História A jornada de um ninja - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Karin, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Ação, Amor, Drama, Echii, Harem, Hentai, Luta, Naruto, Naruto Over Power, Naruto Overpower, Over Power, Revelaçoes, Romance
Exibições 300
Palavras 4.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Super Power, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem aqui estou eu de novo com mais um capitulo dessa delicia. tive alguns problemas com relação a internet e só deu para postar hoje, então me perdoem.
Hoje não vou ficar atrasando vocês, nos vemos lá embaixo.

Capítulo 29 - Uma noite de destinos traçados.


Naruto pov's on

 

???1:(estamos aqui atrás da garota) disse um moreno com cabelo estilo militar vestindo o uniforme da Anbu de Suna que aparentava ser o mais velho e também o líder deles, fazendo o meu coração falhar uma batida.

Naruto:(você esqueceu de responder a outra pergunta) digo depois de alguns segundos tentando me recompor do susto.

???2:(não te interessa saber quem somos garoto) falou um cara com cabelos cor de areia vestindo também o uniforme Anbu de Suna, ficando à frente dos outros dois e depois tentando entrar no apartamento, mas eu o barrei colocando minha mão no seu ombro esquerdo.

Naruto:(então acho que vocês não têm nada para fazer aqui) digo em um tom de voz que não aceitava objeções.

???3:(calma garoto, não queremos...) tentou falar um outro moreno com uma roupa ninja que aparentemente indicava pertencer a equipe médica da vila, tentando acalmar a atmosfera tensa que tinha se instalado ali, mas ele foi interrompido pelo homem que eu ainda segurava.

???2:(moleque, se você não me soltar agora eu vou ser obrigado a arrancar a sua mão) falou tentando me empurrar.

Naruto:(me ameaçar não vai me fazer mudar de ideia) falo apertando ainda mais a minha mão em seu ombro e o fazendo soltar um grito abafado de dor.

???1:(solta ele agora!!!) Disse o líder deles vindo ao socorro do seu companheiro.

Antes que o outro conseguisse chegar até mim, eu em um ato de puro reflexo, pego o braço esquerdo do loiro e o giro com força fazendo ele ficar de frente para o moreno que não conseguiu parar a tempo e acabou caindo de um jeito engraçado sobre o mais novo.

Depois da queda dos dois eu vi o rosto deles ficarem muito vermelhos e percebi que a situação acabava de ficar ainda mais tensa.

???2:(agora você vai se arrepender moleque) falou o loiro se levantando e partindo para cima de mim com um soco armado.

Com um movimento rápido eu dou um passo para traz entrado no apartamento e quando ele estava a centímetros de mim, me abaixei e tentei derruba-lo com uma rasteira, mas o mesmo pulou a evitando por pouco. Quando voltei a ficar de pé não tive tempo para reagir, pois o moreno mais velho me deu um chute nas costelas que me arremessou em cima do sofá causando um barulho bem alto.

Levantei sentindo uma dor até suportável, mas não pude verificar a gravidade da lesão porque os dois vinheram para cima de mim novamente, então entrei em minha postura de luta e logo depois defendi dois socos rápidos do moreno que atingiriam meu rosto se eu demorasse mais um segundo. Depois girei o meu tronco para a esquerda e atingi um chute no estomago do loiro que foi arremessado em direção a parede ao lado da porta.

O moreno recuou alguns passos e preparou alguns selos, mas eu não o deixei terminar, pois fui em direção a ele e atingi uma joelhada nos seus países baixos, depois o segurei pelo pescoço e o joguei violentamente contra o chão de madeira.

Olhei para os lados e vi o loiro vindo na minha direção empunhando uma kunai um pouco maior que o normal, mas antes que chegasse até mim ele parou por alguma razão.

Me levantei e percebi que o loiro não olhava diretamente para mim e sim para algo atrás de onde eu estava, então me virei e vi a Aiko paralisada a frente da porta do quarto em que a Hana estava.

Naruto:(Aik...) não consegui completar a frase pois levei um soco bem encaixado no queixo que me levou ao chão.

Aiko:(AKIRA!!!) Gritou ela vindo em meu socorro.

A garota ficou na minha frente me protegendo dos dois homens que queriam continuar a luta.

