História A Lista Do Anjo Caido - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood
Tags 5sos, Ashton Irwin, Britt Robertson, Calum Hood, Kaya Scodelario, Maze Runner, Skins, Uma Longa Jornada
Exibições 8
Palavras 1.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Saga, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oie *-*
a fic não chegou ainda na parte que muda toda a historia, quero que vocês conheçam um pouco dos personagens primeiro, mas no próximo capitulo as cores vão começar a descolorir pra cinza e todo os caralho a quatro, que eu vou postar ainda essa semana segunda é o ultimo dia de aula (hoje é sábado) claro se eu não estiver de recuperação, mas terça e querta não vai ter aula então provavelmente postarei.

Capítulo 3 - Festa Parte 2


Fanfic / Fanfiction A Lista Do Anjo Caido - Capítulo 3 - Festa Parte 2

Ka Ka Kaya? –É tudo o que ele consegue dizer- Sou eu Calum, ainda se lembra de mim? – pergunta com um sorriso no rosto, o sorriso que ele sempre teve que eu nunca vi em outras pessoas a não ser no meu ex senpai drogado.

- Ah... É claro... Como não lembrar- Digo sendo simpática o que eu nunca sou. Ele se senta do meu lado no sofá.

-Estudamos juntos na 4° serie – Diz ele mesmo eu dizendo ter me lembrado dele.

-É eu me lembro de você Calum Hood

-Você mora por aqui? – Pergunta ele

-É eu moro umas boas quadras daqui – Isso é estranho completamente estranho falar com alguém que você não vê há anos é como se vocês nunca tivessem se visto na vida, mais estranho falar com alguém que você nem gostava alguém que você adiou quase toda sua vida. Calum vestia diferente é claro que se passaram mais de sete anos, Calum estava com uma camiseta cinza uma calça jeans escura, um cachecol preto marrom e laranja e um tênis preto o cabelo castanho escuro estava meio escondido atrás do capuz do casaco.

- Você ta diferente – Calum fala me olhando – Mas um diferente bom – conserta a frase.

- Claro depois da puberdade todo mundo muda – Era esquisito conversar com alguém que você odiava. Calum ri pelo nariz

- Como você ta?

- Eu to bem – simplesmente digo

- Nossa eu nem sei do que falo do passado ou do presente – Diz Calum erguendo os braços, percebi que ele não desistiria daquela conversa tão cedo.

- O passado não foi um dos melhores – Calum me olha como se não tivesse entendido e em seguida ele ergue as sobrancelhas

- Ow ow é, eu e alguns dos meninos daquele ano te demos um apelido. Qual era mesmo? – Fala Calum fazendo uma cara de duvida e rindo. Ele tava rindo qual é a desse cara? Como ele podia ta rindo da pior época da minha vida

-Você acha engraçado? – pergunto indignada

- Ue era engraçado. Você se lembra do apelido eu não lembro

- Não, por sorte eu não lembro. E não era engraçado você acha isso porque não era com você! Calum me olha assustado.

- Pera... – Começa ele

- Não esquece já era eu devia esquecer isso.

- Você sofreu bully? – Pergunta ele me olhando

- Não! Não... – suspiro- Calum foi um ano muito ruim, claro, pessoas me dando apelidos e rindo, mas eu não classifico como bully, porque eu nem me importava sabia o que vocês faziam, mas não chorava e tals eu tava era pouco me fodendo.

- Wau eu não sabia que tinha sido tão horrível assim pra você... Bom era brincadeira... Eu não fazia por mal... Éramos crianças você sabe né?

-É eu sei, mas era chato- Olho Calum e ele esta com uma expressão de preocupado.

-Mas não era tão ruim, você fazia ate ser engraçado sei que não fazia por mal, a lendo mais você era ate meu amigo – Falo tentando aliviar a situação, mas não era mentira Calum era mesmo meu amigo ele conversava comigo quando não estava ocupado jogando futebol.

- Ainda somos- Ele ri- Ei eu nunca mais te vi, você mudou de escola? – Pergunta.

-De cidade eu vim pra cá – rio- E você porque saiu de Stanford uma cidade tão maravilhosa pra vir pra San Francisco mais conhecida como cidade do roubo – rio- San Francisco é tão assaltada que...

-Faculdade- diz calum me interrompendo e não se importando muito e isso me chamou atenção.

-Mas tem faculdade em Stanford...John kennedy estudou na universidade de Stanford

-É e ele morreu – Diz Calum me encarando

- E dai todos nos vamos.

-Que bom que você sabe disso.

- mas porque você ta aqui? – pergunto

- eu já disse, não é nada de mais simplesmente quis vir pra San Francisco – diz ele meio frustrado.

- Estou me referindo a festa – o olho

- Ah, Ashton – ele aponta para Ash no canto da pista dançando e Britt ao seu lado de braços cruzados – Ele me falou que a namorada do cara mais popular da escola tava dando uma festa, não tinha nada pra fazer então estou aqui.

-Pera mais popular da escola?– pergunto confusa, e tento me lembrar de alguém na escola mais famoso do que Josh, porque no tempo da escola ele era o famoso.

