História The Legend of Steven - Parado - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avatar: A Lenda de Aang, Avatar: A Lenda de Korra
Personagens Asami Sato, Bolin, Korra, Mako, Personagens Originais
Tags A Lenda De Korra, Aang, Avatar, Avatar A Lenda De Aang, Avatar: A Lenda De Steven, Beyfong, Bolin, Korra, Opal, Steven, Toph
Exibições 6
Palavras 1.923
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Luta, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oee Gente! ❤

Capítulo 14 - Sem Consciência



_Eu mesma! Hahahaha! - A mulher diz, dando uma gargalhada maligna.
_O que está fazendo aqui!? Você está trabalhando com Ângela!? - Steven pergunta, com raiva.
_Ah! Fique quieto, sobrinho! Tenho que matar sua amiga! - Ela diz, fazendo uma bola de fogo.
_Não!! - Steven cria uma bola de fogo enorme, então, ele joga na mulher, fazendo uma fumaça subir.
     Quando a fumaça abaixa, a mulher e o homem não estavam mais lá. Steven saiu do dirigível, e eles estavam lá, correndo em direção de um Sato móvel.
_Não!! - Steven grita.
_Aqui, Steven! - Aurora joga uns fios de metal. Steven lança os fios na mulher e no homem, prendendo eles. Steven e Aurora vão até eles.
_Como ousa me prender!? Deixa seu pai saber disso!
_Argh! E deixa ele saber que você tentou assinar meus amigos - Steven desamarra Katy e Kennedy.
     Steven deixa sua tia e outro cara dentro do dirigível, e volta para fora.
_Desculpe gente! Minha tia é louca. - Steven diz.
_Tudo bem, Steven! Só não sabia que sua mãe tinha uma irmã. - Disse Katy.
_E não tem. Ela é a tia Yumi, e ela é irmã do meu pai.
_Seu pai... Agora que eu parei para pensar, eu não sei quase nada do seu pai. - Katy diz, pensativa.
_Eu não quero falar da minha família por parte de pai... Não agora.
_Okaaaay... Bom, vamos mudar de assunto, então. - Katy diz.
_Bom... Katy, Kennedy, essa é Aurora. Aurora, esses são Katy e Kennedy. - Eles se cumprimentam.
_Você é uma dominadora de ar!? - Kennedy pergunta, endoidando. - Aí meus espíritos!
_Se acalma, Keh. - Diz Katy, rindo.
_Keh!? - Steven pergunta, desconfiado.
_É o apelido que eu dei para o Kennedy.
_Huuum...
_Steven, você está com ciúmes!? - Kennedy pergunta, começando a rir.
_Não, não estou! - Diz Steven, cruzando os braços.
_Sim, está sim! - Kennedy diz, gargalhando.
     Aurora e Katy se afastaram dos meninos, já que estavam gritando muito.
_Eai? O que você faz da vida? - Pergunta Katy.
_Eu estou estudando para ser uma mestre espiritual, igual a minha mãe.
_Que legal!
_E você?
_Eu sou a chefe de polícia de Ya Su Keng.
_Wow!! Sério? Quantos anos você tem?
_20. - Katy responde, rindo. - E você?
_Eu tenho 18.
     Elas ficaram conversando, até que os garotos chegaram.
_Ei! Por que nos deixaram sozinhos? - Steven pergunta.
_Vocês estavam gritando muito. - Aurora diz.
_Okay. Katy onde estão os civis?
_Eles estão em Zhao Fu, Steven.
_Em Zhao Fu!? Como chegaram lá tão rápido? - Steven diz, surpreso.
_É bem perto daqui. Nós fomos de trem. - Kennedy responde.
_No novo trem das empresas Sato? - Aurora pergunta.
_Sim! Eles são super rápidos. - Katy diz.
_Eu queria tanto conhecer a Asami! Ela deve ser tão legal e inteligente. - Disse Aurora, com expressão de sonhadora.
_Eu conheço ela. - Diz Steven, se gabando.
_Conhece!? - Todos perguntam, surpresos.
_Bem... Eu não, mas minha vida passada sim. - Steven diz, coçando a cabeça.
_Steven, seu bobo. - Diz Katy, dando um soquinho no ombro de Steven, e todos riem.
     Um som veio da bolsa de Katy. Todos olharam para ela.
_É meu telefone. - Katy dá uma risadinha. - Vou atender.
     Katy atende o telefone.
_Alô?
_Alô? Katy?
_Sim, sou eu. Quem está falando?
_Sou eu, Ceci.
_Ah! Oi Ceci.
_Steven está com você!?
_Sim, por que?
_Ele saiu sem avisar, estava preocupada.
_Steven, você veio para cá sem avisar sua família? - Katy pergunta, cochichando para Steven.
_Hihihi. - Steven dá uma risada sem graça. - Deixa eu falar com ela.
_Okay.
     Steven pega o telefone e Katy vai a algum lugar.
_Mãe?
_Ai filho!! Estava tão preocupada!
_Desculpe ter saído sem avisar, mas eu já sou um adulto, e também sou o avatar.
_Não importa se você é o avatar, nem se você é um adulto, você ainda é meu filho!
_Desculpe, mãe...