Naruto:(Aiko vai para o quarto) digo me levantando enquanto limpava um filete de sangue que escorria pelo canto da minha boca e ficava a frente dela.

Aiko:(não, eu não vou ficar lá dentro sentada como uma garotinha medrosa enquanto vocês ficam se matando aqui) disse firmemente enquanto me encarava com um olhar decidido.

Naruto:(eu juro que nada de ruim vai acontecer, mas agora por favor me escute e fique com a Hana no quarto enquanto eu expulso estes convidados indesejados) digo voltando a encarar os dois homens que me encaravam de volta com raiva.

???3:(ei, seu nome é Akira não é mesmo [nesse momento eu assenti com a cabeça], olha nos não queremos confusão, na verdade vinhedos aqui somente buscar a Hana por ordem do Takeshi-sama e se você permitir que vejamos nós iremos embora o mais rápido possível) disse o médico deles se desencostando de uma parede.

Naruto:(por que devo confiar em vocês?) Pergunto para o médico.

???3:(não estamos mentindo Akira-san, eu e os meus amigos aqui só estamos cumprindo ordens) disse ele em um tom calmo.

Fiquei durante alguns segundos em silencio pensando se acreditava neles ou não, então depois de um suspiro eu me decidi.

Naruto:(tudo bem, mas só você entra e a minha irmã vai ficar lá dentro também) falei em um tom de voz que não permitia negociações.

???3:(certo, nós aceitamos) falou ele antes que os outros tivessem alguma chance de protestar.

???1:(que eu saiba não é você que está no comando aqui Yoshiro) objetou o líder deles que ao meu ver estava ficando cada vez mais vermelho.

Yoshiro:(você tem razão, o Takeshi-sama não me colocou como líder, mas ele também não colocou nenhum de vocês, então parem de criancice e não façam nada enquanto eu cuido da garota) respondeu ele sem se alterar.

Naruto:(por favor Aiko, leve ele até a Hana e se acontecer qualquer coisa não hesite em me chamar) peço a morena que concordou com a cabeça e foi até o quarto sendo seguida pelo moreno desconhecido.

Dei uma olhada no apartamento e vi que o estrago que tínhamos feito já era bem grande comparado com o tempo da nossa luta, mas nada que vinhesse a ser uma preocupação já que mesmo agente fazendo esse barulho todo não veio ninguém verificar o que estava acontecendo.

O clima na sala já não era o melhor quando estávamos todos reunidos e agora que os outros dois foram ao quarto ele tinha ficado ainda mais tenso. Os dois shinobis continuavam a olhar para mim com raiva e eu retribuía os seus olhares com ainda mais intensidade junto a um sorriso debochado e desafiador nos lábios que não fazia questão de sair tão cedo.

Ficamos nessa guerra silenciosa durante algum tempo que não consegui determinar ao certo até que me cansei e disse a eles.

Naruto:(bem, eu diria a vocês para ficarem à vontade, mas eu acho que não vai rolar né?) Saio do meio da sala e vou me sentar no sofá quebrado.

???2:(você deve se achar muito para fala assim com a gente não é garoto?) Perguntou o loiro sendo sarcástico.

Naruto:(não, eu só ajo assim nas quartas feiras ou quando tem alguém na minha frente que eu quero mesmo dar uma surra) respondo sorrindo ainda mais.

Depois disso ninguém disse mais nada fazendo assim a sala entrar novamente em um silencio profundo. De vez em quando podíamos ouvir alguns trechos da conversa que acontecia no quarto ao lado, o que me deixava ainda  mais curioso do que já estava para saber o que acontecia ali.

Depois do que pareceu ser uma hora mais ou menos eles saíram do quarto com a Hana se apoiando em duas muletas que o médico deve ter trazido.

Naruto:(então, como foi lá dentro?) Pergunto a morena que vinha em minha direção.

Hana:(um pouco doloroso, mas tirando isso até que foi melhor do que eu esperava) disse ela calma.

Yoshiro:(não se esforce demais Hana, os jutsus que usei em você só aliviarão a dor temporariamente) falou o médico que ia até os seus dois amigos que já estavam mais calmos.

Hana:(mesmo assim já foi um grande avanço eu voltar a andar sem sentir minhas pernas explodirem a cada passo) disse ela que parecia bem mais humorada do que a uma hora e meia atrás.

