História A loira e o rosado - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Cana Alberona, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gildartz, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Minerva Orland, Natsu Dragneel, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich
Tags Fairy Tail
Exibições 18
Palavras 2.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ohayooo voltei agora pra ficarrrrr
Demorei um montão pra postar esse cap mas logo logo começa as férias dai eu termino a fic.
Bom espero que gostem e vejo vocês la em baixo.

Capítulo 16 - Festa



Após os cuidados médicos, Laxus voltou para casa onde Mira o esperava. O médico havia dito que ele precisaria ficar de repouso por uma semana e claro Mira iria ficar na casa dele esse tempo cuidando das coisas. Eram 19:25 quando Laxus desceu as escadas silenciosamente e fora em direção a cozinha onde Mira estava fazendo o jantar pousando suas mãos largas em sua cintura fina. Ela deu um pulo ao sentir as mãos dele virando rapidamente o vendo rir, o encarou séria o chingando mentalmente recebendo um beijo rápido do loiro, dando um sorriso voltando a fazer o jantar.
       ### semana seguinte###
Lucy on
Uma semana se passou desde que aconteceu aquela confusão com Laxus e Rogue, Mira e Laxus começaram a namorar já que nada os impedia. Estava tudo voltando ao normal exceto que  meu pai pediu para eu voltar a morar com ele pois ele estava muito solitário e eu acabei aceitando mas, Natsu não gostou nada da ideia de eu não morar mais com ele.
Agora são 7:20 estou indo para o colégio onde verei Natsu e os outros. Me despedi de meu pai e fui até o jardim esperar Loke.
Ao adentrar o colégio vi o grupo dos garotos e me aproximei a procura de Natsu, nós não nos falamos faz dois dias já que ele passou o fim de semana com sua irmã caçula Wendy mas, os garotos falaram que ele não tinha chego ainda. Dei de ombros e fui atrás de Erza e Levy, as encontrando perto do 2B. 
Lucy- oque voc...
Levy/Erza- xiiu, fala baixo - me puxaram para perto delas.
Olhei pela fresta da porta do 2B e arregalei os olhos quando vi Ultear e Lyon se beijando dentro da sala.
Lucy- mais que vadia - cochichei para Levy que sorriu afirmando.
Ouvi o barulho do sinal e saímos rapidamente dali.
Lucy- mais Levy como é que você descobriu isso?
Levy- aah Luh eu tenho meus contatos, agora não preciso mais das fotos ja que provavelmente eles vao ficar se pegando a noite todinha na festa. Vá mais a frente pra Ultear não nos ver juntas.
Sorri e segui mais a frente encontrando Natsu e Wendy.
Oque será que ela estava fazendo aqui? Me aproximei tímida já que nunca havia conversado com ela.
Natsu- Olá meu amor- Wendy me encarou ficando um pouco atrás de Natsu, aparentava ter 13 anos e tinha cabelos azulados iguais os de Grandine, que eu tinha visto em fotos na casa de Natsu.
Lucy - Oi Amor, oi Wendy - sorri tímida recebendo um pequeno sorriso dela.
Wendy - Olá você deve ser Lucy. Prazer em conhece - la. - sorriu gentilmente.
Ouvimos o barulho do sinal e Natsu levou Wendy até a sala dela.
Entrei na sala e ouvi Minerva a conversar com o pessoal da sala, estavam falando sobre festa do seu aniversário.
       ###No intervalo###
Erza - Lucyyy - gritou vindo em minha direção. - Lucy a Levy falou na festa que a Minerva vai dar,sera o momento perfeito pra mostrar para o Gajeel quem é a verdadeira Ultear.
Lucy - Que ótimo amiga, mas temos que dar um jeito de o Gajeel ir sem a Ultear saber... Como vamos fazer isso?
Erza - Relaxa Lucy, a Levy disse que o Gajeel não gosta muito de festas dai é só os garotos o convencer - lo de ir ou então o levam a força . - explicou enquanto íamos ate o refeitório.
Autor povs
As aulas passaram rápidas e na última aula o professor Gilbarts entregou as provas de história.
Gray - Natsu, cara eu tirei oito, OITO - Não acreditava - minha melhor nota de história - comemorava.
Lucy - 6,5 - falou desanimada.
Levy- Luh se você quiser eu posso te ajudar a estu....
