enquanto Justin estava matando as saudade dos amigos. Fomos caminhando pelo local, Johnny nos mostrava algumas coisas, eu ainda consegui vê a Kendall Jenner junto com um cara passando por lá também, Jade queria uma foto, mas eu a segurei dizendo que temos que agir naturalmente, afinal eu já vi fotos dela com o Justin, devem ser amigos ou aquelas mulheres que o Justin manda meter o pé logo de manhã, sei lá.

- Venham – disse Johnny

 

Ele foi nos levando pro campo, eu olhei tudo em volta me sentindo uma formiga, era enorme. Estamos caminhando pelos cantos até chegar na área onde ficam os jogadores sentados esperando começar a partida


- Oi eu sou Kayla fisioterapeuta do Justin e essa é minha amiga Jade e o Johnny que você provavelmente já conhece – falo rindo


- Oi, prazer eu sou Atifa, namorada do Za, essa é minha irmã – ela sorrir

sorriu como resposta quando Jade se apresentou e logo estávamos todas em uma conversa animada, Johnny tirava algumas fotos e filmava o campo.

- Eles vão acabar com o time adversário – disse Atifa

os gritos das pessoas me assustaram completamente, do nada começaram uma gritaria, vejo Atifa se levantar gritando também, olho pro lado e vejo os jogares correndo pro campo e as pessoas indo ao delírio com isso, sorri animada me levantando também, afinal, tenho que representar meu pais que se tivesse aqui iram com certeza está com camisa do time e torcendo animadamente.

- Vai gostosos! – disse Jade, me fazendo ri


peguei meu celular pra filmar a entrada deles, meus pais merecem receber esse vídeo depois.

- Está gostando? – escuto uma voz do meu lado


- Estou sim, obrigada pelo convite – falo olhando pro Justin

- Por nada! – ele piscou beijando meu rosto logo em seguida


- Para com isso! – falo


- Eu não posso mais tocar em você? Bobagem – ele revira os olhos


volto a presentar atenção no meu celular, depois enviei para minha mãe e guardei. Johnny sorriu animado quando viu a Kendall Jenner passando ao nosso lado falando com ele, mas seu olhar foi diretamente pra Justin que estava ao meu lado, já Jade conversava animada com Atifa e sua irmã.

- Você também vai? – Kendall perguntou olhando pro Justin

- Vou Ken, vou sim – ele riu

Kendall Jenner voltou a conversar com Johnny que ria e apontava pra algum lugar que não fiz questão de prestar atenção, afinal, eu jamais poderia competir com Kendall Jenner, eu sou uma boneca miniatura ao lado dela.

- Te vejo mais tarde então – Kendall disse passando por nos e piscando


- Com certeza! – disse Justin

desvio meu olhar deles pra Jade que estava me encarando com a sobrancelha levantada, não entendi o que ela queria, então dei de ombro.


- Você está linda – disse Justin com a mão na minha cintura


- Há, é mesmo? Não sou nem uma modelo – falo


ele soltou uma risada ao meu lado, me fazendo cruzas os braços, babaca.


- Não, não é nem uma modelo, mas eu gosto de você assim, baixinha, de olhos verdes, pele branquinha, cheirosa, completamente linda com esse rostinho de boneca e esse corpo maravilhoso que fico louco toda vez que olho. – ele sussurra no meu ouvido

- Então você está me dizendo que sou melhor que Kendall Jenner? Aham!

- Sim, é melhor! – ele me encara


- Se você diz – dou de ombro – o jogo vai começar

nos sentamos, todos bateram palma quando o jogo começou, comecei a prestar atenção.


- Vai ficar brava porque a Kendall falou comigo? É serio? Não sabia que era ciumenta – disse ele rindo


- O quê? Não estou com ciúmes, ficou maluco? Só quero que diga a verdade, sou linda, mas não como Kendall. – falo


- Eu te acho sim mais bonita que ela, estou falando serio. Por quê você não acredita em mim, Kayla? Qual é a dificuldade?