_Tudo bem.
_Meu pai está aí?
_Está sim! Vou chama-lo.
     Ceci passa o telefone para Mark.
_Eae filhão! Salvou a cidade?
_Bem, eu tive ajuda, mas já está tudo bem... Pai eu tenho que te dizer uma coisa...
_Pode dizer.
_Bem... A tia Yumi está na cidade... E ela tentou capturar e matar os meus amigos...
_Oh não! Seu avô Jorge também estava!?
_Eu não o vi, mas a tia Yumi estava com um homem, ele estava mascarado.
_Por Raava! Eu pensei que eles tinham parado com isso! Eu não acredito que eles voltaram para vida do crime!
_Desculpe pai, eu senti que devia te avisar.
_A culpa não é sua filho, e você fez bem, me avisando. Agora eu tenho que desligar.
_Espere!! Avise a Jinora que Aurora está com a gente.
_Tudo bem.
     Mark desliga.
_Steven... Você disse "Jinora"!? A minha-a mãe está livre!?
_Está sim, Aurora. Está livre e segura! - Steven diz.
_Perai!! Você é filha da Jinora!? Da Jinoraaaa!? Aí meus espíritos!!! - Kennedy diz, enlouquecendo novamente. Aurora ri.
_Se acalma, Kennedy. - Steven diz, rindo.
_Estou calmo, estou calmo. Pera! Se você é uma dominadora de ar, você deve ter um bisão. Onde ele está!?
_Você já o viu. É o Luffy. - Aurora diz.
_Aí, minha Raava!!!
_Se acalma, Kennedy. Você ficou do lado da Jinora, e não ficou assim. - Disse Steven, rindo.
_É por que, é a Jinora. Tinha que me comportar! - Ele diz, e todos riem.
_Não é diferente. Você poderia ter enlouquecido perto de minha mãe.  - Aurora diz, rindo.
     Katy volta de onde ela tinha ido.
_Steven, eu acho melhor vocês irem para casa, sua mãe estava bastante preocupada com você, na verdade, ainda está. - Diz Katy.
_Mas a cidade ainda não está segura. Então eu vou ficar!
_Não Steven, você não vai! Eu dou um jeito aqui, você tem que treinar.
_Mas eu sou o avatar e o meu dever é ajudar o povo... e te ajudar.
_Steven, eu não preciso da sua ajuda, eu dou um jeito, mas agora volte para a sua casa.
     Aurora e Kennedy olham assustados para Katy e Steven.
_Se eu não tivesse vindo, sei lá o que poderia ter acontecido com essas famílias, agora você vem me dizer que não precisa da minha ajuda!? Qual é Katy, o que está acontecendo com você? - Steven diz incrédulo.
_Eu teria dado um jeito! Agora vá embora, por favor.
_Katy... - Antes que Steven terminasse, Katy o interrompeu.
_Já disse que não preciso da sua ajuda.
_Tchau, Katy. - Steven se despede, cabisbaixo.
_Vamos pessoal. - Steven puxa Kennedy e Aurora, sobem no Luffy e voam em direção de Cidade República.
_O que deu na Katy? Ela é bipolar? - Pergunta Kennedy.
_Não. - Steven responde.
_Sério você não viu o jeito que ela te tratou? Eu já percebi que você gosta dela, mas você está cego de amor, Steven.
_Poxa Kennedy! Ela não é bipolar. Eu a conheço muito bem, e eu não estou apaixonado por ela, Katy é só minha amiga!
_Ta bom... Mas como você me explica aquele beijo dela?
_Eu não sei. Eu acho que não estava sendo um dia bom para ela, ou ela estava de mau humor.
_Ou aconteceu alguma coisa e ela não quis te contar. - Diz Aurora.
_Até você, Aurora!? Eu esperava que você me ajudasse. - Diz Steven.
_Desculpe Steven, mas acho que Kennedy tem razão.
     Steven ficou pensativo com tudo que estava acontecendo. Depois de um tempo voando, chegaram em Cidade República, e foram para a casa de Steven, onde Jinora se encontrava.
_Mãe! - diz Aurora, animada.
_Aurora! Eu senti tanta a sua falta. -Jinora diz, emocionada.
_Como conseguiu fugir?
     Jinora começa a contar detalhe por detalhe de como tudo ocorreu. Enquanto Mark puxa Steven e Kennedy para uma conversa.
_Steven. - Mark diz abraçando seu filho. - Nunca mais saem assim, sem nos avisar!
_Desculpe p... - Kennedy interrompe Steven.
_A culpa foi minha, eu dei a ideia de pegar o avião.
_Kennedy... Nós fomos de avião e voltamos com o bisão da Aurora!
_Minha Raava! E agora!?
_Calma, amanhã vocês dão um jeito nisso. Agora vocês precisam descansar, tomar um banho...
_Pai, amanhã irei voltar ao templo com Jinora. - Diz Steven.
_O que!? Você já vai!? - Ceci pergunta, entrando na sala.
_Eu tenho que voltar ao treinos.
     Jinora escuta e entra na conversa.
_Steven, não precisa ir amanhã, eu preciso, mas se você precisar de mais tempo.
_Não, iremos amanhã. - Diz Steven, decidido.