Natsu - Lucy hoje a tarde vamos estudar? Dai você poderia ajudar a Wendy com matemática, ela estava meio atrasada na matéria antes de vir para a fairy tail. Desculpa Levy mas ela irá estudar comigo e com a Wendy não é? -mentiu, Wendy era ótima em matemática.
Lucy - desculpa Levy mas se Natsu disse que Wendy precisa de ajuda com matemática e você sabe que eu sou boa com matemática, eu vou ajudá-la. Amanhã nos vemos amiga. -fui puxada por Natsu que exibia um sorriso vitorioso.
Fomos para a casa de meu pai ja que ele não estava em casa e a Wendy iria para a casa de uma amiga sua então nós estavamos livres.

Chegando lá entraram e verificaram se havia alguém em casa, só tinha Virgo então Lucy falou para ela que iria para o quarto e não queria ser encomodada. 
Adentraram o quarto deixando suas mochilas no chão perto da porta, trancando a mesma e  sentando - se na cama lado a lado
Natsu - Luce - sussurrou rouco chegando perto da loira. - sabe, que tal nós nos divertimos um pouco?  - sorriu com malícia passando as mãos na cintura dela.
 Lucy - Só se for agora. - abraçou o pescoço do rosado o beijando intensamente, um beijo necessitado. Sentou em seu colo sem se separar do beijo sentindo as grandes mãos de Natsu em suas coxas. Se separam do beijo e o rosado se levantou com Lucy em seu colo e a deitou delicadamente na cama ficando por cima da mesma enquanto dava beijos e leves mordidinhas em seu pescoço. Colocou as mãos por de baixo da blusa da loira apalmando seus seios fartos a fazendo dar leves arfadas, foi retirando lentamente a blusa e em seguida o sutiã da mesma a provocando.
Deu - lhe um sorriso sacana e logo abocanhou um dos seios dela e massageando o outro com a mão. 
Lucy passava as mãos pelos cabelos róseos de seu amado puxando de leve seus fios. Natsu foi fazendo uma trilha de beijos até o short da loira e em seguida retirou o mesmo, retirou sua blusa e bermuda e Lucy subiu em cima dele. Ela rebolou em seu membro e sentiu o volume aumentar mais sorrindo com aquilo, deu leves arranhões no peitoral definido do rosado e retirou a cueca do mesmo jogando - a sabe la onde. Abocanhou com pressa o membro do amado  tirando gemidos roucos, quando sentiu que ele estava quase no clímax parou os movimentos e retirou sua calcinha.
Natsu se levantou colocando Lucy de quatro em cima da cama.
Colocou a camisinha que estava na gaveta da escrivaninha e penetrou seu membro por completo em Lucy, começou os movimentos lentamente enquanto Lucy rebolava e fora aumentando a intensidade.
Lucy - ahrr... N-Natsu mais r-rápido. - pediu e Natsu o fez. 
Natsu deu uma pausa nas estocadas e retirou seu membro de Lucy a colocou de costas a ele em quanto  ela se apoiava na escrivaninha começando os movimentos novamente.
Natsu - ahrr ... ahhr Luce. - gemia rouco.
Ela parou os movimentos do rosado o sentando na cama enquanto se beijavam e começou os movimentos. Chegaram ao segundo clímax e caíram ofegantes na cama.
 Lucy  - te amo Natsu - sorriu com um leve rubor, ela ja tinha dito isso várias vezes mas ainda ficava vermelha.
Natsu - eu também te amo Luce - sorriu a abraçando. 
 ~~~~ Quebra de tempo ~~~~
Sábado, finalmente a festa de Minerva aconteceria e Levy conseguiria Gajeel só para ela, o amor seria egoísmo?  Se querer ter uma pessoa somente para si era ser egoísta então Levy Mcgarden era a pessoa mais egoísta ja conhecida no mundo.
 Ela só queria ser feliz, ela merece ser feliz com certeza, mas e se ele não fosse seu "príncipe" ? Ela teria que terminar um relacionamento  afinal, mas ele era seu amigo também, ser traído bem em baixo do seu nariz por alguém que diz que te ama era outro motivo para isso.
Lá estava ela, pronta para mostrar ao mundo quem era a verdadeira Ultear Milkovich. Usava um vestido rodado azul claro e saltos beges, seus cabelos estavam amarrados em um coque com alguns fios soltos e uma maquiagem discreta.
