História A kitnet - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Tsunade Senju
Tags Narusasu, Naruto, Romance, Sasunaru, Universidade, Yaoi
Visualizações 85
Palavras 3.726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá seus lindos, como vão ?
Eu queria agradecer pelo apoio e os comentários e me desculpar pela demora gigante. Minhas aulas acabaram de voltar e eu já fiquei muito cansada, não consegui escrever a noite e tenho e tinha várias coisas atrasadas. E na verdade eu mudei de idéia sobre o capítulo.. queria fazer um "prós de conviver com o Sasuke ", mas deixei para o próximo capítulo, o bom é que já tenho um pouco de material.
Vou tentar me habituar a escrever em ritmo melhor. Boa leitura gente !

Capítulo 5 - As olimpíadas



Pop Naruto : 
    
    
       Eu estava andando pelo campus da faculdade com o Shikamaru, um grande amigo meu do ensino médio que fazia tempo que eu não via. Combinamos de almoçar juntos e eu estava refletindo sobre onde iriamos comer. Comida era sempre um assunto muito importante para mim e a decisão era difícil.
  
     - Naruto, você não vai participar das olimpíadas ? - Shikamaru perguntou com a voz baixa. Como sempre ele caminhava de forma relaxada com as mãos no bolso e possuía uma expressão entediada e sonolenta 
     - Ahm.. desculpa eu não te ouvi, estava pensando onde iremos almoçar - falei.
     - Não sei porque pensa tanto, sempre acaba escolhendo o bife a parmegiana ou o lamen - ele constatou. Bem.. aquilo era verdade. Ele me conhecia muito bem. Por mais que eu tentasse optar por experimentar novas comidas as opções de sempre eram muito boas e era difícil desapegar.
     - Tá bom, você tem razão - admiti chateado por ser tão previsível mas o que eu podia fazer, não conseguia largar meus bons e velhos hábitos - mas decidir entre a parmegiana e lamen já é uma decisão difícil.
     - Vou facilitar, eu decido por a parmegiana hoje - ele disse. 
 
    - Mas lamen é tão bom - comentei ainda indeciso.
     - Como se você não come- se lamen suficiente - ele argumentou- faz mas tempo que você não come a parmegiana. Como sempre ele conseguiu me convencer.
    - Então vamos - falei.
 
     - Nos já estamos a caminho - ele informou.
         Vi vários alunos vestidos com roupas de ginástica em grupos pelo caminho.
       - Quantas pessoas fazem esportes, assim eu me sinto mal de ser sedentário - comentei. Shikamaru parecia distraído, não sabia se estava me ouvindo.
        - É por causa das olimpíadas. - ele respondeu finalmente enquanto bocejava- Você não vai participar ? - ele perguntou. 
       - Eu nem estava sabendo de olimpíadas - falei incomodado com o fato de que eu parecia ser a única pessoa a par disso - me explica - pedi. Shikamaru suspirou, apenas falar as vezes o deixava cansado.
       - Bom é o conceito genérico de olimpíadas - ele falou como se fosse óbvio - Os diferentes cursos vão competir entre si em diversas modalidades esportivas - ele como se estivesse informando uma notícia de jornal.
   
       - Ninguém no meu curso me avisou sobre isso - falei um pouco chateado por ter sido deixado de fora. Eu tinha feito muitos colegas e era bem sociável eu gostava de estar sempre por dentro.
       - Bom, acho que o curso de música não é muito engajado nos esportes - ele justificou - E também, está realmente muito quente para esportes. Mas se quiser podemos assistir depois do almoço - ele sugeriu.
      - A tanto faz - falei tentando disfarçar minha vontade de participar - A administração não vai participar ? - questionei. Shikamaru fazia administração, curso que na minha opinião era perfeito para ele. Ele era muito inteligente e entendia de logística.
     - A administração provavelmente vai, eu com certeza não - ele respondeu. A preguiça com certeza era a sua maior perdição. Mas ele não seria o Shikamaru sem isso. - Mas assistir pra mim tudo bem, desde que eu esteja na sombra - ele completou. 
   
