História A life of a ingland princess and her love - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Personagens Originais
Exibições 130
Palavras 1.219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - Adios babaca



—Boa noite meu amor - digo dando um selinho nele 
—Boa noite minha rainha , durma bem 
—Você também , nos encontramos amanhã no café 
—Que horas é o café ? 
—8 h 
—Então estarei lá 
—Ótimo , tchau - digo dando um último beijo nele e depois subo pro meu quarto , minhas criadas estão lá e me ajudam a tirar o vestido , a maquiagem e desfazer meu cabelo 



Capítulo 


Prov Maxon 



Abri meus olhos e vislumbrei um teto todo branco bem feito e pomposo e então me lembrei que não estava mais no meu quarto , na minha casa , já havia se passado uma semana que estou morando aqui e até agora ainda não me acostumei com todo esse luxo , já faz poucos dias que estou dormindo no quarto ao lado da ames e essa é a melhor parte , tem uma porta que liga o meu quarto ao quarto dela e eu posso ir vê-la a hora que eu quiser , até que temos passado bastante tempo juntos , ela me leva para o escritório pra mim ver como é que ela trabalha , temos jantares românticos , passeamos pelos jardins , ela já até me levou por um tour pela cidade , a única coisa que caga tudo é o idiota do príncipe russo , o Dilan , esse cara me irrita de uma for sobrenatural, ele fica dando encima da ames na minha frente , fica entre risos com ela e fica muito tempo no escritório que eu não posso entrar lá trancado com ela , não posso entrar porque é a sala de estratégias mas pelo menos fico mais tranquilo pois tem generais e etc junto com eles e eu também confio na minha ames , estava tão absorto em meus pensamentos que mal percebi ames entrando no quarto , só percebi levando um susto quando ela se jogou encima de mim 
—Aí amor que susto - falei dando um beijo nela 
—Eu vi que você não tinha me visto e estava tão concentrado em seus pensamentos , estava pensando em que ? 
—Em como minha vida mudou tão rápido 
—Está se arrependendo ?- ela perguntou levantando a cabeça e me olhando com medo nos olhos 
—Não , não , nunca me arrependeria de estar com você , minha vida melhorou desde que vim pra cá , não tenho mais que ficar aturando meu pai rabujento , sem mais aulas chatas na escola 
—Falando em aulas chatas - ela falou dando um sorriso fraco 
—O que foi ? - perguntei me preocupando 
—Hoje você vai começar a ter aulas de como ser nobre , etiqueta , a história da Inglaterra , línguas , etc 
—A não - reclamei 
—É necessário assim quando ficarmos noivos você não vai precisar fazer as aulas todas correndo e eu prometo que seus horários de aula vão coincidir com as horas que fico no escritório e quando as duas coisas acabarem vamos ser só eu e você - ela falou a última parte distribuindo beijos pelo meu rosto e pescoço 
—Está bem , você venceu mas tenho uma condição 
—Qual ? 
—Não quero aquele principezinho com você sem eu estar por perto 
—Max eu já te falei que ele é só meu amigo você não precisa se preocupar com ele , você não confia em mim ?- ela perguntou triste se sentando na cama 
—Não , quero dizer eu confio em você , eu te amo só não confio nele - falei desesperado me sentando pra fazer ela me encarar 
—Eu também te amo mas um relacionamento sem confiança não vai adiante 
—Eu confio em você 
—Então confie em mim também quando eu digo que se ele tentar fazer alguma coisinha de nada comigo eu vou manda-lo embora está bem ? 
—Sim , está bem , agora venha aqui se deitar comigo - falei pegando ela pelos ombros e indo me deitando trazendo ela 
—Precisamos ir tomar café - ela falou já se levantando 
—Não podemos pedir aqui no quarto ? Quero ficar mais tempo assim agarradinho com você 
—Está bem mas só por que eu gostei de ficar aqui - ela falou e foi até a porta pedindo para trazerem nosso café e depois voltou pra cama e se aconchegou em meu peito , fiquei acariciando seus cabelos e ficamos conversando sobre coisas extremamente aleatórias 


*********************


Infelizmente aquele momento não durou o dia inteiro , depois de tomarmos café nos arrumamos e ela foi pra o escritório já eu fui para minha primeira aula com Melissa que foi extremamente chata e ela já me passou um enorme livro pra mim ler , resolvi sentar em um banco do corredor para ler o livro , estava lendo aquele livro chato , já tinha lido uma parte mas era tão chato , eu tinha que ler 8 capítulos hoje e os capítulos pareciam que não acabavam nunca 
—Tentando impressionar América lendo um livro grande é chato ?- escuto me fazendo levantar os olhos do livro e ver aquele ser que me irritava profundamente , Dilan sorriu quando eu fechei o livro com raiva 
—Não preciso de um livro para impressiona-la 
—Os miseráveis - ele leu o título do livro 
—O que você quer aqui ? 
—Além de ter América de volta e acabar com você ? Eu acho que nada 
—América nunca foi sua é muito menos de ninguém , ela não é uma propriedade 
—Isso vai ser mais fácil do que eu pensei , você é tão idiota 
—Eu não acho - escuto a voz de América vindo de trás de nós 
—América ? Você não estava em uma reunião ?- Dilan perguntou apavorado me fazendo segurar o riso 
—Acabei de sair da reunião e estava procurando meu namorado mas me surpreendi com esta conversa , vamos meu amor ?- ela perguntou pra mim me estendendo a mão , aceitei entrelaçando nossos dedos 
—Vamos - falei e peguei o livro encima do banco , saímos andando mas ela parou e se virou encarando Dilan que ainda estava surpreso 
—Quando a você vossa alteza , arrume suas coisas você irá para seu país ainda hoje 
—O que ? Mas e a ajuda que você disse que ia dar ? 
—Ainda darei mas os planos já estão traçados , é só colocar tudo em ação , você não precisa mais ficar aqui , adeus príncipe - ela falou e saímos 
—O que foi aquilo ? - perguntei quando entramos no escritório dela mas ela não me responde só me beija com intensidade 
—O que foi isso ? 
—Eu lhe recompensando por ter me defendido , fiquei muito feliz com sua resposta e agora sei o canalha que ele é , você tinha razão 
—Não quero falar disso agora , estou feliz por ele estar indo embora e você aqui comigo 
—Você não existe Maxon 
—Eu existo e estou bem aqui perto de você e não vou a lugar nenhum - falei abraçando ela me cintura e colando nossos corpos 
—Eu te amo mas que tudo no mundo 
—E meu amor por você é maior que o universo inteiro - falei e ela sorriu radiante e me beijou com amor , não , não era amor e sim muita mas muita paixão , uma eterna e duradoura paixão 


Notas Finais


13 comentários para o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...