Havia combinado com Natsu e Gray que eles levariam Gajeel sem ninguém saber, mandou mensagem para Gray perguntando se estava tudo certo recebendo. Um sim do mesmo. Estava tudo certo então desceu as escadas da casa de Lucy encontrando todas as garotas prontas e perfumadas a aguardando.
As garotas foram com o Loke e os garotos com os carros de Natsu e Jellal
Chegando a festa se encontraram no estacionamento e Gajeel estava meio emburrado. 
Erza - oque aconteceu Gajeel está tão quieto. - perguntou inocente.
Gajeel - é que esses dois - apontou para Natsu e Gray - me trouxeram sem meu consentimento.
Erza - Ah relaxa vai ser divertido. - sorriu enquanto todos entravam no salão.
A festa estava bem movimentada, todos estavam dançando e bebendo quando o garçom apareceu com doses de whisky. 
Juvia - hoje nós vamos encher a cara gente. - se animou pegando uma dose para cada tomando a sua de uma vez fazendo uma careta fofa.
Em seguida todos tomaram suas doses e sorriram
Natsu/Gray - Nossa isso esquenta. - falaram rindo
Levy - eu ja volto - falou indo ao meio da pista encontrando Lyon e Ultear no canto se pegando. Riu da cena e voltou ao grupo de amigos.
Levy - gente que tal nós dançamos um pouco assim talvez o Gajeel se anime - olhou para o mesmo o puxando pelo braço em quanto os outros vinham junto.
Estavam todos dançando, Gajeel começou a se divertir quando....
Olhou para o lado e viu Ultear e Lyon aos beijos, parou de dançar observando a cena.
Todos notaram que ele havia parado e o viram ir calmamente até o casal.
Gajeel - OQUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?  - Falou alto fazendo todos e a música  pararem.
Ultear - G-Gajeel - o encarou espantada - N-Nao é oque está pen...
Gajeel - CALA A BOCA, EU ESTOU PENSANDO QUE VOCÊ É  UMA VADIA. - Fechou as mãos - VAI DIZER QUE É MENTIRA? - Sorriu sarcástico.
Ultear o olhou seria e riu - sabe Gajeel eu nunca te amei - surpreendeu a todos que estavam ali. - eu só  lhe usei, lhe fiz de trouxa por que é isso que você é.  - sorriu cínica 
Gajeel - vindo de você não me surpreende tanto - falou em tom baixo - é isso que vadias fazem não é ? Usam as pessoas. 
Ultear - não me chame de vadia, eu não sou uma va... - sentiu uma ardência.
Gajeel - JA CHEGA, VOCÊ É  UMA VADIAZINHA DE QUINTA CATEGORIA. UMA PUTA QUE SÓ SABE DAR. - Falou alterado. - eu vou sair daqui antes que eu faça mais uma besteira. - olhou para seus amigos
Natsu/Gray - desculpa Gajeel. -falaram sem graça.
Gajeel - vocês não tem que pedir desculpa, vocês só queriam o meu bem. Agora eu vou indo até mais. -sorriu fraco.
Levy olhou com nojo para Ultear comentando baixo - concordo com Gajeel você é uma vadia mesmo - Ultear ouviu sendo tomada pela raiva.
Ultear - oque você disse Levy? - falou chegando perto da mesma
Levy  - que você é uma vadia - sorriu.
Splash (tentativa de barulho de tapa) a azulada sentiu uma ardência no rosto. Tomada pela raiva Levy fora para cima de Ultear junto com Lucy. Minerva apareceu com mais uma amiga e se meteram na briga. Erza que só observava também emtrou na briga acertando a cara de Minerva, Ultear e a amiga delas, tirando Lucy e Levy de perto das duas.
Erza - vamos sair daqui, não gastem o tempo de vocês com essas desqualificadas. - falou puxando as duas para fora do salão.
Levy - você viu? Eu dei um socão na cara daquela vaca. - Sorriu vitoriosa toda descabelada.
Lucy - É eu vi, eu dei uns chutes naquela puta da Minerva que amanhã ela não anda. - falou animada rindo em seguida junto de Levy.
 Erza - acho melhor vocês irem para casa - falou rindo das duas.
 


Notas Finais


Bom, se acharem algo contraditório me avisem, não tive tempo de reler o capítulo e só li os dois últimos capítulos da fic para continuar.
Até o próximo. ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...