     - Claro, ficamos numa sombra - concordei.
     ....
        Logo depois do almoço, que por sinal foi maravilhoso, já que aquele bife a parmegiana nunca deixava a desejar, eu e o Shikamaru fomos para as quadras de esportes. Alguns jogos já haviam começado, em três quadras paralelas haviam universitários jogando vôlei, futebol e handebol. 
     E haviam diversos alunos de vários cursos em volta das quadras gritando e torcendo por seus times, assim como atletas de uniformes se preparando para os próximos jogos. 
      Shikamaru imediatamente começou a caminhar para um canto com sombra e eu o segui, era um pouco mais tranquilo embora tivesse gente gritando ao nosso lado. Nós sentamos na grama e ficamos observando o jogo de futebol que segunda a torcida era da física contra a engenharia da computação.  Estava acirrado no zero a zero.
     - Acho que o talento deles é nós cálculos e não no futebol - comentou Shikamaru. Realmente o jogo estava bem parado, eu estava prestando mais atenção no jogo de vôlei feminino uma quadra atrás. Até que vi um pessoal da minha sala; então o Kiba, o Gaara e a Ino vieram na minha direção.
       - Naruto ! Que bom que está aqui - Kiba  falou alto chegando perto de mim. Tanto ele quanto Gaara estavam vestidos com um uniforme laranja.
     - A gente não tinha o que fazer - eu disse me referindo a mim e ao Shikamaru. Não deixava de ser verdade.
      - Você vai jogar vôlei, não vai ? - Ino perguntou sorridente - Está faltando gente no time das artes - ela contou. Eu me senti feliz por precisarem de mim, mas ainda queria que eles tivessem me avisado antes, agora parecia que eles estavam me chamando para jogar só porque precisavam de alguém.
    
       - Não sei - respondi me fazendo de difícil - Não sou muito bom no vôlei - dei a desculpa. Na verdade eu não era ruim, eu dava pro gasto. 
       - Até parece - Shikamaru comentou - Ele está louco para jogar - falou me entregando sem hesitar. Eu o encarei em descrença.
      - Então porque não joga ? - Ino perguntou confusa.
  
      - Nenhum de vocês me contou que teriam olimpíadas pra início de conversa - acabei soltando.
      - Como assim você não estava sabendo ? - perguntou Ino abismada. 
      - Nos falamos das olimpíadas no grupo da sala Naruto, você que ignora o grupo - Gaara disse e os outros concordaram com a cabeça. Porque eu nunca olhava o grupo ? Agora eu estava com vergonha por ser tão distraído.
      - Para de cu doce Naruto e joga logo Naruto - Kiba reclamou antes que eu pudesse falar alguma coisa. 
     - Calma, eu vou jogar  - falei levantando as mãos. Olhei para o Shikamaru.
    - Vai lá e se diverte - ele falou como se eu fosse uma criança - vou ficar aqui assistindo - ele falou e se deitou na grama com as mãos cruzadas atrás da cabeça. 
    - Vem Naru - Ino chamou - Vou te dar um uniforme. Eu segui ela e os outros.
     ...
      