-antiga escola, terminei ano passado, mas os amigos continuam – Calum diz ainda olhando Ash dançar e eu o encaro me perguntando se devo falar que estava me referindo a namorada do garoto mais popular não a escola, mas balanço a cabeça esquecendo isso e olhando Ash e Britt, Ash esta dançando e pulando ao som de uma musica eletrônica do avicii e Britt esta parada na frente deleo encarando com o seu olhar de morte. Não consegui conter a risada da dança ridícula de Ash e me abaixo gargalhando. Calum me olha sorrindo

-Uau que risada foi essa, acho que é a primeira vez que vejo você rindo de verdade, nem sabia que você sabia rir

-Eu to sempre rindo – digo sorrindo

-Nos minutos em que conversamos você não deu uma risada

- hum temos um observador – Falo e Calum ri e voltamos a olha Britt e Ash, Britt estava mais solta rindo da dança de Ash impossível não rir, quando a musica acaba Britt e Ash saem da pista de dança em nossa direção.

-Olha eu mereço um jantar no melhor restaurante do mundo – Britt se sentando do meu lado e Ash fica parado em minha frente já que estou sentada no meio no meio do sofá.

- O que? Você nem se mexeu, pela aquela dança você não merece um churros – Diz Ash sorrindo.

- Mas eu concordei em ir la, isso já é um passo- Diz Britt encarando Ash

- Pera, pera- Diz Calum balançando a cabeça negativamente- Você vai pagar um churros pra ela por ter dançando com você? – Calum olha Ash

-Um jantar- corrige Britt, Ash fecha e abre a boca sem dizer nada e Calum se levanta.

-Ah mais eu não vou pagar nada, tava querendo enganar seu melhor amigo aqui Irwin? – Diz Calum rindo, Irwin que sobrenome esquisito acho que já ouvi em algum lugar

-Irwin! Seu sobrenome é Irwin serio? Tipo IRWIN industrial Trools – Pergunta Britt rindo, ah sim Irwin é uma loja de ferramentas.

- Olha você não vem com essa ai não, já passou a época que me zuavam agora eu que zuo – Ash aponta pra Britt. Calum bate nas costas do Ash

-Belo plano cara – Calum se senta no sofá novamente e sussurra pra mim e para Britt- os garotos zuavam ele dizendo “ei Irwin acho que preciso de uma ferramenta você pode me ajudar?’ era a maior graça- Diz Calum rindo seguido por mim e Britt.

- Para de falar das merdas do meu passado, e enquanto a aposta nem vem, você faria o mesmo-fala Ash

-Não cara, a diferença seria que ela aceitaria dançar comigo – Calum fala se exibindo.

-Não aceitaria não - Diz Britt espremendo os olhos

-É a Britt não, mas a mina de luto sim alias o que vocês estavam fazendo aqui? – Pergunta Ash

-Kaya- corrijo

-O que?- Ash pergunta confuso

-Meu nome é Kaya.

-Que seja – Ash diz não se importando

-Kaya e eu éramos colegas de classe na 4° serie- Calum fala meio que me apresentando e eu sorrio para Ash – E a sua armadora de esquemas? – Pergunta se referindo a Britt

-Ela é a Britt, Britt Calum Hood, Calum Hood Britt – Britt sorri

-Eu adorei os apelidos -  digo olhando Britt

- Realmente mina de luto e armadora de esquemas, são ótimos apelidos – Britt diz rindo e eu faço o mesmo.

- e, ei! – Diz Calum

-Olha lá, a gente trabalha tanto pra fazer esses apelidos e vocês ficam ai rindo, apelido não é qualquer um que recebe de nóis – Ash fala com os braços cruzados.

- Sinceramente os apelidos de vocês são melhores que o nome – Calum fala e os dois riem

- Cansei de ser ofendida- diz Britt se levantando e se vira pra mim – Vou procurar o Ben – balanço a cabeça concordando e ela sai.

-Quem é Ben é o namorado dela? – pergunta Ash quando Britt já esta longe

-ué, e isso lá te interessa ? – Pergunto frangindo à testa.

- Ok então to vendo que tenho que trabalhar sozinho, vou pegar minha grana- Ash avisa antes de sair deixando eu e Calum outra vez sozinhos.

- E você? – pergunta em pé na minha frente.

- Eu o que? – pergunto enrolando uma mecha de cabelo com os dedos.

- vai ficar ai sentada à festa toda, dança comigo – ele me pede

- não, não dançar em publico eu não faço isso – digo

-tem vergonha?

-talvez... Por favor, não me obriga – peço

- tá, eu vou pegar uma bebida quer algo? – ele pergunta balanço a cabeça negativamente e vejo ele desaparecer em meio a multidão, começa a tocar Beautiful Now do Zedd, canto a musica na mente e me reencosto no sofá continuando a enrolar a mecha de cabelo.

"Normalmente historias terminam em festas. Bom a minha começou em uma." 

                                                                                  Whitney Brown

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


todo final te capitulo ei irei colocar uma frase, filosofia. pq sim.
;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...