-Justin, eu quero prestar atenção no jogo – falo

- E quero que você entenda, que estou interessado em você e mais em ninguém. – disse ele

- Então não ficou com ela? Duvido! – ri

- Eu fiquei, mas foi antes de conhecer você, não foi hoje. Eu só estava conversando com ela lá dentro, apenas isso. – disse ele

- Você não me deve satisfação, está tudo bem. – falo


- Mesmo? Está tudo bem mesmo? – ele perguntou


- Sim Bieber, está tudo bem – falo


- Então me da um beijo!


- Que? Está maluco? Eu não vou te beijar, ainda mais com um monte de gente aqui


- Então eu vou roubar – ele chegou mais perto

- Justin – repreendo


- Só um beijinho – ele diz segurando meu rosto

ele juntou nosso lábios, abriu a boca então não deixei ele colocar a língua, apenas dei um beijo rápido e me afastei olhando pro lado vendo que quem viu, foi só a Jade, Atifa e Johnny, e há, a Kendall Jenner também, espero que ela não venha tirar satisfação comigo, acerto um soco nessa perna de ganso dela.


- Droga! – falo vendo o sorriso malicioso da Jade

Justin riu colocando a mão na minha perna, me fazendo encostar no seu ombro enquanto prestava atenção no jogo

- Estão se pegando ? – Johnny perguntou


- Cala a boca! – falo, fazendo Justin e ele rirem

Finalmente eu pude prestar atenção no jogo sem ninguém me perturbando, sei que algumas pessoas começam a chegar pra falar com o Justin, então me afastei indo mais pro lado da Jade e da Atifa pra prestar atenção no jogo, afinal eles estavam indo muito bem, Justin estava animado torcendo pros amigos, mas só foi chegarem algumas pessoas no final do jogo que ele mudou completamente se retirando do local, não dei muita bola por um tempo, até que ele começou a demorar e vi o Johnny se levantando, seguro seu braço fazendo ele me encarar.


- Onde está o Bieber? – perguntei

- Eu não sei, ele está demorando demais, melhor irmos procura-lo – disse Johnny


- Deixa eu vou, se você for vai chamar muita atenção . – falo


- Tá bom, ele vai querer mesmo a namorada por perto – disse Johnny rindo


- Você quer que eu arranque seus dentes? – pergunto me levantando


- Não, claro que não – ele riu


- Onde vai? – Jade perguntou

- Vou procurar o Justin, já volto – falo


ela concorda e vou andando tentando sair dali o mais rápido que posso até finalmente está nos bastires, olhei em volta e não achei o Justin, então fui caminhando até chegar no vestiário, entrei de vagar com medo de ter algum homem completamente nu.


- Bieber? – o chamo

ninguém me respondeu nada, então peguei o celular ligando pra ele, logo o barulho começou a invadir o local, ele está aqui. Andei o vestiário todo até acha-lo sentado em uns dos banco que tem em no vestiário

- Ei Bieber, o que está fazendo aqui sozinho? – me aproximo


- Me deixa sozinho Kayla! – disse ele


- Eu não vou te deixar sozinho, sei que não me deixaria sozinha. O que aconteceu? – perguntei chegando mais perto


- Eu não sei exatamente, estava tudo bem, eu estava curtindo  o jogo, torcendo pro time e tudo mais. Mas de repente as pessoas começaram a falar que deveria ser eu vencendo, e blabla, fiquei mal por está assim, por não dar o que meus fãs querem, por não conseguir fazer o que eu amo, por.. por não está lá no campo. Fiquei mal por ser um bosta – ele abaixa a cabeça


Me sento ao lado, fazendo um carinho em seus costas

- Não fala isso Justin, você não é um bosta. Você é um grande jogador. Todos temos uma faze ruim e essa é a sua. Vai se recuperar, não se preocupe com isso – falo

- Se eu não me recuperar nunca? – ele me olhou


- Você vai Justin, estou falando como fisioterapeuta, você vai sim. – falo


- Tenho medo de não conseguir!

- Bieber, você vai conseguir se continue do jeito que está. Você está se dedicando bastante a fisioterapia, está indo muito bem. Estou falando a verdade, continue assim que você logo irá está de volta ao campo. Não porque eu sou milagrosa, mas pela sua fé e esforço junto com força de vontade que eu sei que você tem muita. Continue lutando pelo o que acredita, pelo seu proposito que vai conseguir ir muito mais longe, você é capaz. – seguro sua mão

ele fica me olhando por alguns segundos com seu rosto meio molhado por contas das lágrimas que ele tinha deixado cair antes de eu chegar aqui. Me aproximo dele, o abraçando com força, vendo o suspirar e retribuir o abraço.