          ° Algumas horas atrás
                em Ya Su Keng °

_Você entendeu o plano, Katy!?
_ Entendi! Isso vai ser a coisa mais difícil da minha vida.
_Ai que fofo! Você gosta do meu sobrinho. - Yumi diz, cinicamente passando a mão no rosto de Katy.
_Eu não gosto dele! E por que quer o prejudicar!?
_Querida eu não quero o prejudicar! Quero prejudicar o pai dele. Ainda terei a minha vingança.
_Mas o que ele fez?
_Ora Katy... isso não importa. Agora venha comigo.
_Não, eu não vou!
_Ou você vem, ou o Mark não será o único prejudicado nessa história! -Yumi encara Katy com um olhar ameaçador.
     Katy anda atrás de Yumi sem dizer nada.
_Se eu gostasse de você, eu até ficaria feliz por você conhecer meu filho.
_Você também o maltrata!? - Katy pergunta, ironicamente.
_Olha aqui sua metidinha! Eu não maltrato ninguém. Eu só quero me vingar de Mark! - Yumi diz, sendo grossa, e segurando o braço de Katy.
_Me larga! - Yumi solta o braço de Katy, que fica vermelho.
_Você como policial não é nada. -Yumi zomba de Katy.
_Você ainda não está atrás das grades, por causa de Steven, então o agradeça.
_Aah!! Fique quietinha! Pelo jeito, não dará tempo de você conhecer meu filho. Ágora vá, e faça tudo certinho.
     Katy voltou para o bosque verde e ensolarado que eles estavam.
_Steven, eu acho melhor vocês irem para casa, sua mãe estava bastante preocupada com você, na verdade ainda está. - Diz Katy.
_Mas a cidade ainda não está segura. Então eu vou ficar.
_Não Steven, você não vai! Eu dou um jeito aqui, você tem que treinar.
_Mas eu sou o avatar e o meu dever é ajudar o povo... E te ajudar.
_Steven, eu não preciso da sua ajuda, eu dou um jeito, mas agora volte para a sua casa!
_Se eu não tivesse vindo, sei lá o que poderia ter acontecido com essas famílias, agora você vem me dizer que não precisa da minha ajuda!? Qual é Katy, o que está acontecendo com você? - Steven diz, incrédulo.
_Eu teria dado um jeito! Agora vá embora, por favor.
_Katy... - Antes que Steven terminasse, Katy o interrompeu.
_ Já disse que não preciso da sua ajuda.
_Tchau, Katy. - Steven se despede cabisbaixo.
_Vamos pessoal. -Steven puxa Kennedy e Aurora e sobem no Luffy.
     Depois que Steven e os outros vão embora, Yumi vai até Katy.
_Está feliz agora!? - Katy pergunta chorando.
_Muito bom! Acho que te julguei  errado.
_Você não sabe como foi difícil falar isso para ele! - Katy grita, em lágrimas.
_Daqui a pouco ele esquece. Mas bom trabalho... - Katy interrompe.
_Ótimo agora você pode me deixar em paz, nos deixar em paz! Tenho que voltar ao trabalho!
_Nada disso. O plano mal começou!
_O que? - Katy pergunta assustada.
     Um capanga vem por trás de Katy, coloca um saco em sua cabeça, a amarra com ajuda de outro capanga e a leva para um Sato móvel.

                                          Continua...


Notas Finais


Tchau!!

Capítulo escrito por Richard Billé e Ayslin Woiciechosk
Desenho feito por Giovanna Bandeira
Logo colocada por Richard Billé

Curta nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/EquipeTLOS/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...