História A little Too Late - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Tags Cheolsoo, Jeongcheol, Seungsoo Seunghan
Visualizações 19
Palavras 489
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola minhas bonequinhas. Como vão?
Venho dessa vez trazer um pouquinho de drama hahaha. prometem comentar se gostarem? to com trauma de tanto que minhas fics estão flopando... buaaa

Capítulo 1 - Capitulo I



Pov Jeonghan.
  Depois de meses a fio tentando em vão esquecer e deixar de querer de volta a melhor época de minha vida, me encontrava em meu quarto olhando as prateleiras de livros e CDS. Os meses se arrastaram e eu já havia lido todos os livros, de suspense a livros didáticos, manuais de instruções do meu computador e também livros infantis, eu havia decorado as falas dos filmes e cada acorde das músicas no meu MP3. A distância é como uma prisão sem grades em que me encontro acorrentado. 
  Devo sair, são apenas alguns passos até a porta, um-dois-três-quatro-milhões de passos até você. Mas não posso nem mesmo levantar daqui.
Sinto como se minha pele houvesse grudado na poltrona, olhos grudados na estante, atenção grudada à pequena televisão em que assisto pela vigésima vez ao mesmo filme.
  Eu já sei que tem um novo alguém tocando sua pele, mas ela deveria ser minha. Por que as pessoas não são encaixes perfeitos e você não estava para mim como eu estava para você?
  A protagonista sempre fica com o galã, mas e nós? Eu sou a mocinha em perigo? Ou eu sou só o figurante em um álbum de fotografias da sua época de colégio e quando seus netos apontarem pra mim você vai dizer que não lembra?
  Queria acreditar no que dizem seus amigos sobre você sentir minha falta, mas eu continuo fazendo sempre a mesma coisa a meses e você ainda não bateu na minha porta.           
  Seu novo garoto é bonito, o tipo alto e magro, do tipo que todos desejam ou invejam, eu nem mesmo posso odiá-lo, pois ele é doce e gentil com todos à sua volta e realmente acho que ele merece amor de alguém incrível, mas não o seu, o seu não é sincero.
O amor que juras a ele é na verdade meu.
  Porque se você e eu tínhamos algo real, como você pode ter me deixado no passado? O telefone é o mesmo e está sempre perto de mim, ligue , diga que foi engano, eu só queria ouvir sua voz. Talvez eu devesse ligar, dizer o que eu sinto, dizer que não posso mais existir se não for com você ao meu lado, não posso sorrir se você não for a causa, não posso sonhar se não for com você , não posso respirar se não for entre seus beijos que me roubavam o fôlego.
  Eu preciso me acalmar e parar de chorar, por uma roupa e ir a algum lugar mas eu não lembro. Eu tinha um compromisso, mas não sei qual é.
  Reviro os papéis na minha mesa até achar o envelope, um convite de uma peça de teatro ao ar livre. É em um colégio  aqui perto. Eu sempre gostei de peças de teatro, esse livro eu já li, só tenho motivos ótimos para ir. A porta está logo ali, isso não vão me matar não é?
 


Notas Finais


Heeeey gostaram?
se eu fizer aegyo voces vao me dar muito amor?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...