Gostei, gostei de conhece-lo melhor, de conhecer ele lado mais sensível e verdadeiro do Justin, um lado que ele quis mostrar, que ele me deixou conhecer, um lado humano que as pessoas esquecem que ele tem, um lado que posso dizer que é meu favorito, um lado ele mesmo.

nos afastamos de vagar, limpei seu rosto, fazendo ele da um sorriso de lado


- Você é tão maravilhosa

- Não começa Bieber – falo rindo

- É verdade Kayla, você é muito, muito maravilhosa, em todos os sentimentos. Eu sou tão sortudo por ter conhecido você. – ele junta nosso lábios


Seus lábios atacam os meus com muita vontade, seus mãos estavam entre meus cabelo me puxando pra mais perto deixando o beijo bem mais intenso, enquanto eu estava perdida apenas o beijando, mas fui começando a me deixar levar, coloquei minhas mãos em sua nuca. Eu sabia que deveria empurra-lo, que eu prometi que não me envolveria com ele, que era errado, que não deveria acontecer, mas o beijo estava bom demais. Sua língua explorava de maneira deliciosa, enquanto seus braços me prendiam em volta deles como se eu fosse escapar pra algum lugar, mas eu duvido que eu faça isso, pois no momento, acho que não tem lugar melhor pra estar. Suas mãos passavam por todo meu corpo, como estávamos sentados, ele parou na minha coxa apertando, segurou nosso lábios pra recuperar o ar.

- Kayla, oh Kayla

ele junta nosso lábios novamente, formando deliciosamente aquele beijo quente completamente envolvente me deixando louca, me fazendo não querer parar nunca.  Nos afastamos completamente quando escutamos uma voz conhecida, na verdade Justin reconheceu a voz, pois eu apenas escutei alguma coisa, mas não dei muita bola, estava envolvida demais no beijo.


Justin se afastou de mim, dando um mordida nos meus lábios, olho pra trás vendo o Johnny parado nos encarando.


- Desculpa interromper o casal beijação, mas Justin o treinador tem uma homenagem pra você – disse Johnny


- homenagem? – Justin riu se levantando


- Sim, vamos! – disse Johnny


me levantei logo em seguida vendo Johnny sair e Justin caminhar na logo atrás, mas para me fazendo parar  também

- Gostosa! – ele se vira juntando nosso lábios rapidamente e voltando a andar


solta uma risada alta junto com ele, caminhado pra fora do vestiário voltando pro campo, entrei com o Johnny já que Justin foi chamado pelo seu treinador pra ir no meio do campo, ele foi vendo todos dos times tirarem os uniformes e mostrarem a camisa de baixo onde estava escrito, somos todos Justin. Ele ficou emocionado e bem animado, agradecendo os amigos enquanto era aplaudido por todas as pessoas que foram assistir o jogo, afinal, ele merece.


Seu olhar desvia pro meu com um lindo sorriso no rosto, sorrio de volta como resposta.

ele veio pra perto de mim colocando a mão na minha cintura quando os amigos de time foram pro vestiário trocar de roupa e comemorar a vitória.

- Sim! – falo

- Sim o que? – ele perguntou


- Eu te dou uma chance! – falo

ele abriu um lindo sorriso novamente, e eu sabia que essa era a resposta do meu sim.


 


 


Notas Finais


KAYLA DEU UMA CHANCE PRO JUSTIN, AEEEEEEEEEEEEE!!!!

Quem riu quando ela ficou com ciumes do Justin ahaha... esses dois, se gostam isso sim, se gostam mesmo. Os beijos com ciumentos no vestiário prova isso, não é mesmo?

Obrigada por todos favoritos e comentários, eu amo todos, me faz muito feliz, e os comentários me fazem postar mais rápido e continuar escrevendo, postando diariamente pra vocês, me contem o que estão achando. Me desculpem os erros, mas espero que tenham gostado. Beijos, beijos, beijooos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...