         
       Eu já estava devidamente vestido com o uniforme laranja, me aquecendo junto com meu time.  Estávamos treinando passe, levantamento e cortes de bola, e ainda não tinha passado na minha cabeça contra que time iriamos jogar. Mas assim que o outro time chegou senti minha pele arrepiar.
       Grande parte dos alunos gritavam chupa medicina, pois quase todos os cursos não simpatizavam com medicina, que era um curso que tinha muita gente que se achava melhor que os outros; Enquanto a outra estava igualmente dividida entre " Vai Med ! " e " vai Sasuke ". E Sasuke estava lá usando um uniforme roxo que fazia sua pele parecer ainda mais clara.
       Não sei como ele havia se tornado tão popular em tão poucos dias, mas parecia que as garotas o amavam e todos estavam depositando muita espectativa nele. Os outros integrantes do time lhe davam tampinhas nas costas como se ele fosse a estrela do time. Apesar disso a expressão dele não parecia feliz e sim indiferente e concentrada, como se o que pensassem dele não fizesse a menor diferença. Eu sinceramente não sabia se isso era bom o ruim.
        Eu estava me acostumando e apegando ao Sasuke aos poucos, e eu até que gostei de passar o tempo com  a ele ontem, mas eu adoraria vence - lo em algo pra vê - ló cair do seu pedestal, isso me deixaria bem contente. Por isso eu colocaria muito mais energia nesse jogo do que antes.
     Então Sasuke que estava conversando com o garoto de cabelos compridos e castanhos me viu e me me encarou surpreso. Nos entre olhamos por alguns segundos como um comprimento e desafio silêncioso. Eu sorri desafiador e ele riu debochado.
    O  time deles estava cheio de garotos altos e atléticos, e comparado a eles o nosso time não tinha um aspecto tão bom. Além de que alunos da medicina tinham a moral muito alta também nos esportes e os alunos das artes não. Mas pelo menos a maior parte da torcida estava com a gente. 
       - Time, vamos dar o nosso melhor - eu falei em alto e bom som recebendo com um corte perfeito o passe do Kiba. Comecei a passar pelos jogadores do meu time e ensinar como poderiam melhorar o modo de segurar a bola ou a quantidade de força  até o árbitro apitar sinalizando que o jogo deveria começar. 
        Como a bola começava com eles eu formei meus pés no chão e me preparei, eu ficaria no canto da frente para cortar a bola. 
       Felizmente, um cara do outro time sacou a bola na minha direção. Recebi com um passe para o levantador ao meu lado; que me devolveu a bola de forma perfeita, que eu completei com um corte forte e rápido . Já estava sentindo o gosto do primeiro ponto quando Sasuke  correu e recebeu o corte com uma manchete sem muita dificuldade, deixando a bola pra alguém do time dele; 
     - Aeehh Sasuke - gritava a torcida da medicina e algumas garotas de diferentes cursos.   
    Com isso o outro time lançou a bola para o fundo da nossa quadra, onde dois caras do meu time correram até a bola mas nenhum dos dois conseguiram recebe - lá e ela caiu no chão. 
           Um a zero para eles. Começamos mal. 
        - Kiba você pode ir lá para trás ? - perguntei tentando melhorar o posicionamento dos jogadores - você é bom na manchete - ressaltei. Do outro lado da quadra Sasuke ria do meu esforço.
 
        - Pode deixar - falou Kiba indo pro fundo. 
        O outro time sacou a bola novamente e Sai,  um branquelo que estava no meio da quadra recebeu a bola com certa dificuldade com um passe torto para o levantador, este então não conseguiu levantar de modo correto. Então eu dei o meu melhor e pulei e me posicionei tentando mudar a direção da bola enquanto cortava.
        Tentei jogar a bola o mais longe possível de Sasuke sem que fosse fora, acertando um ponto quando um dos jogadores do fundo deles conseguiu tocar na bola só para desvia - lá pra fora. 
      Os caras do meu time me deram socos de leve no ombro como comemoração. E a nossa torcida começou a gritar enlouquecida, acho que ouvi até um " Vai, Naruto ". Isso me deu mais ânimo ainda. 
        O jogo foi ficando cada vez mais intenso e acirrado. Eu dava tudo de mim, correndo, saltando, agachando, e cortando como se minha vida dependesse disso. E meu time estava jogando bem, porém o outro time também estava se empenhando. E Sasuke realmente jogava muito bem, tentavamos evitar que a bola chegasse a mão dele mas estava difícil, parecia que ele jogava em todas as áreas.
        Até o décimo quinto ponto estávamos na cola deles. Eles faziam um ponto e nos fazíamos outro, deixando a torcida empolgada. Mas aí então um cara do nosso time errou o saque e logo em seguida perdemos dois um por quatro toques ficando com três pontos de desvantagem.
      Estávamos indo muito bem, mas acho que ficamos cansado então acabamos nos distraindo. Só que em jogos quando nos desanimamos perdemos um ponto atrás do outro, então para recuperar os pontos eu tentei me mover ainda mais e indo atrás das bolas impossíveis, mesmo soando igual um porco. Mas a única coisa que conseguimos é ficar com um ponto a menos de desvantagem. Estava 22 a 20 para eles.
      