Naruto:(bem, acho que isso é um adeus né?) Digo a ela que se vira novamente para mim encarar.

Hana:(sim é, quero que saiba que sou eternamente grata por tudo o que fez por mim nesses dias) falou ela fazendo uma reverencia meio desajeitada.

Naruto:(não precisa exagerar Hana, você sabe porque fiz isso, mas se quiser mesmo me agradecer de verdade, peço que me ajude com aquilo) disse calmamente a ela que concordou com a cabeça.

???1:(antes de partimos Hana nós precisamos que você use o Henge) pediu o líder deles.

Hana:(sei o Yoshiro-kun já me explicou tudo) respondeu ela que fez os sinais de mão e começou a mudar o seu corpo.

Ela mudou a cor do seu cabelo para rosa com um penteado um pouco curto, depois trocou a cor dos seus olhos para azuis e por ultimo cresceu uns dez centímetros.

Yoshiro:(ótimo, agora já podemos ir) disse o médico olhando para a garota.

Naruto:(tchau Hana) digo quando andávamos até a porta.

Hana:(tchau Akira, tchau Aiko, vejo você depois) falou ela saindo do apartamento junto com os outros três.

Depois que eles saíram eu fechei a porta e com um suspiro falei.

Naruto:(então, quer comer alguma coisa?).

 

Quebra de tempo (8:00 da noite)

 

Estava andando por uma rua qualquer em busca de algum restaurante aberto ou barraca de comida, mas por incrível que pareça tudo já estava fechado, as pessoas não andavam mais a noite e não era só isso que estava estranho na vila esses dias; o número de assassinatos e roubos haviam quase dobrado desde o último mês; muitos nukenins começaram a aparecer no território da vila nos últimos dias e pelos boatos que rodam pelas ruas eles não estão só de passagem; houveram alguns protestos contra o modelo de governo da vila que foram abafados pelos clãs; enfim a situação não estava fácil e pela lógica as coisas vão somente piorar com o julgamento dos ninjas que "explodiram" o galpão.

Tinha trocado de roupa antes de sair do apartamento, agora vestia uma calça preta normal, usava sandálias ninjas brancas, usava uma bolsa ninja na cintura, uma blusa com capuz preta e uma camisa gola v branca.

Depois de virar mais uma esquina decido ir embora para o meu apartamento, mas ao olhar para o meio da rua vejo algo estranho parado há alguns metros à frente. Paro de andar no mesmo momento e começo a tentar perceber se existe algo suspeito nele ou a sua volta. Depois de alguns segundos decido chegar mais perto.

Naruto pensamento:(tomara que só seja mais um mendigo, não quero arranjar mais confusão hoje) penso comigo mesmo enquanto começo a analisar o sujeito à minha frente.

Ele era alto e esguio, usava uma capa imunda e fedorenta que era totalmente negra, estava descalço e tinha cabelos pretos muito desgrenhados que batinha na altura dos seus ombros. Ele estava de costas para mim.

Naruto:(ei você ai) chamo o sujeito que nem sequer se moveu.

Naruto:(ei, o que há com você) chamo ele novamente, mas agora tocando o seu ombro com cuidado, só que a visão que tive quando ele se virou me deixou sem reação.

Ele não era um ser humano, na verdade era uma marionete que se assemelhava a um humanoide de três olhos, com dentes irregulares e pontiagudos que tentaram me atacar, mas eu consegui dar dois passos rápidos para trás e escapei por pouco, só que era isso que a coisa queria pois havia outra atrás de mim que me prendeu em sua barriga aberta usando cordas que seguraram muitas partes do meu corpo.

A primeira marionete se desmembrou formando várias laminas que vinheram em alta velocidade em minha direção e com certeza me matariam se eu não usasse o Kawarimi no Jutsu substituindo o meu corpo por uma caixa de papelão que vi a poucos segundos em cima da calçada a minha esquerda.

Naruto:(mas que porra é essa?) Pergunto segurando o meu ombro direito que agora estava sangrando por causa da única lamina que conseguiu me perfurar.

???:(meus parabéns, não existem muitas pessoas que conseguem escapar do meu Karakuri Engeki • Kurohigi Kiki Nihatsu [Teatro de Marionetes • Técnica Negra Secreta de Duplo Momento Crítico]) disse uma voz masculina em meio as sombras da noite.

