História A jornalista - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 19
Palavras 953
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Festa, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Perdida


Fanfic / Fanfiction A jornalista - Capítulo 2 - Perdida

Neguei a carona do desconhecido, e fui andando a pé. Andei várias ruas, estava muito cansada, era muito longe, resolvi pegar algum tipo de atalho, mesmo não conhecendo a cidade. Passei por um beco pouco iluminado, no final dele pude ver algumas pessoas, caminhei até elas para pedir informação, pois acho que me perdi.

-Ei você! -Um cara da uns passos em minha direção. -Acho que estou perdida, poderia me dizer onde fica o hotel Lincoln ? 

-Oi garotinha, tá perdida é? -Ele já estava bem próximo a mim.

-E-Estou, queria saber onde fica o hotel por favor. -O homem fica bem próximo a mim, com uma de suas mãos, ele passa em meu cabelo. 

-Não precisa ficar com medo. -Percebi um olhar malicioso em seu rosto. Estava com muito medo.

-E-Eu já vou indo. -Quando fui me virar para ir embora, ele me segura pelo braço.

-Onde pensa que vai? vamos se divertir um pouquinho.

-Me solta! -Cuspi em sua cara e comecei a correr. Acabo tropeçando em umas caixas que havia no caminho. o homem estava logo atrás de mim. Ele me levanta do chão pelo braço, e rasga minha blusa com uma certa brutalidade. Comecei a chorar desesperadamente, o que aconteceria comigo? mudei pra Seul para ter uma vida melhor, e é isso que vai me acontecer? não posso deixar. Dei um chute na barriga do homem, e antes que eu pudesse correr, ele dá um tapa no meu rosto, me fazendo ir ao chão. Chorei ainda mais, ainda caída no chão, ele segura minhas mãos.

-Me solta! -Ele dá mais um tapa em meu rosto.

-Cala a boca, e seja uma boa mocinha.

-Nãoo! Nãoooo! Me solta covarde! -Os outros caras que estava com ele só observava.

Derrepente alguém surge, impedindo o homem de fazer qualquer coisa comigo. Não consegui ver direito, pois chorava muito. Os homens parecia lutar entre si, eu apenas me encolhi no canto da parede, tentei levantar, mas minhas pernas estavam machucadas pelo tombo que tinha levada antes. Então apenas fiquei chorando no canto, torcendo para que nada acontecesse comigo. Os dois homem continuavam brigando, um deles estavam apanhando muito, mesmo com a vista embaçada pelo choro, pude ver que um deles estava realmente machucado, estava sangrando uma parte do rosto. O mesmo conseguiu fugir rapidamente, se ele tivesse apanhado mais, talvez poderia ter morrido. O outro homem se aproximou de mim.

-P-Por F-Favor não faça nada comigo, eu tenho dinheiro, não é muito, mas por favor leva. Me deixa em paz!!! -Meu choro tomou conta de mim mais uma vez. 

-Ei! Calma, calma, shiiii sou eu, o cara que te deu carona, estou aqui para te ajudar, eu te segui até aqui, viu a surra que dei naquele cara? está machucada, vamos até ao hospital, vem.

-E-Eu estou bem. -Quando fui me levantar, o garoto me pegou no colo. 

-Quase caiu, cuidado, deixa eu te ajudar. Vou te levar até ao hospital.

-Não! não! Quero ir embora.

-Tudo bem vou te levar. -Comigo ainda no colo, ele me coloca no banco do carro.

-Obrigado.

Ele dá partida no carro, e me leva até o hotel que eu estava hospedada. Pelo fato de eu não conseguir andar direito, ele me leva ainda no colo, até o meu apartamento. 

-Cadê a chave?

-Está dentro da minha bolsa... Droga! ficou lá onde eu estava caída. 

-Fica aqui, vou até lá procurar. -Ele me coloca no chão.

-Tá bem, vou esperar. 

Se passou um longo tempo até que ele chegou.

-Eu procurei por todo o lugar e não achei, um daqueles desgraçados deve ter levado sua bolsa, me desculpe. 

-Aí meu Deus e agora? 

-Pode ficar na minha casa se quiser.

-Eu não sei.

-Por favor, só essa noite, amanhã resolvemos tudo.

-O-Okay.

Ele me pegou no colo novamente e me levou até o seu carro, depois fomos até sua casa. Um tempo se passou até que chegamos. 

-Woow! sua casa é linda! ela é tão grande. -Ele devia ser alguém rico, a casa era muito luxuosa. Ele para o caro e me desce em seguida. Sobe as escadas da enorme casa, empurra a porta com o pé, pois estava comigo no colo, a abrindo.

-Ei eu já posso andar. -Ele ri.

-Tudo bem. -Ele me coloca no chão.

-Que quarto enorme! é o seu?

-Sim. -O quarto tinha uma parede de cor acizentada, e as outras paredes eram brancas, uma enorme cama de casal com um lençol de cor cinza e detalhes dourados. Uma porta que devia ser a do banheiro, e um enorme closet.

-Se quiser tomar banho, aquela porta é a do banheiro. -Apontava para a porta. -E roupa, ahn...Vai ter que vestir a minha. -Começamos a rir.

-Eu preciso mesmo tomar banho, não tem problema vestir suas roupas.

-Ok, vou estar lá em baixo qualquer coisa é só chamar.

-Tá obrigado.

Depois que ele saiu, entrei no banheiro tirei minhas roupas, e comecei a banhar. Terminei de banhar, peguei uma toalha, e sai do banheiro e fui até o closet.

-Nossa! quantas roupas. -Pego uma roupa que parecia não ser tão grande, e a coloco. Depois de me arrumar, deito na cama. Logo depois alguém bate na porta.

-Ei! você está bem? posso entrar? 

-Sim, claro.

-Até que minha roupa não ficou tão mal em você. -Olhamos um para o outro e começamos a rir.

-Qual seu nome? -Estava incomodada por nem saber o nome do garoto que tanto me ajudava.

-Me chamo Min Yoongi, mas pode me chamar de suga. E o seu?

-Katherine, Katherine Pierce.

-Katherine, amanhã vamos até a delegacia ok? precisamos relatar o que aconteceu hoje.

-E-Eu não quero! Quero esquecer tudo o que aconteceu.

-Mas Katherine...

-Por favor Suga.

-Deixa pelo menos eu ir até a delegacia, aquele cara pode estar por aí ferindo outras pessoas.

-Ér...O-Ok. Onde eu posso dormir?

-Dormi aqui mesmo, vou dormir no quarto da frente, qualquer coisa só chamar tá?

-Tá.

-Boa noite Katherine. Dorme bem.

-Boa noite Suga, você também.




CONTINUA...




Notas Finais


Olá leitores do meu kokoro. O que acharam da fic? Espero que tenham gostado, até a próxima 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...