     - Vamos gente - eu gritei para o time - eu sei que estão cansados mas precisamos recuperar esses pontos - eu incentivei. E eles concordaram com expressões de determinação mas pareciam um pouco cansados, nem conseguiram concordar direito.
     - Oh- Sasuke gritou do outro lado para o próprio time - vamos  ganhar isso logo ! - Sasuke ordenou para o time em uma voz de líder. Os jogadores gritaram em resposta confiantes e a torcida deles se agitou gritando junto. 
   
     Ele me lançou um sorriso vitorioso que me deu vontade de cortar a bola na cara perfeita dele. Ele não tinha uma gotinha de suor no rosto, nem uma, como era possível ? Ele dia ser o fodao da medicina mas eu não ia me deixar vencer facilmente.
      
      - Sem chance - falei para o outro time ouvir - vou acabar com você Uchiha - ameacei.
      Nós arremessamos a bola e eu fiquei esperando pra ver por onde ela iria voltar. Lançaram ela para o Sasuke que se ergueu para cortar e neste momento eu pulei junto esticando meus braços na direção que ele iria jogar e bloqueando a bola. 
       - Boa Naruto !!!- gritavam ao meu lado mas a única coisa que eu podia prestar atenção era a cara de espanto do Sasuke e os caras do outro time. Realmente eu tinha feito um movimento impressionante, não costumava jogar tão bem, mas eu estava inspirado. 
       - Nossa Naruto acho que eu realmente te subestimei - ele comentou - acho que vou ter que me esforçar um pouco mais - ele falou.
  
        Depois disso eu até me esqueci do resto do time parecia que só eu e o Sasuke estávamos jogando, e realmente ele estava se esforçando mais, jogando com mais força e precisão. Antes ele nem estava dando o seu melhor, por isso nem estava soando, pensei. 
Minha respiração estava acelerada. Eles estavam com vinte e quatro pontos e precisávamos fazer esse ponto para empatar se não eles ganhariam.
      Sasuke pulou para cortar e eu pulei na  tentativa de bloquea- lo novamente, mas no último segundo ele passou a bola para o lado. Deixando para o amigo cortar. Já não dava para mim impedir a ação. 
       Eu só consegui olhar boquiaberto enquanto a bola acertava o chão com força. Nós tínhamos perdido. Depois de tanto esforço, Sasuke me venceu. Senti meu orgulho balançar enquanto o outro time comemorava. 
      Olhei para o Sasuke esperando ele jogar na minha cara ou pelo menos dar um sorriso triunfante, mas sua expressão era indecifrável. Ele comprimentou os companheiros de time com a mesma expressão do início do jogo. 
      - Mas que merda - ouvi Kiba reclamar - foi por tão pouco. - ele comentou aborrecido. Kiba era mal perdedor assim como eu. Mas a diferença era que eu não queria falar nem ouvir nada sobre isso. Só queria uma oportunidade de jogar de novo. Talvez conseguíssemos jogar contra a medicina  em outro esporte. Eu não sossegaria sem uma revanche. 
       Andei calmamente até fora da quadra.
       - Naruto não fica assim - Ino me consolou - você jogou muito bem. Eu devia estar com uma cara muito amarga. 
        - Relaxa, as artes sempre perdem - Gaara garantiu - Pelo menos dessa vez não perdemos feio. 
      