Olhei para os bonecos e comecei a analisar o que havia me segurado, ele tinha uma cabeça muito mais longa do que o primeiro com um rosto em forma de balde, dois afiados chifres vermelhos e seis braços, suas características faciais incluíam três olhos semelhante ao da primeira marionete, com um penteado despenteado escuro. Seu corpo em geral lembrava um pouco um grande barril.

Naruto:(aonde você está desgraçado?) Digo olhando ao meu redor, mas não encontrando ninguém.

???:(estou bem mais perto do que imagina) retornou a falar a voz e depois as duas marionetes que já estavam em suas formas humanoides vinheram em minha direção.

Elas avançaram com bastante velocidade e tive que pular de novo para a esquerda, por sorte não fui atingido por mais uma lamina que havia saído do pulso do primeiro boneco.

Quando eu encostei na parede algo estranho aconteceu, senti algo parecido com uma onda de choque atravessar meu corpo e fazer minhas pernas começarem a ficar mais pesadas, por um segundo meu corpo não me respondeu e isso fez com que eu levasse uma mordida na coxa executada pela marionete mais baixa. Com um movimento rápido giro minha perna que ainda estava presa aos dentes pontiagudos do boneco em direção a parede e assim fazendo ele se chocar contra ela e consequentemente me soltar.

Kurama pensamento:(gaki tem algo errado acontecendo com o seu corpo) disse a voz da raposa dentro da minha cabeça.

Naruto pensamento:(o que foi Kurama?) Perguntei sem paciência enquanto controlava a dor e fugia de uma série de ataques físicos das marionetes que agiam com extrema sincronia.

Kurama pensamento:(você foi envenenado) disse ele simplesmente.

Naruto pensamento:(merda!!!...dá para controlar o veneno?) Pergunto sentindo minha mão começar a tremer levemente.

Kurama pensamento:(como não sei que veneno é esse e nem seus efeitos, tudo o que posso fazer é diminuir os sintomas e o seu alastramento para o resto do corpo) respondeu ele com sua típica voz sem emoção.

Naruto pensamento:(melhor do que nada) falo ao mesmo tempo que acerto um soco aonde deveria ser o queixo da marionete maior.

Kurama pensamento:(o cara que esta te atacando provavelmente deve ter o veneno, então não enrole muito e acabe logo com isso antes que você perca a consciência) disse ele antes de encerrar a nossa comunicação.

Naruto pensamento:(tenho que achar um jeito de encontrar esse filho da puta) digo a mim mesmo enquanto tentava olhar a minha volta e ainda prestava atenção nos meus agressores inanimados.

Enquanto eu continuava minha luta de taijutsu com os dois bonecos eu vi a fina linha de chakra que surgia de suas costas e ia na direção do final da rua, então na esperança de achar aquele desgraçado fui sem pensar duas vezes em sua direção.

Esse foi mais um erro da minha parte, pois quando estava quase chegando ao que seria a sua silhueta mais uma marionete surgiu do chão e me prendeu dentro dela.

???:(Kurohigi - Sanshouo [Movimento Negro - Salamandra]) falou ele ao mesmo tempo em que eu caia dentro do seu boneco.

Naruto:(chega desses joguinhos de gato e rato!!...Raiton Denki Kunai!!!) Gritei ao mesmo tempo que concentrava chakra nas minhas adagas deixando-as com uma cor meio azulada e fazia elas repelirem pequenas faíscas por conta da eletricidade que circulava agora pelo metal.

Fiz uma sequência de cortes rápidos na superfície da marionete que não causaram muitos danos além de arranhões, mas não me importei e continuei a golpear em um único lugar. De repente um tipo de gás começou a penetrar na marionete aos poucos me deixando com mais pressa ainda e fazendo eu aumentar ainda mais a velocidade dos golpes deixando-os completamente frenéticos.

Depois de muita insistência consegui fazer uma abertura, mas a cada segundo que se passava o gás dentro da marionete já começava a demonstrar os seus efeitos me causando uma grande tontura, então guardei minhas adagas na bolsa ninja que carregava na cintura e mesmo sabendo que eu poderia me ferir gravemente por conta do pouco espaço peguei dois papeis bombas modificados por mim e os colei nela, por último protegi meu rosto com os braços e fiz o selo de liberação esperando a explosão que veio logo depois.

