História A jornalista - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 10
Palavras 898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Festa, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpe pela demora pujins, prometo postar com mais frequência u.u

Capítulo 4 - Sentimentos


Fanfic / Fanfiction A jornalista - Capítulo 4 - Sentimentos

Quando Suga chegar vou ir para o meu apartamento, preciso organizar algumas coisas, principalmente sobre a entrevista que farei daqui alguns dias. 

Escutei o som da campainha e logo deduzi que era o Suga. Me levantei do sofá, fui até a porta e a abri.

-Cheguei. -Ele passa por mim e vai até a cozinha.

-Percebi. -Falei sarcástica enquanto sorria. Ele ri.

-Suga, vou ir embora, tenho muitas coisas para resolver. -O segui até a cozinha.

-Já? -Falou abrindo a geladeira e pegando um copo de água.

-Como assim já? Estou aqui a uns dois dias. -Falei extasiada. E ele fez biquinho em demonstração de tristeza, que por acaso o deixava muito fofo. 

-Não tem problema ficar só mais um, com você aqui eu não me sinto sozinho. -Se aproximou de mim, me olhando nos olhos.

-Preciso mesmo ir, tenho coisas para organizar, vou deixar o número do meu celular, pode ligar quando quiser. -Peguei uma caneta no balcão e um papel que estava pregado na grande geladeira de inox, e anotei o número do meu novo celular, que não tinha o contato de ninguém. Depois que anotei deixei o papel no balcão. -Obrigado por tudo. -caminhei até ele e lhe dei um abraço apertado. -Continue sendo essa ótima pessoa que você é, e ajude os outros sempre que possível. -Ele retribuiu o abraço, afastou uma mexa do meu cabelo para trás da orelha e deu um beijo na minha testa, aquilo era realmente bom, uma das melhores sensações. -V-Você vai me esmagar. -Disse brincando e ele riu.

-Obrigado você Kath, ter você por aqui me deixou realmente feliz, sempre estou sozinho, e isso é tão deprimente. -Vi seus lindos par de olhos pretos se encherem de lágrimas, e uma fina lágrima escorrer pelo rosto pálido e sereno. -O abracei novamente e limpei suas lágrimas com a ponta de meus dedos.

-Katherine, sua chave. -Se afastou, colocou a mão no bolso e tirou uma chave. A peguei.

-Você vai ficar bem? -Perguntei.

-Vou sim. -Disse ele abrindo um lindo sorriso doce.

-Está bem então. -Fui até o quarto e peguei minha mala, desci e fui até a porta. -Tchau! -Acenei e Suga também. -Se cuida. -Ele acentiu com a cabeça. Abri a porta, e quando ia saindo pela mesma, Suga me puxa pelo braço, fazendo colar nossos corpos.

-S-Suga? O que está fazendo? -Franzi o cenho.

-Uma coisa que queria fazer faz tempo. -Se aproximou ainda mais, e me beijou calmamente. Não parei o beijo, que era realmente bom, apenas passei meus dedos entre seus cabelos loiros e macios, paramos o beijo pela maldita falta de ar, e não prosseguimos com ele, pois o Suga se afastou.

-Se cuida você também. -Foi a última coisa que ele disse antes de fechar a porta na minha cara.

-E-Ei! -Fiquei um pouco surpresa, ele não iria me levar até o meu apartamento? acho que vou ter que ir a pé mesmo droga.


>>>>>>> P.O.V Suga <<<<<<<


Depois de bater a porta na cara da Katherine, Subi as escadas o mais rápido que pude, entrei no meu quarto e abri algumas gavetas procurando por meu remédio.

-Achei! -Peguei dois comprimidos brancos e engoli sem água mesmo, precisava tomar logo. Comecei a tomar eles depois da morte de meus pais, ele alivia minha ansiedade, espero que a Katherine não esteja brava comigo, droga. Vou enviar uma mensagem para ela. Fui na cozinha pequei o papel com o número dela e salvei nos meus contatos como "amor". 

(Mensagem on)

Suga [14:57] Oi Katherine, como você está?  

Amor [16:08] Estou bem, só um pouco cansada, foi um longo caminho da sua casa até o hotel.

Suga [16:09] Desculpa por antes.

Amor [16:09] Tudo bem, eu sei que beijo mal kkkkkk

Suga [16:10] Claro que não baka. 

Suga [16:10] O que acha de ir em uma festa comigo hoje?

Amor [16:10] Claro, que horas?

Suga [16:10] As 20:00 vou passar aí para te pegar.

Amor [16:11] Tá bom. Vou sair agora, beijos.

Suga [16:11] Beijos. 


>>>>>>> P.O.V Katherine <<<<<<<


Eu não deveria ir à esta festa, porque quando estou bêbada ninguém me segura, vou ter que me controlar para não fazer nenhuma besteira. A última vez que fiquei bêbada beijei minha amiga, fiquei um bom tempo sendo zoada por alguns amigos, ainda bem que nessa cidade ninguém me conhece. 

Vou a uma loja comprar roupas, as minhas já estão acabadas, mas antes preciso organizar minhas entrevistas. Peguei meu Notebook e comecei a escrever. Vou entrevistar um cantor, preciso fazer perguntas que todos gostariam de saber, do tipo...como é sua vida amorosa? o que ele faz nos finais de semanas? droga isso tá uma merda, não consigo pensar em nada bom. Tive uma idéia, vou entrar no meu site e perguntar para os fans o que eles gostariam de saber sobre os ídolos. Logo recebi várias mensagens, escolhi algumas para utilizar. Depois que organizei tudo, sai do apartamento e fui até a uma loja bem perto. 

Escolhi um vestido preto, de manga curta, com um decote "V" nas costas. Um salto alto de cor nude e um pequeno brinco dourado com um formato de coração. Paguei tudo, e fui para meu apartamento. Vi que já estava um pouco tarde e resolvi banhar. Quando terminei de banhar já eram 19:02, me apressei para se arrumar. Coloquei o vestido o sapato, fiz uma maquiagem elegante, mas ainda assim discreta, um pouco escura com com uns brilhos. Quando terminei de me arrumar já eram 19:50, apenas aguardei o Suga chegar para me levar até a festa.











Notas Finais


Até o próximo capítulo aeeew ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...