    
    ... 
      Estava no vestiário tirando minha camisa suada para me trocar e ir pra aula. Sinceramente eu não sei como ia fazer para melhorar minha aparência e meu cheiro. Não tinha como tomar banho sem toalha então eu ia ter que resolver com a pia, meu desodorante e meu perfume.
      
        - Pensei ter ouvido que você acabaria comigo Uzumaki - ouvi alguém atrás de mim. Era o Sasuke, percebi logo antes de me virar - acho que ouvi errado. - falou cínico. Eu estava estranhando o fato dele não ter esfregar a vitória na minha cara ainda 
    
       - Esse jogo foi roubado cara - eu disse sorrindo brincalhão; ele não precisava saber o quanto eu não gostava de perder - quero revanche um dia desses. 
 
       - Quem sabe - ele falou - Mas você jogou bem, jogou por uns três jogadores - ele comentou. Realmente o pessoal do meu time falou que eu estava sendo muito fominha e cobrindo um grande espaço sozinho.  Me admirei com o fato do Sasuke ainda estar sendo mais simpático, ele parecia mais grosseiro no primeiro dia.
      - Eu sei - concordei - por pouco não ganho de você.
      - Não exagera - Sasuke disse - você não ganharia de mim. - ele falou sorrindo de lado. E então ele também tirou a camisa me fazendo pensar por um segundo em parar de comer lamen e fazer acadêmica. 
     Ele tinha ficado sem camisa antes e eu já  tinha ficado com uma pontada de inveja. Ele não era grande, parecia magro como eu, mas era todo definido. Eu queria de ter uma barriga igual a dele.
      - Caramba Sasuke, por isso as garotas ficam babando por você - falei sem perceber. Sasuke levantou uma das sombrancelhas surpreso e me encarou. 
 
     - Então você também baba pelo meu  corpo ? - ele perguntou como se estivesse espantado e eu pude perceber que minha frase  e tinha soado mal, quase como uma cantada.  
      - Eu não quis dizer.. - comecei a falar mas fiquei sem jeito. E então ele deu um sorriso torto mostrando que não se importava realmente - seu Teme.Só acho que talvez eu também devesse ir na academia. - comentei fugindo do assunto.
       - Bom, quem sabe se você melhorar seu físico não ganha no vôlei - ele provocou e eu soquei seu ombro de leve. Ele olhou para onde eu tinha batido e em seguida olhou pra mim. 
      - Cuidado que você também não ganha na briga. - ele continuou com uma voz séria, geralmente eu iria achar que ele havia ficado bravo pelo gesto mas eu sabia que ele estava me zoando de novo. 
       -Eu sei que você está me zoando -falei e ele riu, estava mesmo zoando -  E não tem como você saber sem tirar a prova - falei. - Eu brigava muito quando era pequeno, tenho um certa prática. - garanti.
        - Sinto muito mas sou um Uchiha, no que você quiser competir eu vou ganhar - ele falou.
        - Vai pensando, eu vou treinar até te vencer em alguma coisa- prometi - vou até fazer academia.
       - A medicina vai jogar contra as artes no futebol ? Você sabe em que dia ? - perguntei - e no handebol ? 
       Sasuke me ignorou completamente e continuou se trocando.
  
        - Sasuke me responde - insisti - você não que dia vamos jogar um contra o outro de novo ? - questionei.
       - Eu não sei Naruto - ele respondeu - não sei nem se vou jogar - ele falou. 
       - Ahh não - falei - você precisa jogar. 
        
