História A Little Chance - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Luamiohi
Exibições 9
Palavras 577
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiii, voltei. Bom a história vai mudar daqui para frente. Vocês vão ver. Talvez eu exclua ela de novo se não obtiver os resultados que eu espero... Sou bem sentimental
Mass boa leitura

Capítulo 9 - Lembranças


Acordei no dia seguinte suada e muito mal, eu tive um pesadelo horrível com o Rafael e Fabrício. 

-Lena... Querida, está na hora. Minha mãe falou entrando no quarto, calma demais, o que não era costume dela.

-Não estou muito bem hoje, mãe. Posso ficar aqui? Ela me olhou pensativa. Sentou ao meu lado na cama e colocou a mão na minha testa. 

-Claro... Disse - Quer um café? Alguma coisa? 

-Não... Só preciso... Ficar deitada... Ela concordou com a cabeça e saiu. Geralmente, ela gritaria ou sei lá me jogaria água gelada. Mas sei o por que que ela não fez isso. Fabrício. 

Eu não sei nem o que pensar sobre a situação... Ele perdeu a memória, o mais sensato da "namorada" dele fazer era estar ao lado dele. E eu fiz o que? Nada. Sai com outro garoto! Mesmo agora pensando que gosto do Fabrício. E eu gosto... Gosto?

Confusão...

Eu só queria... Só queria... Queria alguma coisa.

[...] 

Já eram duas horas da tarde e eu ainda estava deitada. Minha mãe vinha me trazer comida a cada 20 minutos ou menos. E eu não comia (ela já estava começando a se desesperar) 

Eu não queria fazer nada, estava mergulhada em vários pensamentos confusos e tristes. Eu só lembrava do Fabrício e do Rafael e... Que Fabrício não lembrava mais de mim...

Lembrei de nossas saídas. Eram frequentes até, tinham que ser né... Uma vez formos ao parque...

*Flashback*

-Esta bem, eu posso ser indiscreta... As vezes, raramente... Quase nada... Eu disse e Fabrício me olhou com a cara de tacho dele. -Esta bem... Quase sem...

-SEMPRE!!! Ele me cortou e rimos, um casal olhou para nós de cara feia pelo grito. 

-Nem é culpa minha. Eu disse rindo e sentando num banquinho.

-Na verdade, senhorita Lena, é culpa sua sim! Pela sua chatice! Ele disse rindo e beijou minha bochecha.

-Me poupe, Fabrício. 

-Nunca mais!

- Então, não vou me livrar mais de você? 

-Bem, não disse isso mas já que você citou... Não!!! Nunca mais. Rimos muito e continuamos conversando até tarde. 

-Acho melhor irmos. Está tarde. Ele disse, como sempre o responsável. 

-Realmente esta, mas... Comecei e ele me cortou (como sempre -_-)

-Quer ficar mais um pouco... Ele me olhou sério.

-Isso... Respondi olhando para minhas mãos que estavam fazendo uns nós com minha xuxa, sempre faço isso. Eu ganhei uma Xuxa rosa da minha mãe de presente a um bom tempo atrás e desde então não tiro ela do braço e as vezes começo a fazer nós. 

Fabrício chegou mais perto e segurou minha mão.

-Por que você... Faz isso? Ele falou com uma voz... Diferente.

-Mania... Me acalma... Antes eu mexia as pernas ou roía minhas unhas, hoje mexo na minha Xuxinha. Fabrício riu. - O que? Não ria...

-Calma, só que você falando "mexo na minha Xuxinha" é muito engraçado.

-Troxa! 

*Flashback*

 Sinto falta dele... Sendo que faz pouco tempo que tudo aconteceu, mas... Sinto muito, muito mesmo falta dele...

Sinto falta daquele sorriso que deixa todas as garotas malucas. Falta de passar horas e mais horas conversando sobre tudo (Principalmente Rafael). Falta do abraço dele... 

Comecei a chorar, muito. Como sempre faço, eu choro. Sempre chorei e sempre vou chorar... Meu celular começa a vibrar na cômoda, levo um pequeno/grande susto.

Quem será para me atormentar no meu momento de drama? Sério, eu queria chegar na porta e escorregar chorando, fazendo uns drama que só tem em novela.

Olho a tela e é um número que não conheço. Meu coração pula. Será? Atendo.

- Alô? Quem fala?

-Oi... 

-Fabricio?


Notas Finais


Huum não sei o que falar, espero que gostem da minha volta e tals. Sei lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...