História A Jornada De Um Guardião - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Skyra Bratty
Exibições 4
Palavras 886
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Voltei!!!!!

Capítulo 7 - O labirinto


Fanfic / Fanfiction A Jornada De Um Guardião - Capítulo 7 - O labirinto

P.O.V Sky
Voamos em direção ao oeste de N.Y. ,mas no meio da viagem senti um peso nas asas até não poder mais senti-las ,paramos ne um tronco de arvore no começo da floresta.
-Sky ,suas asas!-Falou Brendan perplexo.
-O que foi?Não sinto elas!
-Você não as sente por que não tem mais!
-Como assim!?
-Também não sei ,elas caíram no meio dos carros.
Estava muito fraco pra andar ,até que minha visão escureceu.
-Não consigo ver!
-Muito menos eu.-Suspirou Brendan.
Ouvi um som de gotas ,e voltei a ver ,era uma caverna fria e gosmenta com estalactites e ...(não sei o que estou falando).Tochas se acenderam e uma fogueira cor  rocho surgiu junto a uma mulher,que apareceu em uma fumaça meio brisada.
-Ola caros aprendizes!-Falou a coisa.
-Quem é você?
-Sou a quardiã das asas.E vejo que você voou em áreas proibidas,suas asas se recuperarão em 9 ou 7 meses,mas se você for um semideus terá um processo de cura mais acelerado,entre 2  à 3 semanas .
-Ufa!
-Que bom que você é um,mas se você tivesse asas até daria pra ver seu nivel de poder e seu futuro.
-Pode ver a minha?-Disse Brendan empolgado.
-Claro,mas vou logo dizer que as palavras não serão claras.
A qurardiã passou seus dedos entre as asas de Brendan,e disse:
-Entre a noite e o dia você é a luz,mas como grandes poderes nunca são de graça ,você possui uma maudiçao. Só posso dizer isso.
De repente surgimos na frente de um portão rocho,empurrãmos ele e um espirito nos avisou apenas com sua voz.
-Logo aviso,não vai ser fácil sair daqui vários desafios esperam vocês,sejam bem vindos,eu acho.
O espirito tremeluziu e desapareceu, seguimos caminho a frente sem rumo,primeira armadilha,uma Hidra,mas não era uma qualquer,a cabeça do meio cuspia fogo e as outras duas, gases fluorecentes que faziam o guerreiro perder o foco na batalha,e ainda por cima suas escamas eram como uma armadura imune a magia,mas sempre a um jeito arranquei a tocha da parede que possuía estremidades afiadas como uma espada,Brendan me deu um impulso com suas asas me jogando atrás da hidra,agarrei sua cauda e escalei até as cabeças,e furei seus olhos,enquanto elas agunizavam de dor,arremecei a "espada" para Brendan e com um golpe ele tirou o coração dela.
-Velho ela nem siquer atacou!
-À imprecionamos!
-Tomara que tenhamos a mesma sorte na próxima.
Seguimos em frente,outro desafio Os blocos de lava.
-O que é isso!-Gritou Brendan desesperado.
-Nunca brincou de amarelinha?Só que essa tem uma esseção,caia e morra.
-Como eu vou saber quau é o quadrado?
-Não vai,só não tente cair.
-Não posso voar?
-Ta vendo aqueles espinhos,bem,se você voar vai perder as asas.
Seguimos em frente,até o meio estava tudo bem,mas no final Brendan se desequilibrou e caiu,tentei seguralo,mas ele caiu e não pode voar,meus poderes estavam muitos fracos para fazer uma barreira forte o bastante para segura-lo.
-Brendan!!!!!!!Porque!!!!Você ainda tinha uma viada enteira para zoar!!!!!O que vou falar pra sua mãe!!!!
Me sentei no canto e não sabia o que fazer,só comecei a chorar,mas no meio disso uma voz me disse.
-Não tenha medo,agora pense,o que Brendan ia querer que você fizesse?
Me levantei,enchuguei as lagrimas,e comesei a andar sem preocupação e sim com determinação.
Logo em frente vi um cubo d'água,não ia conceguir atravessar, era muito longo,tinha mais de 1km,mesmo sendo filho Poseidon não tinha dominado meus poderes direito,mas sabia de uma coisa podia usar as correntes para nadar mais rápido,então foi isso segurei a respiração por 1:30 foi um grande esforço,sai tusindo e tonto,quase desmaiando.Mas continuei à andar,não aturava mais matar monstros e cumprir desafios "fáceis",logo percebi que consegui chegar ao meio do labirinto sosinho,lá  era mais frio e úmido que outros lugares,havia um criptograma no meio do local já ouvira falar daquilo,estudei ele por mais de dois anos por curiosidade,estava em grego e isso eu entendia perfeitamente,girei três vezes o circulo do meio,alinhei as letras deichandoas a luz da lua,conseguindo ler "I katára pou kalyptei aftó to lavyrintho eínai spasméno apo tóra,o ílios kai to fengári lámpei a'afton"(preocurem a tradução no google),o labirinto estava todo limpo e bonito quando fui perceber eu estava sendo levado pelas raízes dos arbustos para a saída,quando estava fira do labirinto um cavalo alado surgiu em minha frente e disse:
-Obrigado por quebrar a maudiçao eu e tidas as criaturas que eram monstros estamos agradecidos,por isso lhe damos um presente,essa flor traz de volta a vida de qualquer coisa mas somente uma vez.
Logo percebi que a voz do cavalo era a mesma do espírito que me avisara.
-Ainda bem que não morreu se não seria um de nós.
Pensei logo no Brendan será que ele estava lá,o preocurei mais que tudo mas não achei.
-Se está procurando seu amigo ele não morreu aquela hora,ele ta ali pendurado na árvore.
-Valeu!
Sai correndo em direção a ele,mas logo percebi que estava com uma estaca no seu peito,estava morto,não havia mais jeito,perdi ele.
-Espera!!!A flor!!!
Retirei a estaca dele e colequei a flor acima de seu peito,ele flutuou no ar sendo cobrido por uma bolha dourada,quando ele desceu eu o ajudei alevantar.
-Cara pensei que você estava perdido!!!-Disse lacrimejando.
-Mas estou vivo!!!
Naquele momento sentimos que estávamos prontos pra viver por conta própria em um mundo onde teríamos de tentar não morrer nas mãos dos monstros.


Notas Finais


Esse cap foi pequeno mas,prometo que no próximo vai ter muito o que ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...