      ...
      Pop Sasuke 
     
            Cheguei cansado em casa, eu tinha tido todas as aulas do dia e ainda tinha inventado de jogar vôlei no almoço. Ainda tinha que comer alguma coisa  e me trocar para ir para a academia. Mas assim que entrei dei de cara com um Naruto animado. Isso não podia ser bom , Naruto pareceu ter ganhado muita energia depois que eu provoquei ele dizendo que ele não ganharia de mim em nada.  Percebi da pior maneira mais cedo que não é bom deixar o Naruto cismado com alguma coisa, ele ficou insistindo para que eu jogasse em todos os jogos contra as artes, disputasse no vídeo game com ele e até entrasse na mão, mee deixando um pouco sem paciência.
       Eu me considerava competitivo, eu era muito orgulhoso e não gostava de perder, mas esse cara era outro nível. Ele estava dando tudo de si no jogo hoje. 
         - Sasuke - ele gritou colocando o braço no meu ombro. Ele era realmente muito envasivo - Que bom você chegou. - ele falou com um sorriso duvidoso.
         - Você quer alguma coisa - falei entre a pergunta e a afirmação me soltando do braço dele.
         - Não que isso - falou com expressão ofendida - eu só fiz janta e ia oferecer pra você. - ele explicou. Suspeito.
  
        - Uhm.. Pensei que só cozinhava miojo - comentei. Naruto parecia não ter disposição pra cozinhar apenas pra ele, imagina para nós dois.
        - Imagina,  eu fiz frango com purê de batata e salada - ele falou como um filho prendado. Muito suspeito ! 
 
        - Hum - foi tudo o que eu disse, obviamente ele queria alguma coisa. - Você experimenta primeiro.
        - Eu já experimentei. Você vai gostar, eu cozinhei direitinho, e é uma comida saudável - ele insistiu e me levou até a cozinha para me mostrar - E depois disso a gente podia ir para a academia juntos. - ele sugeriu como quem não quer nada. 
         Sabia que ele queria alguma coisa.
        - Naruto eu prefiro ir na academia sozinho - respondi -E você ainda está com aquela idéia maluca de treinar para me vencer. Esquece isso - pedi.
       - Não é uma idéia, sou uma pessoa determinada - ele insistiu. - e eu não vou te incomodar em nada. - ele pediu - se você já vai mesmo não custa nada me levar - acrescentou. Como ele sabia que hoje eu ia na academia ?
       Eu duvidava que ele não fosse me incomodar em nada, ele sempre falava alguma coisa e eu gostava de treinar em silêncio, mas admito que estava curioso para saber se ele iria conseguir pegar pesado na academia. Saber o quão irritantemente persistente ele podia ser, até onde ele aguentava.
        - E porque acha que eu vou na academia hoje ? - perguntei.
 
       - Tem um calendário de ima na parede do seu quarto com seus horários anotados - ele respondeu na lata. 
       - Você entrou no meu quarto ? - perguntei incrédulo. Ele não tinha medo do perigo ? Eu não deixava ninguém entrar no meu quarto. Eu o encarei.
       -  O que ? Eu estava procurando você, deixa de ser chato - ele falou - Posso ou não ir com você ?
        - Vou pensar - falei seco - e não entre mais no meu quarto - mandei com uma voz firme. Eu valorizava a minha privacidade.
       - Tudo bem, não entro mais - ele concordou levantando as mãos  - agora vou colocar comida para você - ele informou voltando a sorrir animado e pegou dois pratos.
        O Naruto com certeza fazia essa casa se tornar o oposto de paz e tranquilidade. Só não sei se isso era bom ou ruim.
    
         


Notas Finais


Gente esse capítulo até que foi bem longo neh ?
Eu fiquei com vontade de repente de falar sobre esportes e sobre a competição entre eles. É muita rivalidade envolvida.
Eu vou desenvolver a relação deles pouco a pouco, então me desculpem se faltou romance.
Acho que no próximo capítulo vou começar a falar sobre família.
Bjjss seus lindos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...