A explosão foi muito forte e eu acabei sendo arremessado para cima com meus braços quase completamente queimados, minha camisa e blusa completamente destruídas, minha calça cheia de cortes, mas pelo menos estava fora daquela coisa que estava agora destruída e se tem uma coisa de que tenho certeza é que faria o desgraçado que me colocou ali morrer de uma maneira bem dolorosa.

Naruto:(agora você conseguiu acabar com qualquer chance de eu te deixar vivo) digo a sombra que estava agora a minha frente enquanto ativava o primeiro nível do meu selo amaldiçoado.

???:(se tem alguém aqui que precisa de piedade é você amigo) falou ele achando graça.

Naruto:(vamos ver então...Raiton Gian!!!) Disse a ele sério, depois concentro chakra raiton na boca e disparo contra a sua sombra na forma de um raio azul com um potencial destrutivo enorme.
A sombra não esboçou reação alguma fazendo assim o raio atravessar o seu corpo que caiu no chão com um som abafado pelo raio que atingiu o muro de um terreno baldio e o destruiu completamente com um estrondo enorme.
???:(nossa, essa foi por pouco) falou a voz ao lado da marionete que havia me prendido.
Naruto:(desgraçado, como você fez isso?) Perguntei a ele com raiva.
???:(ah foi fácil, eu só precisei trocar de lugar com o Karasu [corvo] usando o Kugutsu Shunshin no Jutsu [Técnica de Movimento Rápido da Marionete]) respondeu com deboche.
Por um segundo minha visão ficou totalmente escura e por causa disso quase fui morto por um ataque do marionetista.
???:(Kugutsu - Samidare [Marionete - Chuva de Maio]) ordenou ele fazendo a marionete que foi atingida pelo raio e a que havia me prendido antes começarem a jogar várias bombas pela rua.
As explosões quase me atingiram várias vazes, mas a única que me causou algum dano foi a primeira que acertou de raspão na perna direita. Como não tinha tempo para montar um plano decidi partir para a força bruta.
Naruto:(Katon Zukokku) falo depois de liberar uma massa de chamas vermelhas e negras pela boca em direção as marionetes que foram atingidas em cheio.
Naruto:(Kage Bunshin no Jutsu) digo logo após criando três clones que foram juntos comigo na direção das marionetes.
???:(não vai ser tão fácil...Dokugiri Jigoku - Baribari Hyaku Renpatsu [Inferno da Neblina Venenosa - Combo de Agulhas Consecutivas]) disse o outro fazendo os dois bonecos que estavam meio deformados nos cercarem lançando outro tipo de gás venenoso e depois lançando várias senbons, não deixando chances para escapar.
???:(no final ele não era tão forte assim) falou ele alguns segundos depois da fumaça se dissipar vendo quatro corpos cheios de agulhas espalhados no chão.
Naruto:(posso saber quem não e tão forte?) Disse atrás dele que não notou eu criando um quarto clone quando a fumaça começou e depois me esgueirando por trás dele para surpreende-lo.
???:(impossível...como você consegui fugir daquele ataque?) Perguntou ele começando a ficar aterrorizado.
Agora que estava perto consegui ver como ele era. Calçava sapatos ninjas comuns, usava uma calça larga sem bolsos, uma camisa de mangas longas, luvas com buracos nos dedos, um chapéu com duas pontas no topo da cabeça, a bandana ninja de Suna estava na testa, tinha uma pele branca, olhos castanho-escuros e usava maquiagem no rosto.
Naruto:(não foi muito difícil, mas agora quero saber quem e por que te mandaram atrás de mim?) Digo o derrubando no chão e pegando a cabeça dele, depois encosto seu pescoço na ponta da adaga que eu segurava com minha mão esquerda.
???:(e porque eu deveria dizer isso se você já é um homem morto?) Perguntou ele retoricamente enquanto dava um comando para suas marionetes me atacarem por trás com diversas laminas que elas empunhavam.
Em um ato de puro reflexo faço dois clones que vão de encontro aos bonecos me deixando novamente a sós com meu inimigo que ainda estava no chão.
Naruto:(última chance, quem te mandou aqui e por que?) Falo furando sua coxa esquerda com minha adaga.
???:(não direi nem morto...AAAAAAARRRRRGHHHHH) falou ele com dificuldade por causa da dor, mas já que ele queria assim, que seja, terei que descobrir isso depois sozinho. Peguei suas pernas e fiz um corte profundo em cada que ia da virilha até o joelho, depois rasguei sua camisa e executei o Katon - Bakuhatsu En Shoto concentrando chakra nos dedos e queimando aos poucos a pele até chegar as suas tripas. A cada novo golpe os seus gritos de dor iam aumentando cada vez mais o que me lembrava de acabar aquilo rápido antes que as autoridades chegassem.
Para finalizar peguei seu pescoço e com um corte limpo da adaga tirei sua cabeça fora. Depois comecei a vasculhar o corpo em busca do antidoto e só achei em um bolso falso que ficava em baixo da manga direita da camisa dele junto com seus documentos.
Naruto:(autorização para pratica de atividades ninjas número 67998523, nome: Subaku no Kankuro, idade: 15 anos, país: desconhecidos...se você não fosse tão dependente dos seus bonecos teria mais chances para me matar) digo depois de ler o seu registro ninja da vila.
Sai de cima do seu corpo ensanguentado e injetei o antidoto na veia do meu braço direito, depois me encostei em uma parede e disse enquanto caminhava apoiado nela com certa dificuldade.
Naruto:(tomara que de tempo de chegar até a Aiko).

Naruto pov’s off

.

.

.

(N/A: ainda não acabou, continuem descendo)

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Autor pov’s on (ao mesmo tempo em que ocorria a luta)

 

 

Hideki:(eu não sei de nada juro, eles me deixaram aqui e disseram que voltariam para me buscar no dia da fuga) falou o mordomo que estava amarrado a uma cadeira ao lado de uma mesa com vários objetos feitos para tortura.

???:(e como saberei se não está mentindo vovô?) Perguntou a outra pessoa que estava ali no quarto do mordomo de um jeito doce enquanto passava a ponta de uma foice totalmente negra perto do pescoço do senhor mais velho.

Hideki:(eu...eu não mentiria para você sabendo que posso morrer) jurou o mordomo que já começava a pensar em tentar fazer algum acordo com o outro para tentar se livrar daquela situação.

Durante alguns segundos o invasor ficou olhando duramente para aquele velho reconhecendo o olhar que ele lançava lhe, seus anos naquele ramo de trabalho o rendeu vários frutos e um deles era reconhecer os diferentes tipos de olhares que suas vítimas faziam, esse por exemplo era o de um típico traidor que seria capaz de matar sua própria mãe para se safar da morte.

???:(vovô, vamos fazer um acordo: você me conta tudo o que sabe e eu te deixo vivo, que tal?) Disse calmo ao mesmo tempo que tirava sua foice do pescoço do que seria sua mais nova vítima.

Os dois se encaram durante mais alguns segundos e depois o mais velho assentiu com a cabeça confirmando as suspeitas do assassino a sua frente. Durante alguns minutos tudo o que se ouviu naquela sala foi a voz do Hideki contado tudo o que havia acontecido com a Aiko e com ele desde que chegaram na vila.

Hideki:(e isso é tudo o que sei) falou ele quando acabou de relatar sua história.

O outro nada disse e apenas girou sua foice em direção a perna esquerda dele e a decepou sem esforço. O velho, em um primeiro momento olhou para seu agressor incrédulo e depois que começou a sentir a dor gritou com todo o ar dos pulmões.

???:(me desculpe, mas não faço acordos com traidores) disse ele indo em direção a mesa e pegando uma faca de açougueiro cega. Agora seria o seu momento de prazer e ele demoraria o tempo que fosse preciso até que estivesse satisfeito.


Notas Finais


E ai gostaram? bem espero que sim, no capitulo passado fiquei devendo a aparência do Hideki, então colocarei aqui em baixo.
Antes de me despedir peço que vocês comentem e classifiquem com as estrelas o capitulo, pois me motiva a continuar e ainda me faz saber o que vocês estão achando da história.
Agora me despeço, falou e até mais.
Hideki: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/ca/42/b5/ca42b5892f238b03aaecd4a472c95685.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...